1. ArchDaily
  2. México Na Bienal De Veneza

México Na Bienal De Veneza: O mais recente de arquitetura e notícia

Ecos do território mexicano, pelas lentes de Santiago Arau

© Santiago Arau© Santiago Arau© Santiago Arau© Santiago Arau+ 12

Santiago Arau é um renomado fotógrafo cuja obra se concentra em imagens aéreas do território mexicano. Sua lentes apontam de Ciudad Juarez a Cancun e Holbox, da fronteira norte até o sudeste mexicano, de 5.500 metros acima do nível do mar até cinco metros abaixo dele, já tendo percorrido mais de 5 mil quilômetros. Santiago define este recurso como "uma perspectiva diferente da que estamos acostumados, uma vez que ver as coisas de cima nos coloca onde estamos, é uma maneira de medir a escala humana, urbana e geográfica dentro de um território. As possibilidades de enquadramento de um drone são infinitas, você pode decidir a altura, o enquadramento e a técnica para fotografar um objeto, maximizando o poder da câmera."

Pavilhão do México para a Bienal de Veneza 2018 explora o tema "Echoes of a Land"

Em 1895 foi fundada a Bienal de Veneza como um lugar internacional para exposição de arte, sendo atualmente uma das mais prestigiosas celebrações que visa divulgar a arte contemporânea através de eventos e exposições de diferentes disciplinas, tais como artes visuais, cinema , dança, música e teatro.

Cerca de 90 países participam desta exposição com um pavilhão nacional, o qual apresenta as mais importantes e destacadas representações artísticas de cada nação. Nesta bienal, as seguintes categorias são premiadas: