Como conseguir um emprego em um escritório de arquitetura dos EUA

Como conseguir um emprego em um escritório de arquitetura dos EUA

© Annie Spratt. Cortesia de Architect-US

Procurar emprego não é algo divertido. É estressante para o requerente e muitas vezes é demorado para o potencial empregador também. Pode ser ainda pior se você procura um emprego internacional, na esperança de conseguir uma vaga em uma empresa de primeira linha nos Estados Unidos. Para um candidato de outro país que pretende mudar-se para uma carreira de arquitetura nos EUA, o processo pode parecer esmagador: regras e regulamentos, processos de emissão de vistos e muita documentação suplementar necessária para a imigração.

As principais empresas de arquitetura inscritas nos programas Architect-US. Cortesia de Architect-US.

© Wojtek Witkowski. Cortesia de Architect-US.

No entanto, com um pouco de auxílio, conseguir esse emprego ou estágio em uma empresa bem conhecida é uma ótima maneira de colocar o pé na porta e começar sua carreira nos Estados Unidos. É apenas uma questão de chegar a um programa de carreira profissional e confiar em iniciativas que incentivam o intercâmbio profissional de arquitetos internacionais que desejem trabalhar nos EUA.

Architect-US é uma plataforma global que trabalha com os melhores estúdios de arquitetura dos Estados Unidos para ajudar os candidatos durante todo o processo de trabalho / estágio - fornecendo orientação sobre o processo de entrevista, orientando o portfólio, garantindo um visto J1 e, o mais importante, encontrando um trabalho nos EUA. Architect-US encontrou centenas de candidatos a empregos remunerados e estágios em escritórios de prestígio como OMA, SOM, SHoP Architects, Diller Scofidio + Renfro, Handel Architects, S9 Architecture entre outros.

Como um candidato internacional, navegar no processo de visto pode ser preocupante. Não é preciso apenas um tempo valioso gasto, mas pode ser complicado coordenar com uma empresa, especialmente quando eles estão procurando alguém para preencher essa vaga imediatamente. Assim, obter as informações corretas e cobrir todos os pontos essenciais economizará tempo e estresse. Todas essas ferramentas e guias benéficos são dadas a todos os participantes que se inscrevem no Programa Architect-US. Abaixo estão algumas dicas da Architect-US sobre como se tornar um candidato a uma vaga ou estágio em um dos melhores estúdios americanos. Aqui estão os cinco pontos principais que achamos mais interessantes em suas recomendações:

© Colton Duke. Cortesia de Architect-US

1. Esteja preparado

A triste verdade é que a maioria das empresas está procurando preencher uma posição rapidamente, com os candidatos locais, muitas vezes, tendo uma chance melhor. Então, tudo que você puder fazer para estar um passo à frente no jogo irá beneficiar muito você no processo.

É importante que você tenha expectativas claras ao se inscrever, e a única maneira de fazer isso é investir tempo na pesquisa. Infelizmente, pesquisar por conta própria nem sempre lhe dará as respostas certas, pode, de fato, confundir mais o processo, então você provavelmente deve confiar em fontes confiáveis que podem realmente ajudá-lo a entender todas as informações.

Architect-US garante que todas as suas incertezas durante o processo de busca de emprego ou visto sejam respondidas por um profissional experiente no campo. Até mesmo saber o salário adequado para alguém com seu nível de experiência antes de uma entrevista pode ser algo crítico.

A partir de um nível prático, certifique-se sempre de ter cópias extras de seu CV / currículo e portfólio ao ser entrevistado para uma vaga, caso deseje manter uma cópia de seus documentos. Naturalmente, também esteja preparado para falar sobre seu trabalho e suas experiências anteriores de trabalho e como eles fizeram de você um candidato ideal para se juntar à sua empresa escolhida. Além disso, tenha perguntas específicas prontas para pedir ao entrevistador que mostre seu interesse genuíno no trabalho de seu estúdio.

Por fim, a empresa à qual você está se inscrevendo fará quase toda a pesquisa na internet, então prepare sua marca on-line pessoal também. É útil ter um LinkedIn atualizado ou outro perfil profissional e garantir que quaisquer contas de mídia social adicionais sejam amigáveis para futuros clientes ou definidas como particulares.

© Jonathan Farber. Cortesia de Architect-US

2. Atualize seu currículo e portfólio

Como todos sabem, o campo da arquitetura é muito visual, e seu portfólio é crucial quando se trata de um processo de seleção. Lembre-se que o portfólio é o cartão de visita dos arquitetos!

Muitas vezes, as pessoas não sabem como destacar seu portfólio. Qual é o formato correto ou até mesmo o que incluir? Uma ferramenta valiosa que a equipe Architect-US oferece aos candidatos é um mentor para orientá-los, fazer brilhar seu portfólio e diferir dos outros.

