O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Projetos
  3. Arquitetura De Escritórios
  4. Índia
  5. Balkrishna Doshi
  6. 1981
  7. Clássicos da Arquitetura: Sangath / Balkrishna Doshi

Clássicos da Arquitetura: Sangath / Balkrishna Doshi

Clássicos da Arquitetura: Sangath / Balkrishna Doshi
Clássicos da Arquitetura: Sangath / Balkrishna Doshi, © Nicholas Iyadurai
© Nicholas Iyadurai

Clássicos da Arquitetura: Sangath / Balkrishna Doshi © Nicholas Iyadurai © Nicholas Iyadurai Clássicos da Arquitetura: Sangath / Balkrishna Doshi + 15

Descrição enviada pela equipe de projeto. Sangath é o estúdio do próprio Balkrishna Doshi, apresentando uma série de abóbadas revestidas em mosaico da China, bem como um pequeno anfiteatro com terraços e detalhes da água que flui. Tendo sido considerado o edifício que se descreve completamente, Sangath é uma combinação completa dos temas arquitetônicos de Doshi em seu trabalho anterior, incluindo interiores e estruturas complexas, bordas ambíguas, abóbadas e terraços. Saiba mais sobre Sangath a seguir.

Ao entrar no complexo, imediatamente vê-se a silhueta de uma abóbada logo atrás de uma parede exterior e uma pequena visão do interior através de uma leve ruptura na superfície.

© Nicholas Iyadurai
© Nicholas Iyadurai

O caminho rotaciona-se e força o ocupante para fora do eixo norte-sul e ao longo das paredes elevadas do jardim. Agora visíveis em perspectiva, as abóbadas começam a recuar no fundo acima do anfiteatro gramado, com canais de água e jardins em primeiro plano. À medida que se passa pelas lagoas refletoras que capturam as abóbadas em águas tranquilas, a entrada torna-se aparente. Encontra-se no final de uma abordagem em ângulo para os cofres.

© Nicholas Iyadurai
© Nicholas Iyadurai

A entrada principal abaixa o visitante a poucos degraus da abóbada e propõe a escolha de subir um lance de escadas a uma altura de três andares, ou passar pelo pequeno corredor pelo escritório de Doshi e no salão de desenho principal. Aqui, o plano do teto sobe à medida que o habitante experimenta a forma como Doshi bloqueia vários espaços de altura e cria compressão e liberação entre eles.

A parte inferior da abóbada na sala de desenho principal é terminada com um concreto texturizado que dispersa a luz natural no espaço. No final do corredor encontra-se a abertura vista a partir da entrada do local e outra recupera a sensação de lugar ao longo do eixo principal.

Sangath também expressa o desejo de Balkrishna Doshi de uma conexão entre a natureza e o indivíduo. A forma geral exagera os detalhes da natureza com seus montes rolantes, espaços semelhantes a cavernas, terraços, canais de água divertidos e superfícies reflexivas. A água pluvial é canalizada através do terreno através do local pelas calhas de água lisas e redondas.

© Nicholas Iyadurai
© Nicholas Iyadurai

Os espaços interiores afundados são isolados por argila dentro da estrutura. O calor do sol é reduzido por montes gramados e a cerâmica branca refletiva que cobre cada abóbada. A luz natural também é filtrada nos espaços interiores durante o dia, enquanto a lua é refletida nas lagoas e nos mosaicos chineses durante a noite.

Junto com conexões naturais, Sangath mantém conexões com a cultura da Índia. A planta se parece com a forma como um templo desenvolve uma série de estágios em uma plataforma final, enquanto a forma imita vagamente a ousadia de um pagode.

© Nicholas Iyadurai
© Nicholas Iyadurai

Outras referências a estilos modernos também são evidentes como a forma da piscna, lembrando Le Corbusier; os degraus do anfiteatro semelhantes aos de Aalto e Wright; as cerâmicas quebradas como mosaicos de Gaudi; e o papel da água,  semelhante ao do Instituto Salk de Kahn.

Localização aproximada, pode indicar cidade/país e não necessariamente o endereço exato. Cita: Metcalf, Taylor. "Clássicos da Arquitetura: Sangath / Balkrishna Doshi" [AD Classics: Sangath / Balkrishna Doshi] 12 Mar 2018. ArchDaily Brasil. (Trad. Souza, Eduardo) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/890119/classicos-da-arquitetura-sangath-balkrishna-doshi> ISSN 0719-8906