Ampliar imagem | Tamanho original
Como parte da cobertura do ArchDaily Brasil na Bienal de Veneza 2016, estamos apresentando uma série  de artigos escritos pelos curadores das exposições e instalações abertas à visitação. Você é parte da sombra de outrem.—Sverre Fehn em conversa com Per Olaf Fjeld O ímpeto desta exposição é reconhecer a presença dos “fantasmas” da arquitetura nórdica – aqueles arquitetos, teóricos e educadores – os mais famosos que são frequentemente descritos como “Mestres Modernos” – que continuam a exercer influência na prática e pedagogia contemporâneas. Com efeito, uma dessas figuras mais proeminentes, o norueguês Sverre Fehn, projetou o Pavilhão Nórdico. Esta exposição aborda um desafio comum enfrentando pelos finlandeses, noruegueses e suecos hoje: como um edifício (para uma exposição, neste caso) existe em diálogo com seu entorno quando este entorno é tão carregado? Para nós, isto se liga a uma questão mais ampla: como a arquitetura pode ocupar um legado ao passo que ainda realiza o progresso.  Veja mais Veja a descrição completa
Compartilhar Compartilhar