Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos

Escola Primária Experimental de Hongling / O-office Architects

Escola Primária Experimental de Hongling / O-office Architects

Edifício da escola com um pano de fundo de natureza urbana. Imagem © Chao Zhang Pátio em "vale" aberto à cidade. Imagem © Chao Zhang Auditório ao ar livre no pátio norte. Imagem © Chao Zhang Interação visual nos espaços ao ar livre entre pavimentos. Imagem © Siming Wu + 45

Shenzhen, China
  • Arquitetos Responsáveis: Jianxiang He, Ying Jiang
  • Arquitetos De Projeto: Jingyu Dong, Xiaolin Chen
  • Equipe De Projeto: Yifei Wu, Wanyi Zhang, Yue Wang, Chengqiang Huang, Wei Zeng, Lehuan Cai, Weisen Peng, Zhenzhong He
  • Arquiteto Local: Xiaolin Chen
  • Gerenciamento De Projetos De Construção: Shenzhen Vanke Real Estate Co., Ltd. – Siyi Zhao, Xin Huang, Chuan Wang (Gerenciamento de Projeto Local)
  • Consultores Estrutura: Shenzhen QianDian construction and Engineering Design Consulting Co., Ltd.
  • Projeto De Estrutura, Mecânico E Elétrico: CMAD Design Group
  • Projeto De Fachada: Neuco Building Facades Technology Co., Ltd.
  • Paisagismo: TOP DESIGN
  • Vi Design: TheWhy art x design
  • Projeto Luminotécnico: Shenzhen Guangyi Lighting Planning and Design Co., Ltd.
  • Cliente: Secretaria de Obras Públicas do Município de Shenzhen
Mais informações Menos informações
Pátio em "vale" aberto à cidade. Imagem © Chao Zhang
Pátio em "vale" aberto à cidade. Imagem © Chao Zhang

Alta densidade
Alta velocidade e alta densidade tornaram-se sinônimo de Shenzhen, a cidade do sul da China na área da costa subtropical. A população e a densidade urbana desta hiper-cidade ao longo do lado leste do estuário do Rio das Pérolas ainda estão crescendo, mesmo após 40 anos de rápido desenvolvimento. Viver e trabalhar em super arranha-céus se tornou o cotidiano da cidade. Lazer e até educação também foram trazidos aos céus.

A estratégia de baixar a altura total da escola
A estratégia de baixar a altura total da escola
Edifício da escola com um pano de fundo de natureza urbana. Imagem © Chao Zhang
Edifício da escola com um pano de fundo de natureza urbana. Imagem © Chao Zhang
Espaços estudantis suspensos abaixo da área de esportes na fachada leste. Imagem © Chao Zhang
Espaços estudantis suspensos abaixo da área de esportes na fachada leste. Imagem © Chao Zhang

O terreno da Escola Primária Experimental de Hongling (HEPS) e suas regiões vizinhas eram originalmente uma colina chamada Antuoshan, na parte noroeste do distrito de Futian. Esta colina é amplamente conhecida na cidade porque forneceu uma enorme quantidade de granito para a área urbana. Como resultado, a colina quase desapareceu, exceto uma pequena parte que fica a oeste do terreno da escola. O restante do terreno foi nivelado para promover o desenvolvimento urbano após a retirada gradual da operação da pedreira.

O restante da colina de granito e a concepção do novo edifício da escola
O restante da colina de granito e a concepção do novo edifício da escola

O terreno da HEPS, originalmente planejado para uma escola de 24 turmas, tem cerca de 100 metros por 100 metros. Sua capacidade atual aumentou para 36 turmas devido à enorme pressão da falta de vagas nas escolas, com uma área total duplicada da intenção original. O coeficiente de aproveitamento é superior a 3. Além disso, ao dar lugar à linha de metrô na esquina sudeste, com o recuo da rua em todos os lados e ao obedecer ao código de construção que trata do afastamento para garantir entrada de luz solar (requisito obrigatório, embora muitas vezes seja questionado no sul do país), o projeto arquitetônico precisou enfrentar muitos desafios de forma do espaço.

Playground ascendente no pátio sul. Imagem © Siming Wu
Playground ascendente no pátio sul. Imagem © Siming Wu

Tecido celular que se apresenta nas camadas vertical das lajes. Imagem © Siming Wu
Tecido celular que se apresenta nas camadas vertical das lajes. Imagem © Siming Wu

Organismo da vertical
Portanto, a estratégia de projeto na orientação vertical se tornou crucial. Edifícios escolares acima de 24 metros (medida que divide a classificação de edifícios baixos ou altos) têm sido amplamente aplicados nas escolas primárias de Shenzhen, mas apresentam o efeito colateral da obstrução da interação dos alunos causada pelo tráfego vertical excessivo e pelo fechamento obrigatório das escadas de incêndio. No esquema da HEPS, os arquitetos se esforçam para limitar a altura do edifício em 24 metros, para incentivar interações horizontais e tenta responder às características físicas e psicológicas das crianças no projeto espacial da arquitetura e do paisagismo.

Pátios em "vale" abaixo do parque
Pátios em "vale" abaixo do parque
A forma dinâmica da implantação em "E" sendo vista do campo. Imagem © Chao Zhang
A forma dinâmica da implantação em "E" sendo vista do campo. Imagem © Chao Zhang

O edifício da escola, dividido em duas partes com diferentes alturas no leste e no oeste, cobre quase totalmente a área que pode ser construída. A implantação geral tem formas em "E", espelhadas e interconectadas. A metade oeste usa o espaçamento obrigatório entre as linhas da sala de aula para criarum pátio em "vale" com dois limites curvos. Os pátios são rebaixados até o nível subsolo, combinando-se com o jardim em rampa obtido a partir do afastamento do terrreno, e relacionam-se com as instalações culturais / esportivas subterrâneas e o espaço da cantina totalmente iluminado e com ventilação natural.

