Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos

Casa Beiral / Zoom Urbanismo Arquitetura e Design

Casa Beiral / Zoom Urbanismo Arquitetura e Design
Casas  · 
São Paulo, Brasil
  • Arquitetos Autores deste projeto de arquitetura Maíra Acayaba
  • Área Área deste projeto de arquitetura
  • Fabricantes Marcas com produtos usados neste projeto de arquitetura
    AF Vidros, Bosch, Carpintería, Empreiteira NJL, Granitorre, Guga Pedras, Jales Calhas, Ladrilar, Martpisos, Max Maia, Max Ply, Modelar, Neorex, Solargrid, Tropo Bella, Visual Mobile
  • Responsáveis Técnicos

    Guilherme Ortenblad
  • Construção

    Blocco Construtora
  • Projeto estrutural

    BRZ Projeto de Engenharia
  • Estruturas de Madeira (Projeto e Execução das estruturas de madeira)

    Carpinteria
  • Projetos Complementares

    Tholos Engenharia

Descrição enviada pela equipe de projeto. A reforma da Casa Beiral tinha como objetivo adequar uma tradicional casa do Alto de Pinheiros para a realidade de uma família recém formada. A casa deveria, portanto, ser pensada para acompanhar as mudanças e ocasiões do núcleo familiar ao longo do tempo: a chegada dos filhos, a infância no quintal, momentos de reunião, jantares de família, etc.

© Maíra Acayaba
© Maíra Acayaba

Antes da reforma, a residência tinha os ambientes divididos em três níveis: um nível de acesso, um nível intermediário e o nível dos quartos. Ou seja, conforme acontece o distanciamento da rua, adentra-se na intimidade da casa. Essa organização em níveis foi mantida no projeto. No nível de acesso estão o escritório e sala de TV, espaços que funcionam de forma mais independente do restante da casa. No nível intermediário estão os espaços de estar e reunião, como a sala de estar, sala de jantar, a cozinha e a piscina. No terceiro nível estão os quartos e, com a reforma, foi acrescentado um quarto nível, com mais duas suítes.

© Maíra Acayaba
© Maíra Acayaba

O novo se une ao antigo através da cobertura. Marcante, o beiral de madeira une o quarto nível ao terceiro, formando um plano inclinado único. Esse plano, juntamente com os beirais de concreto dos quartos, são os elementos mais notáveis da fachada e emprestam seu nome ao projeto, chamado de Casa Beiral.

Axonométrica
Axonométrica

Outra característica que chama a atenção na fachada é o muxarabi. Por um lado, os quartos precisavam de mais iluminação interna, por outro, ter grandes aberturas voltadas para a rua demandava mais cuidado quanto à privacidade desses ambientes que são mais reservados. O elemento de madeira foi a solução encontrada para ter um controle maior da luminosidade e privacidade: quando o painel está fechado, quem está do lado de dentro pode ver o lado de fora, mas o inverso não ocorre. E mesmo fechado, o painel, por ser vazado, ainda permite a ventilação, contribuindo para o ambiente se manter sempre fresco. Essa composição dos muxarabis abertos ou fechados traz várias possibilidades de combinação, mudando a fachada e deixando-a dinâmica.

O cliente passou parte da infância nesta casa. Assim, a reforma deveria renovar os ambientes, preservando a memória que a casa trazia consigo. Mesmo ganhando novos ares, a casa manteve elementos que compunham o espaço inicialmente. Um deles foi a estrutura em madeira do telhado sobre a sala de jantar. As tesouras de madeira foram reveladas e ganharam destaque, assim como o tijolinho - que também foi deixado à mostra na sala de lareira. Juntos, a dupla traz o acolhimento que é próprio da materialidade para o ambiente.

© Maíra Acayaba
© Maíra Acayaba

O nível intermediário concentra os ambientes de convivência da casa. O fogo é um elemento central nesses ambientes, é ao redor dele que a reunião entre as pessoas acontece. O fogão à lenha, desejo do cliente desde as primeiras reuniões de projeto, está localizado entre a sala de jantar e a cozinha, integrando os dois ambientes e servindo de transição entre o pé direito mais alto e o mais baixo.

© Maíra Acayaba
© Maíra Acayaba

Da mesma forma que o fogão à lenha reúne a família nos almoços de final de semana, a lareira também foi posicionada para incentivar momentos de relaxamento e convívio. O plano envidraçado atrás dela dá vista para a parede verde do lado de fora, trazendo um pouco do externo para dentro do lar. Essa Composição faz com que a sala de estar seja o lugar ideal para reunir os amigos da família e compartilhar momentos, em um ambiente contemplativo e acolhedor.

© Maíra Acayaba
© Maíra Acayaba

Assim como na sala da lareira, a integração entre interior e exterior é um dos principais atributos do projeto como um todo. Antes da reforma, a casa tirava pouco proveito desse potencial. Depois, a sala de jantar virou um volume praticamente vazado, com as duas laterais envidraçadas. De um lado ganhou um deck de madeira que dá vista para o gramado, onde crianças podem brincar, e do outro está o pátio dos fundos, com a piscina e todo o lazer que ela proporciona. Mais do que uma casa, é um lugar para a família conviver e viver novas histórias e memórias.

© Maíra Acayaba
© Maíra Acayaba

Galeria do Projeto

Ver tudo Mostrar menos
Sobre este escritório
Cita: "Casa Beiral / Zoom Urbanismo Arquitetura e Design" 26 Fev 2019. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/912074/casa-beiral-zoom-urbanismo-arquitetura-e-design> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.