Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
  1. ArchDaily
  2. Belarus

Belarus: O mais recente de arquitetura e notícia

ArchDaily & Strelka Award: Vote agora e escolha os vencedores

Os leitores do ArchDaily e da Strelka Mag selecionaram uma lista de 15 projetos finalistas para o ArchDaily & Strelka Award, que celebra profissionais emergentes e novas ideias que estão transformando as cidades contemporâneas. A segunda etapa da votação, aberta até 15 de agosto, decidirá os três vencedores.



Série fotográfica mostra a arquitetura soviética fossilizada da Bielorrússia

A história do que é agora a República da Bielorrússia é turbulenta. O país fez parte do Império Russo, ocupado pelos alemães durante as duas Guerras Mundiais, dividido entre a Polônia e a União Soviética, tendo, finalmente,declarado sua independência em 1991. Embora a Bielorrússia seja agora uma nação independente, é também um pais isolado que se manteve inalterado desde a década de 1990, sendo amplamente visto como uma espécie de lapso temporal, a janela mais conservada para a vida na antiga União Soviética.

O fotógrafo Stefano Perego documentou recentemente o legado soviético pós-guerra da arquitetura da Bielorrússia dos anos 60-80 e compartilhou conosco suas fotografias. Veja-as a seguir.

Cinema Oktyabr, do arquitecto Valentin Malyshev, 1975. Minsk, Bielorrússia. Image © Stefano Perego Conjunto habitacional "Kukuruza" (milho), pelo arquiteto Vladimir Pushkin, 1982. Minsk, Bielorrússia. Image © Stefano Perego Pavilhão de Exposições Internacionais "Belexpo", do arquitecto Leonard Moskalevich, 1988. Minsk, Belarus. Image © Stefano Perego Palácio das Artes, pelo arquitecto Boris Semyonovich Popov, 1989. Bobruisk, Belarus. Image © Stefano Perego + 21

iddqd Studio recria virtualmente a Igreja de St. John de Marcel Breuer

Um estúdio de visualização de Belarus chamado iddqd recriou a Igreja de St. John de Marcel Breuer em uma série de imagens altamente detalhadas que mostram os espaços internos e o exterior do edifício. Primeiro de uma série de trabalhos chamada "Unforgotten Heritage", as imagens são complementadas por um vídeo e jogam luz sobre um edifício que, segundo os artistas, "poderia cair no esquecimento."