O site de arquitetura mais visitado do mundo
Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
  1. ArchDaily
  2. Notícias de Arquitetura
  3. Seminário Internacional Arq.Futuro - A Cidade e a Água

Seminário Internacional Arq.Futuro - A Cidade e a Água

  • 16:00 - 8 Setembro, 2018
  • por Equipe ArchDaily Brasil
Seminário Internacional Arq.Futuro - A Cidade e a Água
Seminário Internacional Arq.Futuro - A Cidade e a Água, Projeto Mapocho 42k. Image © M42K Lab
Projeto Mapocho 42k. Image © M42K Lab

O Arq.Futuro e o Insper promovem, no dia 12 de setembro, a edição de 2018 do Seminário Internacional Arq.Futuro - A Cidade e a Água. Como nas edições anteriores do evento, serão apresentados ao público brasileiro casos emblemáticos de sucesso na recuperação de águas urbanas e de seu entorno. Para o seminário deste ano, foram escolhidos três casos que se destacam tanto pela qualidade urbanística quanto pelo seu propósito explícito de combater as diferentes formas de exclusão urbana.

Primeiro, o professor de arquitetura e urbanismo Roberto Montezuma, da Universidade Federal de Pernambuco, vai apresentar o projeto do Parque Capibaribe, um mosaico de parques e áreas de lazer integrados ao longo de ambas as margens do rio Capibaribe, na cidade do Recife, totalizando 30 quilômetros. O desenho do parque privilegia o deslocamento de pedestres e ciclistas e cria oportunidades para que a população da cidade tenha mais contato com seu meio ambiente e, especificamente, suas águas.

Em seguida, o público conhecerá o projeto Vida à Água, do município de São José dos Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba (RMC), Paraná. A iniciativa, que será apresentada pela Profa. Tamara van Kaick da UTFPR, tem como pilar a conscientização dos cidadãos sobre a poluição das águas, e é baseada em atividades educativas concentradas em duas escolas municipais. As atividades têm por objetivo transformar professores e alunos em multiplicadores do conhecimento sobre as ameaças ao abastecimento de água potável na RMC, e implantar soluções de baixo custo em saneamento, coleta e reciclagem de resíduos nas próprias escolas e nas comunidades de seu entorno.

Projeto Mapocho 42k. Image © M42K Lab
Projeto Mapocho 42k. Image © M42K Lab

Por fim, Sandra Iturriaga, da Universidade de Santiago (Chile), apresentará o caso Mapocho 42K – Promenade Geográfica para a Equidade. Esse projeto consiste em uma intervenção ao longo de 42 quilômetros de margens do rio Mapocho que atravessam a capital chilena, para que os espaços nas bordas do rio formem um passeio (ou promenade) contínuo, com áreas verdes, ciclovias e espaços de lazer, conectando bairros de diversos estratos sociais e combatendo a segregação socioeconômica.

As inscrições são gratuitas e deverão ser feitas por este link, estando sujeitas à lotação do auditório.

Visitas a campo com os palestrantes

Jardim Colombo

No bairro Jardim Colombo, parte do complexo de Paraisópolis, as lideranças apresentarão pessoalmente alguns dos desafios típicos da gestão de águas nas cidades brasileiras. O córrego local ainda recebe esgoto doméstico, porque a implantação da rede de saneamento nunca foi concluída. As casas e ruas da parte mais baixa sofrem sazonalmente com alagamentos, consequência tanto da impermeabilização do solo quanto do entupimento da rede de drenagem pelos resíduos descartados irregularmente pela própria comunidade. A área de nascente do córrego ainda tem um pequeno perímetro de mata preservada, porém sofre constante pressão por parte de pessoas que desmatam a área e constroem suas moradias ali, agravando o assoreamento do curso d'água.

Cantinho do Céu

A requalificação da orla da represa Billings no bairro Cantinho do Céu, distrito do Grajaú, é um marco na recuperação do entorno de corpos d'água em São Paulo. O bairro, situado numa parte pobre da periferia, é composto de casas que foram construídas pelos próprios moradores na ausência loteamento regular ou de infraestrutura urbana básica como ruas, calçadas e esgoto. A intervenção da prefeitura de São Paulo ordenou e qualificou o bairro nesses aspectos essenciais, e foi além: criou na margem da represa uma faixa contínua de espaço público para lazer e fruição, com bancos, calçadões, quadras esportivas e píeres. Além de ser um espaço público, essa orla cumpre outras duas funções: evita novas ocupações irregulares à margem da represa; e permite que a população tenha uma vivência prazerosa de contato com a água do manancial, conscientizando-se sobre o valor de não jogar lixo ou despejar esgoto ali.

Cortesia de Arq.Futuro
Cortesia de Arq.Futuro

Seminário A Cidade e a Água

Local: Insper – Auditório Steffi e Max Perlman - rua Uberabinha, sem número – Vila Olímpia, São Paulo
Data 12/09/2018, das 9h às 13h
Inscrições gratuitas neste link

Ver a galeria completa

Sobre este autor
Cita: Equipe ArchDaily Brasil. "Seminário Internacional Arq.Futuro - A Cidade e a Água" 08 Set 2018. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/901543/seminario-internacional-aruturo-a-cidade-e-a-agua> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.