1. ArchDaily
  2. Regionalismo Crítico

Regionalismo Crítico: O mais recente de arquitetura e notícia

Álvaro Siza, entre o moderno e o tradicional

Álvaro Joaquim de Melo Siza Vieira, ou simplesmente Álvaro Siza, nasceu em Matosinhos, Portugal, em 25 de junho de 1933. Sua primeira obra – quatro casas em Matosinhos – foi construída em 1954, antes mesmo de concluir seus estudos na Escola de Belas Artes da Universidade do Porto (atual Faculdade de Arquitectura da Universidade do Porto – FAUP), o que veio a acontecer um ano mais tarde.

Parque Atlântico - 2005. Image © Fernando Guerra |  FG+SGChurch and P. Centre | Marco de Canavezes  - 1997/2006. Image © Fernando Guerra |  FG+SGSerralves Foundation - 1999. Image © Fernando Guerra |  FG+SGLeça da Palmeira Swimming Pool - 1966. Image © Fernando Guerra |  FG+SG+ 67

Kenneth Frampton na FAU-USP

A FAU-USP tem o privilégio de receber Kenneth Frampton para uma palestra no dia 24 de novembro de 2017, as 11h. Conta com organização do Prof. Dr. Angelo Bucci e ocorrerá no auditório Ariosto Mila na Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo (FAU-USP).

Kenneth Frampton: "O arranha-céu só representa o mercado"

Em uma entrevista concedida há algumas semanas ao jornal El País Semana, o arquiteto, crítico e historiador Kenneth Frampton conversou com Anatxu Zabalbeascoa após ser nomeado doutor honoris causa pela Universidade Politécnica de Madri. A conversa girou em torno das múltiplas edições de sua obra prima "História crítica da arquitetura moderna", que foi se adaptando a um mundo mais complexo e composto por múltiplas narrativas.

"Não quero apresentar um mundo eurocêntrico", reconhece Frampton antes de criticar o boom de arranha-céus em todo o mundo. "Em Nova Iorque se constrói um arranha-céu atrás do outro. E são construções medíocres. Só representam o mercado", adverte.