Arquitetura do decrescimento é o tema da 7ª Trienal de Arquitetura de Oslo

Arquitetura do decrescimento é o tema da 7ª Trienal de Arquitetura de Oslo

Chegando a sua 7ª edição, a Trienal de Arquitetura de Oslo foi inaugurada no último dia 26 de Setembro na capital norueguesa. Como manifesto no próprio mote da bienal: Enough: The Architecture of Degrowth, o festival propõe explorar “a arquitetura de uma sociedade radicalmente transformada, na qual a cultura e a sustentabilidade passam a ser mais importantes que o crescimento econômico,” questionando os custos sociais e ambientais de uma sociedade em constante necessidade de crescimento econômico.

© ON CITIES
© ON CITIES

Com curadoria da Interrobang Architecture and Engineering e liderados pelos curadores-chefe Matthew Dalziel, Phineas Harper, Cecilie Sachs Olsen e Maria Smith, o festival deste ano contará com mais de 100 eventos espalhados pelos quatro cantos de Oslo, explorando a arquitetura da sociedade pós-crescimento, “uma prática mais responsável e que contemple um uso mais consciente da energia e dos recursos naturais, capaz de proporcionar melhores condições de vida e uma distribuição mais equitativa dos recursos disponíveis em nosso planeta.

© Kalle Grude
© Kalle Grude

O mundo em que vivemos está atravessando um momento politico catastrófico, evidenciando não mais apenas uma necessidade por mudança, mas uma urgente e inadiável tomada de decisões para conter a emergência climática causada pelo aquecimento global. É irrefutável que economias baseadas na latente necessidade de crescimento contribui decisivamente tanto para com o agravamento das condições climáticas de nosso planeta quanto para ampliar o imenso abismo que separa aqueles poucos que ganham muito e aquela maioria que vive com muito pouco. A Trienal de Arquitetura de Oslo de 2019 procura explorar aquela que foi chamada 'Architecture of Degrowth', uma economia compartilhada na qual o desenvolvimento humano e sustentável deve ser prioridade de todos. É hora de concentrar mais tempo e esforços com aqueles que mais precisam, inclusive o nosso planeta. -- Interrobang Architecture and Engineering, curadores da Trienal de Arquitetura de Oslo de 2019.

© Interrobang Architecture and Engineering
© Interrobang Architecture and Engineering

A Trienal de Arquitetura de Oslo deste ano conta com mais de 140 equipes de colaboradores, incluindo escritórios de arquitetura, economistas, artistas de teatro e cinema, escritores e roteiristas. De fato, a Trienal de Oslo deste ano está depositando a maior parte de suas forças em peças de teatro e performances ao vivo como uma estratégia para chamar a atenção do grande público, convidando-os a participarem e se envolverem com o futuro de nossas cidades, questionando a velha maneira de se fazer arquitetura.

© GISTO
© GISTO

Saiba mais sobre a Trienal de Arquitetura de Oslo acessando o programa oficial do evento.

'The Library' é um projeto que transforma o Museu Nacional de Arquitetura em uma biblioteca de futuros projetos arquitetônicos, contando com mais de 80 obras de diferentes arquitetos e escritórios de arquitetura.

'Place Listening' é um percurso sonoro concebido para transportar os visitantes e cidadãos para outra dimensão da cidade, jogando com a percepção do espaço através de peças, performances e explorações urbanas.

'Society under Construction', criada por Rimini Protokoll, é uma performance visual realizada no Teatro Nacional de Oslo que transporta os visitantes para dentro de oito mega-canteiros de obras ao redor do mundo, um convite para entrarmos nos bastidores deste 'teatro urbano' que é o nosso planeta.

'Factory of the Future' é uma instalação que utiliza as mais modernas tecnologias usadas em performances e na produção de cenários futurísticos para examinar o potencial do design e da arquitetura na promoção e defesa dos valores econômicos, sociais e ambientais sustentáveis.

A conferência The day of Architecture + 2019 = Degrowth, reunirá arquitetos, filósofos e economistas em uma mesa redonda que pretende discutir as formas como a arquitetura pode e deve dar uma resposta à emergência climática do nosso planeta.

A série de ensaios Overgrowth, desenvolvida em colaboração com a e-flux Architecture, explora o desafio das cidades baseadas no crescimento econômico e propõe alternativas para uma nova arquitetura dentro de uma nova cultura econômica.

© ON CITIES
© ON CITIES

Este ano, o tema da Trienal não poderia ter sido mais oportuno e urgente. Estamos animados e orgulhosos de apresentar um programa tão diverso e relevante que se extenderá por oito semanas aqui em Oslo, discutindo e promovendo o debate à respeito de como a arquitetura e o desenvolvimento sustentável podem nos ajudar a encontrar respostas à urgência climática atualmente em curso em nosso planeta. -- Hanna Dencik Petersson, diretora da Trienal de Arquitetura de Oslo.

Galeria de Imagens

Ver tudo Mostrar menos
Sobre este autor
Cita: Harrouk, Christele. "Arquitetura do decrescimento é o tema da 7ª Trienal de Arquitetura de Oslo " [The 7th Edition of the Oslo Architecture Triennale Kicks Off] 28 Set 2019. ArchDaily Brasil. (Trad. Libardoni, Vinicius) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/925526/inaugurada-a-7a-edicao-da-trienal-de-arquitetura-de-oslo> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.