Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
  1. ArchDaily
  2. Alberto Kalach

Alberto Kalach: O mais recente de arquitetura e notícia

20 Projetos mexicanos que exploram as possibilidades do concreto aparente

Foro Boca / Rojkind Arquitectos. Image © Jaime Navarro Casa Lomas / Oficio Taller. Image © Adrián Llaguno / Documentación Arquitectónica y The Raws Club de Niños y Niñas / CCA Centro de Colaboración Arquitectónica. Image © Arturo Arrieta Casa Orgánica / Javier Senosiain. Image Cortesía de Javier Senosian + 23

Concreto é um material muito comum na indústria da construção civil, composto por um aglutinante combinado com agregados (pedra, por exemplo), água e certos aditivos. Sua história remonta ao Egito antigo, quando surge a necessidade de se construir grandes fundações, momento em que as propriedades naturais das pedras já não atendem mais às demandas e fica clara a necessidade de um material que pode ser moldado para assumir determinadas formas. 

30 anos sem Luis Barragán: 30 arquitetos compartilham sua obra favorita do arquiteto mexicano

Torres de Satélite / Luis Barragán + Mathias Goeritz. Image © Rodrigo Flores Casa-Estudio Luis Barragán. Image © Rodrigo Flores Casa Gilardi / Luis Barragán. Image © Eduardo Luque Casa Gilardi / Luis Barragán. Image © Eduardo Luque + 16

22 de novembro de 1988 representa uma data muito marcante dentro do campo arquitetônico. Foi quando um dos arquitetos mais importantes para a história da arquitetura mexicana e do mundo morreu na Cidade do México. Luis Barragán Morfín, nascido em Guadalajara e formado em engenharia civil, deixou um extenso legado traduzido em textos, conferências, edifícios, residências, jardins ainda vivos até hoje, que foram incorporados por alguns dos arquitetos mais influentes do cenário internacional. O trabalho de Luis Barragán, representa anos de pesquisa, mas, sobretudo, de contemplação, de ver o mundo com sensibilidade e de continuar reescrevendo o que nos pareceria óbvio.

Sem dúvidas, o legado de Luis Barragán representa algo tão complexo e atemporal que continua a inspirar e surpreender arquitetos de todas as gerações. É por isso que, 30 anos depois de sua morte, compilamos os depoimentos de alguns dos arquitetos contemporâneos mais representativos do México que compartilharam conosco qual a obra mais importante de Luis Barragán em seu trabalho e por quê. Continue lendo para conhecer os depoimentos completos.

Inspire-se nesses projetos que incorporam estantes de livros de modo impressionante

Muito antigamente, os livros eram mantidos em baús e, posteriormente, em armários. Com o passar do tempo, livramo-nos das portas e as estantes de livros começaram a evoluir. Hoje, as estantes são usadas como elementos arquitetônicos que ajudam a definir o espaço e, em alguns casos, até a luz. Em comemoração ao Dia Internacional do Livro, em 23 de abril, o ArchDaily compilou este conjunto de estantes impressionantes e, por vezes, inovadoras.

Veja, a seguir, projetos de Alberto Kalach, ARCHSTUDIO, Toyo Ito, entre outros, que incorporam de maneira inventiva as estantes de livros.

Cortesia de Alberto Kalach © Tsukui Teruaki © Dirk Weiblen © Jaime Navarro + 17

SPBR arquitetos é um dos finalistas do Mies Crown Hall Americas Prize - MCHAP 2014/15

Sete obras foram nomeadas finalistas na segunda edição do Mies Crown Hall Americas Prize (MCHAP). Selecionadas entre 175 candidatas, as obras finalistas representam o que há de melhor na arquitetura realizada nas Américas entre janeiro de 2014 até dezembro de 2015. O prêmio inaugural, que destacou o melhor projeto feito entre 2000 e 2013, foi dividido entre a Fundação Iberê Camargo, projetada por Álvaro Siza, e o 1111 Lincoln Road, de Herzog & de Meuron.

Veja a lista de finalistas, a seguir.

MCHAP divulga lista com os 36 "projetos mais impressionantes" nas Américas

Wiel Arets, Decano da Universidade de Arquitetura no Instituto Tecnológico de Illinois (IIT) e Dirk Denison, diretor do prêmio Mies Crown Hall Americas (MCHAP), anunciaram a listagem inaugural do MCHAP – 36 “Projetos Impressionantes” selecionados entre os 255 nomeados do MCHAP.

“A rica diversidade destes trabalhos construídos é um testamento para a energia criativa sendo trabalhada nas Américas hoje em dia", disse Arets. "Quando vista em conjunto com o trabalho inovador dos finalistas do MCHAP emergente e do vencedor, a Poli House por Mauricio Pezo e Sofia von Ellrichshausen, que nós homenageamos em maio, nós vemos a evolução de uma distinta conversação americana sobre a criação de um espaço habitável." Veja todos os 36 vencedores a seguir.

Reforma 27 / Alberto Kalach

© Yoshihiro Koitani

Galeria Kurimanzutto / Alberto Kalach

© Pedro Rosenbleuth