1. ArchDaily
  2. Irkutsk

Irkutsk: O mais recente de arquitetura e notícia

Sibéria concreta: uma perspectiva única da arquitetura modernista soviética

Ao longo dos últimos anos, uma série de exposições, publicações e documentários têm revelado um crescente interesse à respeito da arquitetura modernista soviética, levando arquitetos do mundo todo a (re)descobrirem um dos principais e mais fascinante capítulos da história moderna da arquitetura. Recentemente publicado pela Zupagrafika, Concrete Siberia. Soviet Landscapes of the Far North é um livro fotográfico que vem ao encontro de tal interesse, lançando uma nova luz sobre um fenômeno ainda inexplorado ou até certo ponto desconhecido pela maioria dos nossos colegas arquitetos. Retratando alguns dos mais impressionantes edifícios construídos durante a segunda metade do século XX na então URSS, “Sibéria Concreta” apresenta uma perspectiva abrangente da atual situação do patrimônio soviético construído na região habitada mais fria e remota do planeta Terra. O livro apresenta um resumo completo não apenas das principais obras de arquitetura modernista construídas na Sibéria mas também da paisagem urbana de seis das mais importantes cidades da região: Novosibirsk, Omsk, Krasnoyarsk, Norilsk, Irkutsk e Yakutsk.

The Globus Theatre of Novosibirsk. Architects: M. Starodubov, A. Sabirov (Built in 1984). Image © ZupagrafikaMarins Park Hotel (former Hotel ‘Novosibirsk’) built in 1975. Image © ZupagrafikaState Circus of Krasnoyarsk (Built in 1971). Image © Zupagrafika‘Siberian Convict Way’ memorial complex in Krasnoyarsk (Built in 1978). Image © Zupagrafika+ 17

Proposta de CEBRA para Escola Inteligente repensa o sistema educacional russo

Com grandes esperanças de contribuir para reformar o sistema de ensino da Rússia, foi iniciada a construção da Escola Inteligente, um complexo educacional planejado de 31.000 metros quadrados em Irkutsk, na Sibéria, que combina instalações educacionais multiuso, espaços de aprendizagem ao ar livre e empreendimentos habitacionais para famílias adotivas. Projetado pelo escritório dinamarquês CEBRA, o projeto foi a proposta vencedora para o concurso internacional da escola em 2015, vencendo 48 outros escritórios, incluindo MVRDV e Sou Fujimoto Architects.

"Baseado no programa e nos princípios das Smart Schools (Escolas Inteligentes), um conceito arquitetônico foi desenvolvido, integrando edifícios, um lote de terra e a comunidade urbana circundante em um ambiente de aprendizagem completo, diversificado e ativo, um "parque escolar", explicam os arquitetos. "Há vida escolar não só nas instalações especializadas, mas também em áreas abertas dentro e em torno de edifícios."

Cortesia de CEBRA Cortesia de CEBRA Cortesia de CEBRA Cortesia de CEBRA + 4