Auditório ao ar livre no pátio norte. Imagem © Chao Zhang
Auditório ao ar livre no pátio norte. Imagem © Chao Zhang
Olhando para o céu a partir do auditório. Imagem © Siming Wu
Olhando para o céu a partir do auditório. Imagem © Siming Wu

O pátio rebaixado está conectado ao piso térreo naturalmente onduladopor meio de uma inclinação suave no pátio sul e de um auditório ao ar livre no pátio norte, que juntos se transformam em um parque infantil. A pista circular de 200 metros e a quadra de esportes estão localizados no 3º andar da metade leste, ligados ao 2º andar do edifício principal de ensino no lado oeste, o que oferece fácil acesso dos alunos do 2º, 3º e 4º andares para a área de esportes.

Axonométrica do parque
Axonométrica do parque
Quadra de basquete semi-aberta abaixo da parte norte da área de esportes. Imagem © Chao Zhang
Quadra de basquete semi-aberta abaixo da parte norte da área de esportes. Imagem © Chao Zhang
Olhando para baixo, para a quadra de basquete semi-aberta do corredor central no 1º pavimento. Imagem © Nicky Huang
Olhando para baixo, para a quadra de basquete semi-aberta do corredor central no 1º pavimento. Imagem © Nicky Huang

Debaixo da área de esportes, há um auditório de 300 lugares, suspenso acima da piscina semi-externa do parque. O quarto e o quinto andares da metade oeste são as salas de aula extracurriculares e os escritórios dos professores, enquanto o telhado é a fazenda de horticultura da escola.

Edifício inteiro elevado do parque no térreo. Imagem © Chao Zhang
Edifício inteiro elevado do parque no térreo. Imagem © Chao Zhang
Crianças brincando no parque construído. Imagem © Nicky Huang
Crianças brincando no parque construído. Imagem © Nicky Huang

Tecido Celular
A unidade de aprendizagem, tradicionalmente a sala de aula, é a célula espacial básica para os alunos da escola primária aprenderem e se comunicarem. Foram concebidos pares separados de unidades de aprendizagem na implantação em forma de "E" devido ao clima subtropical de Shenzhen, evitando o bloqueio de ventilação na fachada.Cada 12 salas de aula são divididas em 3 linhas e organizadas em 6 pares. Cada combinação de pares de unidades possui uma parede divisória móvel entre unidades que pode ser aberta para uni-las ou fechadas para separá-las.

Seis pares de unidades de aprendizagem na implantação em forma de "E"
Seis pares de unidades de aprendizagem na implantação em forma de "E"

A planta em forma de tambor mostra maior flexibilidade e liberdade quando comparado às salas de aula retangulares tradicionais. Também é mais propícia a uma variedade de padrões de aprendizado e ensino. O contorno curvo e rítmico das unidades de aprendizagem e a borda curva do pátio formam o espaço de atividade linear para formar um local dinâmico ao ar livre para as crianças.

Playground olhando para a cidade no fim da implantação em forma de "E". Imagem © Chao Zhang
Playground olhando para a cidade no fim da implantação em forma de "E". Imagem © Chao Zhang
Playground conectado à área de esportes no 2º pavimento. Imagem © Siming Wu
Playground conectado à área de esportes no 2º pavimento. Imagem © Siming Wu

Foi mantida e utilizada a diferença de altura entre o norte e o sul do terreno, para fazer inclinações de 1 metro que se conectem entre as três fileiras de unidades de aprendizagem em cada andar e criar também a experiência de um relevo natural do terreno na implantação em forma de "E". No final, duas pontes-jardim de aço com degraus suspensas no meio dos dois pátios em “vale”, conectando os diferentes pavimentos do pátio, adicionam experiências únicas de visualização e jogos no “vale”.

Interação visual nos espaços ao ar livre entre pavimentos. Imagem © Siming Wu
Interação visual nos espaços ao ar livre entre pavimentos. Imagem © Siming Wu
A fachada interna no pátio. Imagem © Chao Zhang
A fachada interna no pátio. Imagem © Chao Zhang

Pátios em “vale”, lajes horizontais dinâmicas, tecido celular e sistemas orgânicos de vegetação implantados são as estratégias de projeto para responder às condições urbanas de alta densidade e aos climas subtropicais do sul. Além disso, através do processo e dos resultados da HEPS, os arquitetos buscam um novo paradigma produtivo espacial para projetar instalações públicas de alta densidade em Shenzhen.

Dinâmicas espaciais do pátio em "vale". Imagem © Chao Zhang
Dinâmicas espaciais do pátio em "vale". Imagem © Chao Zhang

Galeria do Projeto

Ver tudo Mostrar menos

Localização do Projeto

Endereço: Nordeste da interseção da Qiaoxiang 4th Road e Antuoshan 2nd Road, Distrito Futian, Shenzhen, China

Localização aproximada, pode indicar cidade/país e não necessariamente o endereço exato.
Sobre este escritório
Cita: "Escola Primária Experimental de Hongling / O-office Architects" [Hongling Experimental Primary School / O-office Architects] 03 Nov 2019. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/927247/escola-primaria-experimental-de-hongling-o-office-architects> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.