Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
  1. ArchDaily
  2. Mutirões Autogeridos

Mutirões Autogeridos: O mais recente de arquitetura e notícia

Abertura da Exposição "Forma, processo e prática política"

No dia 29/04, o Ateliê397 inaugura, com apoio da Secretaria de Cultura do Estado de São Paulo – via Proac, a exposição “Forma, processo e prática política: experiências críticas e alternativas na arquitetura brasileira”.

Conferência "Arquitetura Radical X Arquitetura Como Prática Política"

Partindo da crítica antimoderna dos anos 60, Diego Mauro e Ícaro Vilaça apresentarão, de maneira performativa, numa espécie de “batalha de imagens”, diferentes respostas para a crítica (e a crise) do moderno: de um lado, os que trilharam o caminho da utopia (Constant Nieuwenhuys, Superstudio, Archizoom), do outro, os que insistiram no potencial transformador da arquitetura (Lucien Kroll, Arquitetura Nova, Carlos Nelson F. dos Santos, Cooperativas Uruguaias, Mutirões Autogeridos). Os limites e as contradições das duas respostas serão objeto de especial interesse por parte dos dois pesquisadores.

USINA 25 anos - Mutirões Tânia Maria e Cinco de Dezembro

Este texto, escrito por Flávio Higuchi, Kaya Lazarini e Sandro Barbosa, encerra uma série de artigos a respeito das principais experiências desenvolvidas pela assessoria técnica USINA CTAH, que completou 25 anos no dia 06 de junho de 2015. Em comemoração, estamos publicando uma série de artigos que contam, a partir da perspectiva de alguns projetos selecionados, a história do grupo.

Os Mutirões Tânia Maria e Cinco de Dezembro, localizados no Município de Suzano (Região Metropolitana de São Paulo), nasceram da relação construída entre lideranças da União dos Movimentos de Moradia (UMM) e do Grupo de Moradia do Jardim Natal – que por sua vez se uniu à Associação de Moradores do Jardim Míriam – e juntos mobilizaram 150 famílias de trabalhadores, que se organizaram para lutar por habitação digna e definitiva.

USINA 25 anos - Reassentamento da Comunidade do Piquiá de Baixo

Este texto, escrito por Ícaro Vilaça, Kaya Lazarini e Paula Constante, integra uma série de artigos a respeito das principais experiências desenvolvidas pela assessoria técnica USINA CTAH, que completou 25 anos no dia 06 de junho de 2015. Em comemoração, estamos publicando uma série de artigos que contam, a partir da perspectiva de alguns projetos selecionados, a história do grupo.

O contraste é enorme. De um lado, a indústria de ferro gusa ligada ao projeto desenvolvimentista nacional e à inserção brasileira no mercado internacional de commodities. De outro, a comunidade e sua dinâmica local.

USINA 25 anos - Comuna Urbana D. Hélder Câmara

Este texto, escrito por Isadora Guerreiro, integra uma série de artigos a respeito das principais experiências desenvolvidas pela assessoria técnica USINA CTAH, que completa 25 anos hoje, 06 de junho de 2015. Em comemoração, estamos publicando uma série de artigos que contam, a partir da perspectiva de alguns projetos selecionados, a história do grupo.

A Comuna Urbana Dom Hélder Câmara se insere na discussão da Regional Grande São Paulo do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) sobre o conceito de Comunas da Terra, experimentado no Assentamento Dom Tomás Balduíno, onde se discutiu uma nova forma de ocupação do espaço, com propriedade coletiva e produção cooperada.

USINA 25 anos - Mutirão Paulo Freire

Este texto, escrito por Danilo Eric, integra uma série de artigos a respeito das principais experiências desenvolvidas pela assessoria técnica USINA CTAH, que completa 25 anos em 06 de junho de 2015. Publicaremos até a data dois artigos semanais que contarão, a partir da perspectiva de alguns projetos selecionados, a história do grupo.

"Quando eu entrei aqui, era só um terreno. A gente fez tudo, desde a fundação, os prédios foram levantando, hoje eu olho e acho isso tudo muito bonito." Maria das Dores (Dora) – Mutirante

USINA 25 anos - Cidade da Reforma Agrária

Este texto, escrito por José Thiesen e Maiári Iasi, integra uma série de artigos a respeito das principais experiências desenvolvidas pela assessoria técnica USINA CTAH, que completa 25 anos em junho de 2015. Publicaremos até a data dois artigos semanais que contarão, a partir da perspectiva de alguns projetos selecionados, a história do grupo.

No dia 17 de abril de 1996, aproximadamente 3 mil famílias sem terra ocuparam um enorme latifúndio no interior do Paraná. O episódio ficou conhecido mundialmente através das lentes do fotógrafo Sebastião Salgado – que retratou, no ensaio “Terra”, a massa de trabalhadores atravessando a porteira da propriedade com suas foices e bandeiras empunhadas para o alto. Com a luta dessas famílias, 27 dos 100 mil hectares do latifúndio se transformaram em assentamento da Reforma Agrária, tornando-se aptos a abrigar 1,5 mil famílias de agricultoras e agricultores.

USINA 25 anos - Mutirão União da Juta

Este texto, escrito por Ícaro Vilaça e Paula Constante, integra uma série de artigos a respeito das principais experiências desenvolvidas pela assessoria técnica USINA CTAH, que completa 25 anos em junho de 2015. Publicaremos até a data dois artigos semanais que contarão, a partir da perspectiva de alguns projetos selecionados, a história do grupo.

Em 1992, a USINA foi convidada pelo Movimento Sem Terra Leste 1 (MST Leste 1) a acompanhar um novo grupo de famílias que haviam conquistado da Companhia de Desenvolvimento Urbano do Governo do Estado de São Paulo (CDHU) a doação de uma gleba terras ao lado do Mutirão 26 de Julho – primeira experiência da USINA com o movimento – e o financiamento para a construção, por mutirão e com autogestão, de um conjunto com 160 unidades habitacionais e um centro comunitário.

USINA 25 anos - COPROMO

Este texto, escrito por Ícaro Vilaça e Paula Constante, integra uma série de artigos a respeito das principais experiências desenvolvidas pela assessoria técnica USINA CTAH, que completa 25 anos no dia 06 de junho de 2015. Publicaremos até a data dois artigos semanais que contarão, a partir da perspectiva de alguns projetos selecionados, a história do grupo.

Quando, no início de 1990, a partir de um projeto elaborado pela USINA, a Associação Terra é Nossa iniciou as obras de suas 520 casas em Osasco (SP), a notícia rapidamente correu a cidade. As lideranças do Terra é Nossa perceberam a enorme carência de moradia na região e resolveram promover um cadastramento de famílias para a constituição de um novo grupo de sem-teto. Por um barracão instalado no meio do canteiro do Terra é Nossa passaram, só na primeira semana, cerca de 10 mil famílias.

USINA 25 anos - Mutirão 26 de Julho

Este texto, escrito por Ícaro Vilaça e Paula Constante, integra uma série de artigos a respeito das principais experiências desenvolvidas pela assessoria técnica USINA CTAH, que completa 25 anos no dia 06 de junho de 2015. Publicaremos até a data dois artigos semanais que contarão, a partir da perspectiva de alguns projetos selecionados, a história do grupo.