1. ArchDaily
  2. Morte

Morte: O mais recente de arquitetura e notícia

Repercussão da morte de Oscar Niemeyer

O mundialmente conhecido arquiteto brasileiro Oscar Niemeyer faleceu na noite desta quarta-feira 05 de dezembro de 2012 no Rio de Janeiro, após mais de um mês de internação. Ele estava desde o dia 2 de novembro no Hospital Samaritano, no Rio de Janeiro, onde foi submetido a tratamento de hemodiálise e fisioterapia respiratória. Veja abaixo a repercussão:

Oscar Niemeyer e sua esposa Vera Lucia / André Muzell via AgNews
Oscar Niemeyer e sua esposa Vera Lucia / André Muzell via AgNews

Presidenta Dilma Rousseff lamenta morte de Oscar Niemeyer

A presidenta Dilma Rousseff emitiu, nesta quinta-feira 05 de dezembro, nota em que lamenta a morte do arquiteto Oscar Niemeyer.

Íntegra da nota:

Biografia Oscar Niemeyer [1907 - 2012]

Oscar Niemeyer: Em suas próprias palavras

Oscar Niemeyer, por Vinicius de Moraes

Nossa entrevista a Oscar Niemeyer

Oscar Niemeyer, arquitetura incessante

Falece Oscar Niemeyer, aos 104 anos

Poesia e Arquitetura: Pedra Negra sobre uma Pedra Branca / César Vallejo

Morrerei em Paris com aguaceiro,
um dia do qual tenho já o recordo,
Morrerei em Paris –e não corro–
talvez uma quinta, como é hoje, de outono.

Quinta será, porque hoje, quinta, que proso
estes versos, os úmeros me pus
a la mala e, jamais como hoje, voltei,
com todo meu caminho, a me ver só.

César Vallejo morreu, lhe batiam
todos sem que ele lhes faça nada;
lhe davam duro com um pau e duro

também com uma soga; são testemunhos
as quintas-feiras e os ossos úmeros,
a solidão, a chuva, os caminhos…

Poesia e Arquitetura: Olhei os muros da pátria minha / Francisco de Quevedo

Olhei os muros da pátria minha,
se um tempo fortes, já desmoronados,
da carreira da idade cansados,
por quem caduca já sua valentia.

Saí ao campo, vi que o sol bebia
os arroios do gelo desatados,
e do monte queixosos os gados,
que com suas sombras furtou sua luz ao dia.

Entrei em minha casa, vi que enxovalhada
de anciã habitação era espólios;
meu báculo mais curvo e menos forte.

Vencida pela idade senti minha espada
e não achei coisa em que pôr os olhos
que não fosse relembrança da morte.

III Colóquio Avesso da Paisagem: representações da morte no ambiente urbano / Rio de Janeiro - RJ