Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
  1. ArchDaily
  2. Dellekamp Arquitectos

Dellekamp Arquitectos: O mais recente de arquitetura e notícia

Dellekamp + Schleich projetam instalação sobre as dicotomias do poder para o Abierto Mexicano de Diseño 2019

© Derek Dellekamp
© Derek Dellekamp

© Luis Young © Luis Young © Sana Frini © Sana Frini + 19

Como parte da série de exposições concebidas para o Aberto Mexicano de Desenho de 2019, o escritório de arquitetura mexicano Dellekamp + Schleich apresenta uma instalação chamada Dicotomías del Poder, uma intervenção no espaço do histórico Museu Numismático Nacional da Cidade do México, a qual estará aberta à visitação entre os dias 9 outubro até 17 de novembro, de terça à domingo das 10:00 às 16:00 horas.

A reconstrução de um país: doze projetos sociais no México após o terremoto de 2017

Casa Karina / Francisco Pardo Arquitecto. Image © Jaime Navarro Casa Rosario / DOSA STUDIO + Rojkind Arquitectos. Image © Zaickz Moz Casa Rosales / Israel Espin. Image © Zaickz Moz Casa Mulato / taller paralelo. Image © Zaickz Moz + 15

A produção arquitetônica no México tem enfrentado uma série de desafios ao longo dos últimos anos, muito principalmente devido aos abalos sísmicos que castigaram o país em 2017. Ao menos novo estados foram gravemente afetados: do Distrito Federal até Guerrero, passando de Oaxaca à Veracruz, Puebla e Morelos. Entretanto, o desastroso terremoto sacudiu também boa parte da comunidade de arquitetos, que unindo forças, abraçaram o desafio de reconstruir o país. Este exercício fez com que muitos arquitetos se tornassem mais conscientes à respeito das condições urgentes das camadas mais vulneráveis da população.

30 anos sem Luis Barragán: 30 arquitetos compartilham sua obra favorita do arquiteto mexicano

Torres de Satélite / Luis Barragán + Mathias Goeritz. Image © Rodrigo Flores Casa-Estudio Luis Barragán. Image © Rodrigo Flores Casa Gilardi / Luis Barragán. Image © Eduardo Luque Casa Gilardi / Luis Barragán. Image © Eduardo Luque + 16

22 de novembro de 1988 representa uma data muito marcante dentro do campo arquitetônico. Foi quando um dos arquitetos mais importantes para a história da arquitetura mexicana e do mundo morreu na Cidade do México. Luis Barragán Morfín, nascido em Guadalajara e formado em engenharia civil, deixou um extenso legado traduzido em textos, conferências, edifícios, residências, jardins ainda vivos até hoje, que foram incorporados por alguns dos arquitetos mais influentes do cenário internacional. O trabalho de Luis Barragán, representa anos de pesquisa, mas, sobretudo, de contemplação, de ver o mundo com sensibilidade e de continuar reescrevendo o que nos pareceria óbvio.

Sem dúvidas, o legado de Luis Barragán representa algo tão complexo e atemporal que continua a inspirar e surpreender arquitetos de todas as gerações. É por isso que, 30 anos depois de sua morte, compilamos os depoimentos de alguns dos arquitetos contemporâneos mais representativos do México que compartilharam conosco qual a obra mais importante de Luis Barragán em seu trabalho e por quê. Continue lendo para conhecer os depoimentos completos.

Dellekamp Arquitectos ganha o primeiro lugar no Laboratório de Materiais, Água e Energia da INFONAVIT

© Dellekamp Arquitectos
© Dellekamp Arquitectos

© Dellekamp Arquitectos © Dellekamp Arquitectos © Dellekamp Arquitectos © Dellekamp Arquitectos + 10

A proposta faz parte de um Plano Diretor que inclui 32 protótipos experimentais de habitações rurais projetadas por diferentes escritórios de arquitetura, convidados a refletir sobre o desenvolvimento para a produção de moradias em áreas rurais do país e um centro de boas-vindas projetado pela MOS Architects.

O projeto Dellekamp Arquitectos localizado em Apan, Hidalgo, México e com uma área total de 1.465 metros quadrados distribuídos em dois níveis, visa melhorar a dualidade entre o centro de boas-vindas e a área central de protótipos - que está contido entre os dois volumes lineares, de tal forma que o edifício proposto acaba por fortalecer o conjunto urbano.

Bienal de Arquitetura de Chicago divulga lista de participantes da edição de 2017

A Bienal de Arquitetura de Chicago anunciou a lista de participantes convidados a contribuir para a segunda edição do evento, que será realizada entre 16 de setembro e 7 de janeiro de 2018, em Chicago. Mais de 100 escritórios de arquitetura e artistas foram selecionados pelos diretores artísticos de 2017, Sharon Johnston e Mark Lee, fundadores da Johnston Marklee, de Los Angeles, para projetar exposições que serão exibidas no Chicago Cultural Center e em toda a cidade. Entre os selecionados, destaca-se a presença portuguesa com Aires Mateus, Bak Gordon, Barbas Lopes, Fala Atelier, Nuno Brandão Costa e SAMI-arquitectos.

"Nossa meta para a Bienal de Arquitetura de Chicago 2017 é continuar a construir a partir dos temas e ideias apresentadas na primeira edição", explicaram Johnston e Lee. "Esperamos examinar, através do trabalho dos participantes escolhidos, o contínuo envolvimento com questões de história e arquitetura como uma prática evolutiva".

Sistema Modular DLK / Dellekamp Arquitectos

Desenhado por Dellekamp Arquitectos para a marca de móveis mexicana Pirwi, DLK é um sistema modular que permite a combinação de múltiplas versões do mobiliário.

Edifício de apartamentos Michelet / Dellekamp Arquitectos

Edifício de apartamentos C29 / Dellekamp Arquitectos

Casa no Deserto Los Leones / Dellekamp Arquitectos

Ruta del Peregrino / México