Onde o futuro e o passado se encontram: a nova arquitetura da Armênia

Onde o futuro e o passado se encontram: a nova arquitetura da Armênia

A arquitetura armênia não nasce apenas do resultado de uma sobreposição das camadas temporais, mas está profundamente enraizada no território montanhoso do Cáucaso e sua geografia sísmica. Conhecida como uma das primeiras civilizações cristãs, a Armênia abriga uma série de importantes igrejas medievais. Mais recentemente, com a modernização do país a arquitetura passou a explorar novos limites, reinterpretando os métodos de construção vernacular e sistemas tradicionais de construção. Reconhecendo a importância das estruturas do passado, majoritariamente construídas em pedra e concreto, os arquitetos contemporâneos estão buscando construir sobre esta base sólida uma nova arquitetura, explorando novos materiais para dar forma à estruturas mais leves e adaptadas as especificidades do clima local.

© Sona Manukyan & Ani Avagyan© Sona Manukyan & Ani Avagyan© Sona Manukyan & Ani Avagyan© Ieva Saudargaite+ 9

© Sona Manukyan & Ani Avagyan
© Sona Manukyan & Ani Avagyan

Os edifícios históricos na Armênia são comumente construído com paredes grossas e assumindo formas horizontais, geralmente edificados com materiais disponíveis no local, como a pedra de tufa. Desde as antigas fundações geométricas da antiguidade até as maciças paredes de rocha de seus templos religiosos, a arquitetura armênia tem uma longa história que se desdobra por milênios e milênios. Uma narrativa continuamente influenciada pelas culturas e religiões que ocuparam a região do Cáucaso, e mais recentemente, pelo rápido processo de modernização do país. A diáspora do povo armênio fez com que seus modos de fazer influenciassem a arquitetura de forma geral nos quatro cantos do mundo. Pensando nessa rica e vasta história, e procurando aprender do passado, os projetos apresentados à seguir servem como uma ferramenta para analizar a direção que a nova arquitetura armênia tem tomado ao longo dos últimos dez anos.

Dilijan Central School por Storaket Architectural Studio

© Sona Manukyan & Ani Avagyan
© Sona Manukyan & Ani Avagyan

O edifício da “Escola Central de Dilijan” está localizado na cidade homônima, que no últimos anos, passou a desfrutar de um amplo desenvolvimento e expansão no campo educacional. O estabelecimento da Escola Internacional de Dilijan e do Centro de Pesquisa Científica do Banco Central da Armênia são alguns exemplos da direção que o país está tomando. Neste contexto, a Escola Central de Dilijan vem ao encontro das expectativas da comunidade local, operando como escola de ensino fundamental e médio.

UWC Dilijan College por Tim Flynn Architects

Cortesia de Daniil Kolodin
Cortesia de Daniil Kolodin

A UWC College Dilijan também está voltada à comunidade internacional armênia, mas ela é muito mais do que uma simples escola, um complexo de modernos edifícios profundamente integrados ao seu contexto histórico e natural. Sobre uma base construída com as tradicionais pedras de tufa armênia, elementos modernos e tecnológicos como paredes e coberturas "verdes" dão uma nova cara para este projeto moderno e tecnológico.

Escritório BigBek por snkh studio

© Sona Manukyan & Ani Avagyan
© Sona Manukyan & Ani Avagyan

O Escritório BigBek encontra-se numa fábrica da era soviética de Yerevan ou Ereván. Agora, este lugar está se transformando num espaço de escritórios para a comunidade TI da Armênia. O objetivo principal deste projeto foi criar um espaço de trabalho aberto para até 30 funcionários com uma divisão funcional estrita em apenas 177 metros quadrados.

American University of Armenia Renovation por Storaket Architectural Studio

© Sona Manukyan & Ani Avagyan
© Sona Manukyan & Ani Avagyan

O antigo prédio da Universidade Americana da Armênia (AUA) em Yerevan foi construído em 1979 por dois dos mais proeminentes arquitetos armênios da época, Mark Grigoryan e Henrik Arakelyan. O edifício se desenvolve simetricamente em um terreno de forma triangular, enquanto que as pedras claras utilizadas na fachada servem como uma estratégia conceitual para equilibrar a volumetria pesada do edifício. O projeto de renovação dos espaços interiores da AUA foi desenvolvido para atualizar o programa da Universidade às novas demandas, celebrando a sua histórica arquitetura em um projeto onde o passado e o presente se encontram.

Ayb Middle School por Storaket Architectural Studio

© Sona Manukyan & Ani Avagyan
© Sona Manukyan & Ani Avagyan

O novo Edifício C da Ayb Middle School foi concebido para acolher o programa de ensino fundamental da famosa escola da capital armênia. O novo edifício encontra-se implantado em frente aos edifícios existentes A e B e conta com capacidade para acomodar até 240 novos alunos. Assim como nas duas estruturas existentes, o projeto de arquitetura do Edifício C procura criar de um ambiente educacional aberto, colaborativo e multi-funcional.

TS Apartment por snkh studio

© Sona Manukyan & Ani Avagyan
© Sona Manukyan & Ani Avagyan

O apartamento T.S. está localizado no bairro de Cascade, em um edifício neoclássico no centro da capital Yerevan. Através de uma pequena varanda no quarto, é possível ter um panorama completo de todo o bairro, onde tradicionalmente são realizados uma série de shows ao ar livre durante o verão. Pensando nisso, o cliente queria um quarto que pudesse facilmente se transformar em uma sala para que assim pudesse receber seus amigos para curtir os shows durante os dias mais quentes do ano.

Smart Center por Studio Paul Kaloustian

© Ieva Saudargaite
© Ieva Saudargaite

Construídos majoritariamente em regiões rurais do país, os Smart Center procuram respeitar a integridade do contexto histórico e natural onde se encontram, desenvolvendo uma nova sintonia entre o vernacular e o contemporâneo, preservando a autenticidade da região, ao mesmo tempo em que incentivam uma ideologia mais progressista. Cada um dos Campus da Smart Center é concebido através de uma série de princípios de design sustentável, utilizando materiais e energias de fontes renováveis. Estes Centros servem à uma vasta gama de programas, como escolas, postos de saúde, moradias, lan houses, espaços de socialização, auditórios para eventos, bibliotecas, restaurantes e outros tantos usos diversos.

Sobre este autor
Cita: Baldwin, Eric. "Onde o futuro e o passado se encontram: a nova arquitetura da Armênia" [Design in Armenia: New Architecture Building on History] 06 Mai 2020. ArchDaily Brasil. (Trad. Libardoni, Vinicius) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/938868/onde-o-futuro-e-o-passado-se-encontram-a-nova-arquitetura-da-armenia> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.