Adicione fotorealismo aos renders usando Quixel Megascans em Twinmotion

Adicione fotorealismo aos renders usando Quixel Megascans em Twinmotion

Visualizações Arquitetônicas somente serão consideradas realmente boas se as cenas nas quais estiverem inseridas também o forem. Ou seja, não importa quão fantástico seu projeto seja, se ele estiver implantado num contexto de baixa qualidade com recursos low-poly, ele não terá o destaque merecido. Essa é uma das razões pela qual arquitetos e designers passaram a confiar no Quixel Megascans para contextualizar as cenas de suas visualizações arquitetônicas (Archviz).

A Quixel foi fundada em 2011 em Uppsala (Suécia), com uma missão muito simples: "capturar o mundo inteiro". Como? Desenvolvendo uma coleção de recursos CG (Computer-Generated) de absolutamente tudo o que existe na vida real. O Quixel Megascans é a biblioteca de digitalizações 3D mais extensa e a de crescimento mais rápido do mundo. Nela, você encontrará os recursos foto realistas com a melhor qualidade disponível no mercado. "Somos obcecados com qualidade e, por isso, temos canais internos que nos permitem capturar uma quantidade gigantesca de detalhes", diz Teddy Bergsman Lind, diretor da Quixel.

Desde que a Epic Games uniu forças com a Quixel no final do ano passado, toda a biblioteca da Quixel foi disponibilizada gratuitamente para uso comercial com a ferramenta de visualização arquitetônica em tempo real Twinmotion.

Digitalizando tudo que existe no mundo

A Quixel digitaliza regiões ecológicas e biomas inteiros em suas expedições globais de digitalização. Tudo, desde folhas de grama até penhascos imponentes, é digitalizado e totalmente editável, permitindo que você crie os mundos mais detalhados que sua mente possa imaginar.

Cortesia de Quixel
Cortesia de Quixel

Cada digitalização 3D é feita manualmente com hardware personalizado sob medida. Depois, a geometria é então processada manualmente, passando por mais de 200 etapas: limpeza, reconstrução, retopologização, mapeamento UV, criação do LOD (Level of Development/Detail), preparação e verificação de qualidade etc. Enfim, para se ter uma ideia, o processamento de um único recurso leva cerca de seis dias de trabalho manual para ser concluído.

As digitalizações da Quixel não capturam só tamanhos e formatos, mas também a textura exata das superfícies e a forma com que refratam a luz. Isso significa que uma única digitalização bruta pode compreender até três bilhões de pontos de dados e pesar centenas de gigabytes antes de ser compactada para que possa ser baixada pelos usuários finais.

A tecnologia que possibilita essa digitalização de alta qualidade é mantida em sigilo. O que conhece é sua capacidade em criar uma imagem 3D do objeto usando um processo leve de digitalização. O primeiro digitalizador criado pela empresa era grande e pesado, tanto que eram necessárias seis pessoas para carregá-lo. Atualmente, a equipe de digitalização da Quixel usa scanners portáteis para digitalizar objetos pequenos e drones para quaisquer objetos que sejam maiores do que um ônibus.

Cortesia de Quixel
Cortesia de Quixel

As épicas aventuras de digitalização de Bergsman Lind o levaram aos quatro cantos do mundo: desde as geleiras da Islândia às selvas da Ásia. Ele relata que em uma ocasião, chegou a ficar sob a mira de uma arma no Paquistão. Isso aconteceu quando soldados encontraram-no em uma de suas sessões de digitalização noturnas.

Cortesia de Quixel
Cortesia de Quixel

Aprenda a usar o Megascans em seu projeto Twinmotion

De volta aos EUA, Tyler Puryear é um designer de arquitetura que trabalha para a Quixel na Epic Games como um artista 3D, produzindo conteúdo educacional para o ecossistema e para o suporte de software da Quixel.

No webinar "Working with Quixel Megascans in Twinmotion" ("Trabalhando com Quixel Megascans no Twinmotion"), ele foi acompanhado por Martin Kraseman, especialista em marketing técnico da Twinmotion na Epic Games, para explicar como a biblioteca Quixel Megascans pode ser utilizada para aumentar o nível de realidade de suas cenas de visualização arquitetônica no Twinmotion.

Cortesia de Epic Games
Cortesia de Epic Games

A dupla discutiu a missão da Quixel de "capturar o mundo todo" e todo o processo de digitalização, que envolve desde alimentos e folhagens a modelos de interiores e pisos de parquet, por exemplo. Eles explicaram como encontrar superfícies e recursos 3D ideais para seus projetos e como migrar esses recursos da biblioteca Quixel Bridge para o Twinmotion.

Acesse o webinar hoje mesmo para aprender a aprimorar suas cenas de visualização arquitetônica do Twinmotion com materiais, objetos e plantas 3D da mais alta qualidade.

Text Message Html

Cita: "Adicione fotorealismo aos renders usando Quixel Megascans em Twinmotion" [Add Photorealism to Renders Using Quixel Megascans in Twinmotion] 21 Out 2020. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/949655/adicione-fotorealismo-aos-renders-usando-quixel-megascans-em-twinmotion> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.