"Revisar meu portfólio foi muito frustrante e fiquei muito feliz com o fato de o Architect-US ter feito várias revisões e sugestões que acabaram moldando meu portfólio e expuseram melhor os projetos em que eu tanto trabalhei".
-Architect-US intern working at SHoP Architects

© Sawyer Bengtson. Cortesia de Architect-US

Embora seja tentador listar todas as suas impressionantes realizações da última década, suas chances são melhores se você mantiver seu currículo claro e conciso para evitar distrações de sua experiência mais importante. O mesmo vale para o seu portfólio - certifique-se de fazer a curadoria. Mantenha seu layout simples, evite muitas imagens de preenchimento, textos longos e concentre-se em reunir uma apresentação coerente e bem composta de seu trabalho mais forte. Verifique duas, três vezes tudo para erros ortográficos e gramática correta!

Por fim, quando você estiver pronto para enviar seus documentos, verifique se o arquivo não é tão grande que ele trave sua caixa de entrada e evite enviar um currículo sem um portfólio. É um campo criativo, afinal, mostre a eles o que você pode fazer! No entanto, se você ainda tiver dúvidas sobre a exibição do seu trabalho, poderá sempre enviar seu portfólio para a equipe deles para que possam fornecer uma revisão guiada sobre como melhorá-lo.

©. Cortesia de Architect-US

3. Seja você mesmo

Não são palavras da Architect-US, mas sim dos seus participantes! Através de sua experiência e feedback, uma das melhores maneiras de se destacar é ser você mesmo. Portanto, mostre aos entrevistadores por que você é apaixonado, em vez de tentar se adequar ao que acha que eles estão procurando. Certifique-se de que você olha e age profissionalmente durante todo o processo, mas não se esqueça de ser fiel a si mesmo ou de seu desconforto em representar um papel. É bom ter algumas histórias prontas sobre experiências de trabalho passadas que você acha que caracterizam quem você é e como você trabalha. Se você se preparar antecipadamente para algumas das perguntas típicas da entrevista, ficará mais relaxado e poderá dar respostas mais autênticas do que se estiver nervoso durante a entrevista e achar que precisa fazer algo rapidamente.

Lembre-se de que, se estiver se candidatando fora da sua cidade ou no exterior, demonstre como você pode trazer valores transculturais para a equipe; compartilhar suas próprias percepções culturais, experiências passadas e ponto de vista lhe dará uma vantagem no processo de entrevista. Aqui está um testemunho inspirador para reforçar essas idéias.

4. Conheça pessoas e aprenda novas habilidades

Qualquer chance de aprender uma nova habilidade, software ou ferramenta irá beneficiá-lo a longo prazo e todo conhecimento exclusivo pode diferenciá-lo do restante dos candidatos. Você também nunca sabe quando uma conexão pessoal pode se tornar uma oportunidade de trabalho. Se você se cercar de colegas profissionais em arquitetura e áreas afins, pode construir relacionamentos significativos e também conhecer a comunidade de arquitetos local. Procure mentores que tenham habilidades e experiência em funções nas quais você tem interesse e que possam ajudar a guiá-lo ao longo de sua carreira. Todas as experiências e contatos que você escolher ao longo do caminho serão realizados durante toda a sua carreira e beneficiarão seus futuros empreendimentos.

“Eu lembro que no ano passado eu estava meio perdido e desesperado para encontrar um bom emprego. Architect-US me orientou ao longo do processo e organizou entrevistas com várias empresas. Em poucos meses, eu estava começando no OMA, vivendo meu sonho americano na cidade que nunca dorme! ”
-Participante do Architect-US trabalhando no OMA

© Ben Duchac. Cortesia de Architect-US

5. Não fique desencorajado 

Se você não conseguir o primeiro emprego para o qual se candidatar (ou mesmo os dez primeiros), não desista! Se uma empresa não contratar você imediatamente, ela pode se prender à sua informação e você ainda pode ser um candidato em uma data posterior! Seja persistente e envie seu portfólio para muitos escritórios. Se você não se inscrever, estará apenas limitando suas possibilidades. O simples fato é que, quanto mais pessoas vêem seu trabalho, mais chances você tem de encontrar o emprego dos seus sonhos. Portanto, certifique-se de usar todas as ferramentas disponíveis para tornar realidade o seu sonho de trabalhar nos EUA.

“Depois de muitas tentativas de procurar uma oportunidade de carreira nos EUA, o endosso da Architect-US significou tudo no processo de seleção com a empresa. Eles transmitem responsabilidade e viabilidade. Definitivamente, o que faz a diferença.
-Architect-US participante trabalhando no SOM

Não se engane, o processo de inscrição é tedioso e difícil para todos. Se, depois de todas essas dicas, você não tiver conseguido o emprego dos seus sonhos, sempre poderá entrar em contato com a Architect-US e ver o que eles podem fazer por você. Depois de ter sido informado sobre as medidas corretas a tomar e quais as melhores opções para você, verá que o processo de inscrição não precisa ser tão difícil.

Saiba mais sobre a Architect-US aqui.

Sobre este autor
Cita: Schires, Megan. "Como conseguir um emprego em um escritório de arquitetura dos EUA" [Architect-US: How To Get a Job at a Top US Architecture Firm ] 25 Jan 2019. ArchDaily Brasil. (Trad. Souza, Eduardo) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/910230/como-conseguir-um-emprego-em-um-escritorio-de-arquitetura-dos-eua> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.