1. ArchDaily
  2. Nasjonalmuseet

Nasjonalmuseet: O mais recente de arquitetura e notícia

Clássicos da Arquitetura: Pavilhão Nórdico na Expo '70 / Sverre Fehn

Embora a história da arquitetura seja repleta de tijolos, pedras e aço, não há uma regra que declare que a arquitetura deva ser "sólida". Sverre Fehn, um dos arquitetos mais importantes da Noruega do pós-guerra, usou regularmente materiais pesados como alvenaria de concreto e pedra em seus projetos [1]. Desta forma, sua proposta para o Pavilhão Nórdico na Exposição Mundial de Osaka em 1970 poderia ser vista como uma exploração atípica de uma estrutura mais delicada. Representando um aspecto muito diferente da "Modernidade", o pavilhão "balão pulsante" não é apenas uma contradição com o cânone projetual de Fehn, mas com a arquitetura tradicional como um todo.

Cortesia de Norwegian National MuseumCortesia de Norwegian National MuseumCortesia de Norwegian National MuseumCortesia de Norwegian National Museum+ 10

In Therapy: Pavilhão Nórdico na Bienal de Veneza 2016

Como parte da cobertura do ArchDaily Brasil na Bienal de Veneza 2016, estamos apresentando uma série de artigos escritos pelos curadores das exposições e instalações abertas à visitação.

Você é parte da sombra de outrem.
—Sverre Fehn em conversa com Per Olaf Fjeld

O ímpeto desta exposição é reconhecer a presença dos “fantasmas” da arquitetura nórdica – aqueles arquitetos, teóricos e educadores – os mais famosos que são frequentemente descritos como “Mestres Modernos” – que continuam a exercer influência na prática e pedagogia contemporâneas. Com efeito, uma dessas figuras mais proeminentes, o norueguês Sverre Fehn, projetou o Pavilhão Nórdico. Esta exposição aborda um desafio comum enfrentando pelos finlandeses, noruegueses e suecos hoje: como um edifício (para uma exposição, neste caso) existe em diálogo com seu entorno quando este entorno é tão carregado? Para nós, isto se liga a uma questão mais ampla: como a arquitetura pode ocupar um legado ao passo que ainda realiza o progresso. 

The pyramid, built from Swedish pine, represents an inhabitable installation – an urban artefact in a very public pavilion. Image © Laurian GhinitoiuIntimate "Rooms Without Walls" sit next to the main installation. Image © Laurian GhinitoiuImagem © Laurian GhinitoiuA pirâmide existe em diálogo com o edifício. Imagem © Laurian Ghinitoiu+ 42