Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
  1. ArchDaily
  2. Wes Anderson

Wes Anderson: O mais recente de arquitetura e notícia

Palácio Quitandinha: hotel cassino em Petrópolis é destino perfeito para amantes de Wes Anderson

A indústria do entretenimento costuma oferecer à arquitetura alguns de seus programas mais inusitados. De parques temáticos que exploram tempos perdidos e mundos ainda não descobertos a Las Vegas, cidade já muito estudada por suas características urbanas particulares e numerosos edifícios de hotéis e cassinos que apresentam, lado a lado, uma infinidade de estilos arquitetônicos.

No Brasil não é diferente e o impulso em explorar a economia do entretenimento resultou, em meados do século XX, em um singular edifício em estilo normando-francês, construído na serra do Rio de Janeiro: o Palácio Quitandinha

9 Bares que todo arquiteto deveria conhecer

Como é o seu bar favorito? Ou como seria o espaço arquitetônico do melhor bar do mundo na sua opinião? O que é que nos chama à atenção quando nos sentamos para tomar algo com nossos amigos? Seria o design do mobiliário, o tema do bar ou apenas um bom cardápio de bebidas? Atualmente, podemos afirmar que a arquitetura destes espaços é tão importante quanto as próprias bebidas que ali se servem. Passando por tavernas inspiradas em cenários de cinema até modernas coberturas em meio ao skyline de uma mega cidade, compilamos uma lista de nove "botecos" que todo arquiteto/a precisa conhecer antes de ir desta para melhor.

Entre no mundo do cinema com as fotografias de "Wes Anderson acidental"

Lighthouse em Húsavík, Islândia. Imagem <a href='https://www.reddit.com/r/AccidentalWesAnderson/comments/6lg9c1/i_took_this_picture_of_a_lighthouse_in_h%C3%BAsav%C3%ADk/'>via Reddit user Milonade</a>
Lighthouse em Húsavík, Islândia. Imagem via Reddit user Milonade

Se você for daquelas pessoas que em alguns momentos sente que sua vida se tornou a cena de um filme, provavelmente vai gostar da página /r/AccidentalWesAnderson, do Reddit. Diretor, produtor, roteirista e ator, Wes Anderson é bem conhecido por criar cenas em seus filmes que diluem os limites entre o real e o onírico. A extrema simetria e as paletas de cores restritas muitas vezes passam a impressão de um mundo surreal. O propósito da página Accidental Wes Anderson é que os usuários postem fotos de ambientes e lugares reais que, de tão impressionantes, pareçam cenas tiradas de filmes de Wes Anderson. Veja, a seguir, uma seleção de algumas das fotografias publicadas na página.

Interior de uma torre em Pisa, Itália. Image <a href='http://i.imgur.com/m2b3P4d.jpg'>via Reddit user LaTalpa123</a> Casas no Vietnã. Imagem <a href='https://www.reddit.com/r/AccidentalWesAnderson/comments/6lqh6q/homes_in_vietnam/'>via Reddit user temporality</a> Mesquita Tin Mal, Marrocos. Imagem <a href='https://i.imgur.com/BeNYBsu.jpg'>via Reddit user that-there</a> Piscina em Gotha, Alemanha. Imagem <a href='https://www.reddit.com/r/AccidentalWesAnderson/comments/6sswkz/swimminghall_in_gotha_germany/'>via Reddit user Teillu</a> + 12

O Iluminado, por Wes Anderson / Steve Ramsden

O cineasta Steve Ramsden se atentou a semelhanças nos enquadramentos feitos por Stanley Kubrick e Wes Anderson nos filmes "O Iluminado" e "O Grande Hotel Budapeste". Ao editar e misturar cenas de ambos os filmes, Steve criou o vídeo "The Grand Overlook Hotel", criando um terceiro hotel e um novo roteiro que combina cenários, personagens e diálogos criados pelos grandes diretores.

Vídeo: Wes Anderson // Centered

O diretor de cinema americano Wes Anderson compartilha uma coisa com os arquitetos: o amor pela simetria. Para provar, este vídeo produzido por kogonada revela a maestria de Anderson no uso da simetria através de uma compilação de planos perfeitamente centralizados em diversos de seus filmes.

Cinema e Arquitetura: "O Grande Hotel Budapeste"

O majestoso e perfeitamente simétrico Grande Hotel Budapeste se eleva por sobre seu entorno montanhoso com um forte caráter vintage, marcando o tradicional estilo de Wes Anderson, seu diretor. O filme, estreado recentemente nos Estados Unidos, se desenvolve no ano de 1930, na cidade fictícia de Zubrowka, um lugar que Anderson chama "nossa própria versão inventada da Europa do Leste" e se centra na história de um dos concierges do hotel, no contexto social do período entre guerras.

Uma grande maquete de 1,5 metros de altura permitiu a realização de muitas das cenas do filme , dando a possibilidade de seu diretor em fazer tomadas mais amplas do edifício e da pitoresca paisagem que o rodeia. A maquete esteve sob responsabilidade do designer de produção Adam Stockhausen, recentemente indicado ao prêmio Oscar 2014.

Mais detalhes e o trailer do filme, na continuação.

Vídeo: Kubrick - Perspectiva com um ponto de fuga