Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
  1. ArchDaily
  2. Concreto Armado

Concreto Armado: O mais recente de arquitetura e notícia

Aprenda a pré-dimensionar uma estrutura em concreto armado

É de vital importância que os arquitetos compreendam de estruturas para tornarem seus desenhos possíveis e, mais importante, para que possam ter subsídios para debater com engenheiros calculistas, em busca das melhores soluções para a obra. Um pré-dimensionamento estrutural torna-se fundamental para o lançamento inicial dos componentes estruturais, observando-se as restrições e possibilidades dos espaços.

O que as rachaduras nas estruturas de concreto querem dizer?

As fendas, classificadas conforme sua espessura como fissuras, trincas ou rachaduras, são manifestações patológicas que afetam a construção civil e que podem interferir negativamente na estética, na durabilidade e, principalmente, nas características estruturais da obra. Acontecem em qualquer lugar, mas principalmente em paredes, vigas, pilares e lajes e, geralmente, são causadas por tensões não previstas nos projetos.

Residência Marubá / Padovani Arquitetos Associados

© Evelyn Müller © Evelyn Müller © Evelyn Müller © Evelyn Müller + 30

Casas  · 
Brasil, Brasil

Casa AM / NVArquitetura

© Rpdois Imagens © Rpdois Imagens © Lio Simas © Rpdois Imagens + 41

Casas  · 
Brasil, Brasil

Residência OSH / OTP arquitetura

© Guilherme Pucci
© Guilherme Pucci

© Guilherme Pucci © Guilherme Pucci © Guilherme Pucci © Guilherme Pucci + 24

Casas  · 
Araçoiaba da Serra, Brasil

Moldes de concreto: passado e futuro

A utilização de concreto na construção é provavelmente uma das maiores tendências da arquitetura do século XX. O concreto é composto por uma combinação de materiais misturada com água, que quando solidifica obtém a forma do recipiente onde estava depositado. A reutilização de moldes é um método usado para replicar e controlar a produção de peças ou de edifícios em concreto. Arquitetos e designers têm vindo a usar e criar diferentes tipos de moldes e de técnicas de concretagem para levar até ao limite as potencialidades deste material.

ETH constrói primeiro projeto de arquitetura em escala real usando uma impressora 3D de areia

Formas complexas usualmente exigem uma estrutura corpulenta para sustentá-las, a tecnologia das impressoras 3D, porém, proporciona potencial estrutural sem comprometer a capacidade e a durabilidade da forma. Pesquisadores da ETH de Zurique, liderados por Benjamin Dillenburger, desenvolveram uma nova impressora 3D que permite moldagem rápida e reuso de material. 

Eles usaram essa tecnologia para criar uma fôrma que serviu para fazer uma laje de concreto leve de 80 m² na DFAB House, sendo a primeira construção desse tipo. A Smart Slab, que suporta sobre si uma estrutura de madeira de dois pavimentos, combina a durabilidade estrutural do concreto com a liberdade de desenho da impressora 3D.

Cortesia de ETH Zurich / Tom Mundy Cortesia de ETH Zurich / Andrei Jipa Cortesia de ETH Zurich / Tom Mundy Cortesia de ETH Zurich / Tom Mundy + 11

Luminária de madeira carbonizada e concreto, por Studio2

Studio-2, equipe composta pelos arquitetos chilenos Cristian Soza e Felipe Fuentealba Cabion, atualmente busca o desenvolvimento de mobiliários únicos, diferentes e duradouros, “uma busca entre o conhecido e o por conhecer", utilizando materiais comuns com técnicas fora do comum, proporcionando elegância e nobreza a cada peça forjada em suas mãos.

Neste caso, o estúdio projetou uma lâmpada de leitura chamada Petreo-2, composta de madeira carbonizada, concreto armado e uma lâmpada incandescente de carbono.