Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
  1. ArchDaily
  2. Game Of Thrones

Game Of Thrones: O mais recente de arquitetura e notícia

Seus mundos favoritos da ficção, em ilustrações de nanquim

Cortesia de Angie's List
Cortesia de Angie's List

Em um mundo de 3D, HD, 4K e CGI, a representação arquitetônica nos setores de cinema, televisão e jogos está se tornando cada vez mais realista, cada vez mais deslumbrante e cada vez mais cara. Mas mesmo sem os efeitos especiais, as formas arquitetônicas maravilhosamente trabalhadas dos mundos fictícios de Game of Thrones, Harry Potter e da Marvel continuam impressionantes.

Para demonstrar isso, a Angie’s List produziu uma série de ilustrações de nanquim em escala de cinza de alguns dos mundos fictícios mais emblemáticos da indústria do entretenimento, celebrando estilo, forma, materialidade e sombra. Do futurismo elegante de Star Wars e Marvel às fortalezas vernaculares de Game of Thrones e Skyrim, a série Fictional Architecture captura os detalhes mais refinados de nossos universos fictícios favoritos.

O inverno chegou: hotel de gelo com tema de Game of Thrones é inaugurado na Finlândia

Para os fãs de Game of Thrones que sonham e ficar cara a cara com um white walker, esta pode ser a oportunidade: a Lapland Hotels Snowvillage, no norte da Finlândia, inaugurou um hotel de gelo temático com esculturas dos personagens da famosa série.

via Lapland Hotels Snowvillage via Lapland Hotels Snowvillage via Lapland Hotels Snowvillage via Lapland Hotels Snowvillage + 10

7 cenários de Game of Thrones que você pode visitar na vida real

Sua vida não tem graça sem dragões? Você deseja a excitação e o perigo de uma luta constante e traiçoeira para alcançar o poder? Se você está ansioso esperando as novas temporadas de Game of Thrones serem lançadas (ou George RR Martin finalmente terminar outro livro), uma opção é se distrair conhecendo as locações da vida real usadas na filmagem da série! Da Islândia a Marrocos, os criadores do programa viajaram o mundo todo para trazer o universo mítico que Martin descreve em seus livros para a tela. Embora grande parte da filmagem seja feita em um estúdio, além do uso de efeitos especiais, muitas das paisagens e edificações vistas durante as 6 temporadas da série são lugares reais e abertos ao público. Não podemos prometer dragões ou o Trono de Ferro, mas o que você receberá são algumas vistas espetaculares que podem apenas fazê-lo se sentir como um verdadeiro cidadão de Westeros.

Em homenagem à sétima temporada da série, aqui está uma lista de 7 locais de filmagem de Game of Thrones que você pode visitar! (Esta lista é basicamente sem spoiler, mas leia com cautela caso não queria descobrir algum detalhe!).

Castle Ward: Winterfell. Imagem © <a href='https://commons.wikimedia.org/wiki/File:Castle_Ward_Castle,_June_2011_(01).JPG'>Wikimedia user Ardfern</a> licensed under <a href='http://https://creativecommons.org/licenses/by-sa/3.0/deed.en'>CC BY-SA 3.0</a> Muralhas Dubrovnik: King's Landing. Imagem © <a href='https://commons.wikimedia.org/wiki/File:Casco_viejo_de_Dubrovnik,_Croacia,_2014-04-13,_DD_18.JPG'>Wikimedia user Diego Delso</a> licensed under <a href='http://https://creativecommons.org/licenses/by-sa/4.0/'>CC BY-SA 4.0</a> Stradun, Dubrovnik: King's Landing. Imagem © <a href='https://commons.wikimedia.org/wiki/File:Main_street-Dubrovnik-2.jpg'>Wikimedia user László Szalai</a> licensed under <a href='http://https://creativecommons.org/licenses/by-sa/3.0/deed.en'>CC BY-SA 3.0</a> Alcázar de Sevilha: Sunspear e Jardins de Água. Imagem © Megan Fowler + 13

Game of Thrones em conferência no Centro Cultural Belém!

Esta quarta-feira, 17 de Maio, a d convida o Director Artístico de Game of Thrones, Paul Ghirardani, a apresentar o processo de criação deste complexo projecto de cenografia no Grande Auditório do CCB. Sob o tema da arquitectura ficcional, esta estreia é uma oportunidade única de conhecer os bastidores desta aclamada série televisiva que tem passado por diferentes cidades da Irlanda do Norte, Espanha, Marrocos, Malta, Croácia e Islândia. Produzida pela HBO, foi premiada com 38 Emmy Awards tendo por referência a imponência da arquitectura de Albert Speer para o desenho de Bank of Braavos, a cidade de Varanasi (Índia) para House of Black and White, o Real Alcázar em Sevilha para o Palace of Dorne bem como projectos de Frank Lloyd Wright para o Meereen Palace. Diplomado em Design Tridimensional da Kingston School of Arts (Reino Unido), Paul Ghirardani detém uma larga experiência em cenografia para cinema e televisão, tendo conquistado cinco Primetime Emmys e dois America Awards.

Estudio Barozzi Veiga e o diretor de arte de "Game of Thrones" na Trienal de Arquitetura de Lisboa

No dia 4 de abril, no Grande Auditório do Centro Cultural de Belém, os arquitetos do Estudio Barozzi Veiga, vencedores da última edição do prestigiado prêmio Mies van der Rohe, dão a conferência de abertura da 3ª edição do ciclo Distância Crítica organizado pela Trienal de Lisboa em co-produção com o CCB - Garagem Sul. No dia 17 de maio, no mesmo palco, Paul Ghirardani, diretor de Arte de Game of Thrones, mostra-nos os bastidores das cidades fictícias da mais premiada série televisiva da atualidade.

Game of Thrones: política e fundação urbana em cidades de ficção

O que diferencia uma cidade de uma aldeia? Qual é a distinção entre esses dois grupos de edifícios e ruas, aparentemente similares entre si? Por que se reconhece a origem neolítica da aldeia enquanto a primeira cidade continua sendo um mistério? Mesmo que aldeia e cidade possam ser consideradas similares, a cidade possui um elemento único e inovador que a diferencia: a cidadania, a civitas.

Enquanto a aldeia não passava de um sistema urbano eficiente para a convivência de um grupo de pessoas, a fundação de uma cidade implica a instituição de uma ideia muito concreta de sociedade, de um compromisso entre indivíduos para ordenar o mundo a partir de critérios compartilhados.

A civitas é precisamente essa ideia de ordem social, o conjunto de tradições, leis, princípios e crenças que dão origem à comunidade civil. Por uma lado, a urbe é a forma urbana é especialmente dedicada a institucionalizar essa ideia da sociedade. Observe que estamos falando de ruas ou casas, mas sim do momento da instituição, isso é, da fundação da cidade. Como diria Fustel de Coulanges, enquanto a civitas é um patrimônio imemorial acumulado ao longo dos séculos, a urbe é formada em um dia. Enchê-la de ruas, casas e lojas é apenas uma consequência.