Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos

OMA, Hopkins e LDS entre os cinco finalistas do concurso internacional MK:U

OMA, Hopkins e LDS entre os cinco finalistas do concurso internacional MK:U

O Concurso Internacional de Arquitetura MK:U divulgou a lista dos cinco finalistas selecionados para a segunda fase da competição, entre eles o OMA, a Hopkins e a LDS. Os cinco concorrentes se destacaram entre mais de 50 propostas enviadas por mais de 250 escritórios internacionais de arquitetura. A proposta da MK:U é o projeto de uma nova universidade que englobará cursos no âmbito da economia digital além de oferecer uma variedade de cursos de curta duração. A MK:U é resultado de uma parceria entre a MKC e a Universidade de Cranfield, um novo e moderno campus em pleno centro da cidade, uma universidade modelo que será utilizada como um "laboratório" para testar novos conceitos e ideias.

Cortesia de Malcolm Reading Consultants / Hopkins Architects Cortesia de Malcolm Reading Consultants / OMA Cortesia de Malcolm Reading Consultants / Lifschutz Davidson Sandilands Cortesia de Malcolm Reading Consultants / Hopkins Architects + 14

Cortesia de Malcolm Reading Consultants / OMA
Cortesia de Malcolm Reading Consultants / OMA

A ser implantada no último grande espaço vazio do centro da cidade de Milton Keynes, oitenta quilômetros ao norte de Londres, a MK:U será mais do que apenas um campus universitário. A MK:U estará aberta 24 horas por dia durante os 7 dias da semana, conectando espaços públicos do entorno e proporcionando novos espaços de convívio para usufruto de toda a comunidade local. A primeira etapa do concurso, lançada em janeiro de 2019, atraiu mais de 50 inscrições, incluindo 257 escritórios de arquitetura do mundo tudo. Os participantes haviam sido convidados a apresentar projetos conceituais para o campus da MK:U incluindo um masterplan e projeto básico de alguns edifícios importantes.

Cortesia de Malcolm Reading Consultants / Lifschutz Davidson Sandilands
Cortesia de Malcolm Reading Consultants / Lifschutz Davidson Sandilands

Lynette Ryals, professora e vice-reitora da Universidade de Cranfield e também diretora executiva da MK:U, disse: "Este projeto é muito importante para o desenvolvimento econômico de todo o Reino Unido, não apenas para Milton Keynes, a MK:U educará os profissionais que todas as empresas buscam nos dias de hoje, suprindo um vazio de mercado que atrairá pessoas do mundo todo em busca de formação e novas tecnologias voltadas a um ramo em intenso processo de crescimento. Depois de ver os cinco projetos finalistas estamos muito entusiasmados com as consequências positivas deste concurso e com a futura construção da MK:U." A MK: U é o principal projeto do programa de desenvolvimento estratégico da cidade até 2050, o qual foi criado para permitir que a cidade continue crescendo - atualmente Milton Keynes é a cidade que mais cresce no Reino Unido, com uma população estimada de meio milhão de habitantes até de 2050 .

Cortesia de Malcolm Reading Consultants / Hopkins Architects
Cortesia de Malcolm Reading Consultants / Hopkins Architects

As cinco equipes finalistas são:

  • Co:MK:U — WilkinsonEyre, AECOM, Spaces that Work, Mecanoo, dRMM, Publica, Contemporary Art Society e Tricon
  • Hawkins\Brown — KCAP, Grant Associates, BuroHappold Engineering e Sam Jacob Studio
  • Hopkins Architects — Prior + Partners, Expedition Engineering, Atelier Ten, GROSS. MAX., Buro 4, RLB Schumann, GRFN, Caneparo Associates, QCIC, Nick Perry Associates, Access=Design, Cordless Consultants, Sandy Brown Associates, FMDC e Tricon
  • Lifschutz Davidson Sandilands — Architecture 00, Heyne Tillett Steel, Hoare Lea, Bradley-Hole Schoenaich Landscape Architects, Ken Baker, Steer, Iceni, Abell Nepp, Mark London, FMDC, People Friendly Design, PFB Construction Management e FiD
  • OMA — BuroHappold Engineering, Planit-IE, Nicholas Hare Architects, Carmody Groarke, Galmstrup, Approved Consultant Services e Russell Partnership

Cortesia de Malcolm Reading Consultants / CO.MK.U
Cortesia de Malcolm Reading Consultants / CO.MK.U

Cada equipe finalista receberá um prêmio de £ 30.000 além de um relatório técnico fornecido pelo júri. O concurso está sendo executado conformes as regras de contratação vigentes da UE e também do Reino Unido. A construção da MK:U será desenvolvida em três etapas e concluída em até 15 anos, quando a universidade passará a atender a mais de 15.000 alunos.

Como resultado do processo de seleção da primeira etapa do concurso, os cinco projetos finalistas, juntamente com maquetes e videos, serão exibidos em uma exposição gratuita. Milton Keynes: A Journey to 2050, estará aberta entre 4 e 7 de julho de 2019 no Middleton Hall. A MKC está convidando a toda comunidade para participar e dar a sua opinião sobre os cinco projetos, seja pessoalmente durante a exposição ou por e-mail: [email protected]. O feedback será repassado para o juri do concurso que deverá se reunir com cada uma das equipes em busca do grande vencedor, o qual será revelado já no mês que vem.

A MK:U deverá ter a sua primeira turma de alunos em 2023.

News via Milton Keynes Council (MKC), Cranfield University e Malcolm Reading Consultants (MRC)

Galeria do Projeto

Ver tudo Mostrar menos
Sobre este autor
Cita: Baldwin, Eric. "OMA, Hopkins e LDS entre os cinco finalistas do concurso internacional MK:U" [OMA, Hopkins and LDS Among Finalists to Reimagine Higher Education Design in the UK] 07 Jul 2019. ArchDaily Brasil. (Trad. Libardoni, Vinicius) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/920337/oma-hopkins-e-lds-entre-os-cinco-finalistas-do-concurso-internacional-mk-u> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.