O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Notícias
  3. Mural Panorâmico 798, por Drawing Architecture Studio

Mural Panorâmico 798, por Drawing Architecture Studio

  • 15:00 - 16 Dezembro, 2017
  • por
  • Traduzido por Lis Moreira Cavalcante
Mural Panorâmico 798, por Drawing Architecture Studio
Mural Panorâmico 798, por Drawing Architecture Studio, Cortesia de Drawing Architecture Studio
Cortesia de Drawing Architecture Studio

Fundado pelo Grupo Hyundai, o Hyundai Motorstudio Pequim foi inaugurado no Bairro de Arte 798, em Pequim, em 1 de novembro de 2017. O grande mural panorâmico 798, encomendado pela Hyundai e criado pelo Drawing Architecture Studio, foi inaugurado oficialmente ao mesmo tempo.

Com cerca de 14,5 metros de largura e 12,7 metros de altura, o mural utiliza o Bairro de Arte 798 como modelo para retratar a cidade atual no contexto do excesso de informações. O desenho é um mapa narrativo: a maioria das figuras arquitetônicas são baseadas em protótipos reais do 798. As montagens são quebradas, fragmentadas e flutuantes. Um poder enorme vem da vitalidade e da energia inerente da cidade. Sua envoltória está rachada e quebrada para revelar o emocionante labirinto da vida que há dentro dela. O mural panorâmico 798 é uma representação imaginária do mundo real, uma reconstrução de inúmeros fragmentos de espaço e tempo físicos, que colidem, alinham-se e reorganizam-se constantemente.

Cortesia de Drawing Architecture Studio
Cortesia de Drawing Architecture Studio

A Era da Internet da Zona de Arte Industrial
O Bairro de Arte 798 é mais conhecido por ser uma área industrial abandonada que foi transformada na zona de arte mais famosa da China. Multidões de profissionais criativos se reúnem e todos os tipos de atividades artísticas, culturais e comerciais são realizadas todos os dias nesta área, que apresenta uma floresta de chaminés e uma arquitetura industrial modernista. Nos últimos anos, as opções de comércio no 798 variou com o aumento do valor do aluguel. Especialmente com o rápido desenvolvimento da internet, um novo olhar foi direcionado a esta zona de arte. Muitas empresas de internet famosas e bem capitalizadas optaram por terem escritórios ali, o que diversificou os tipos de negócios na área. O crescimento da economia compartilhada também se refletiu no bairro: os cowokings e o Airbnb modificaram a forma como os edifícios originais são usados, com até galerias sendo abertas em apartamentos. A rápida disseminação do sistema de compartilhamento de bicicletas fez desta o melhor meio de transporte para visitar o bairro. Centenas de triciclos de correio transitam no 798 todos os dias como resultado do crescimento das compras online. A aparência externa e a estrutura dos espaço construídos não são alteradas, mas seus interiores foram completamente ou parcialmente transformado devido ao desenvolvimento da economia virtual. Essas novas mudanças no ambiente e nas atividades foram os pontos de partido na concepção do mural 798 pelo DAS.

Cortesia de Drawing Architecture Studio
Cortesia de Drawing Architecture Studio

Uma Imaginação Retrospectiva das Cidades
Além da documentação objetiva sobre alguns edifícios e ambientes significatvos no 798, um grande número de cenas imaginárias foram desenhadas pelo DAS e transplantadas para o mural para juntarem-se perfeitamente às visões da realidade. Estas cenas não são ideias para cidades do futuro como aquelas apresentadas em filmes de ficção científica, mas são formulações retrospectivas baseadas na cultura arquitetônica de vanguarda da "geração dourada". O DAS foi altamente inspirado pela forma como alguns mestres arquitetos imaginaram as cidades, como a Plug-In City (Archigram), The City of the Captive Globe (OMA), Fun Place (Cedric Price), Security (John Hejduk) e Parc de la Villette (Bernard Tschumi). Esses conceitos receberam funções práticas como galeria, residência, teatro ou escritório e ganharam uma vida nova no mural ao construir o imaginário do DAS para o 798 juntamente com os elementos da realidade. Ao reescrever os conceitos clássicos dos arquitetos mestres, o DAS trouxe o espírito vanguardista da cultura arquitetônica para o 798.

Cortesia de Drawing Architecture Studio
Cortesia de Drawing Architecture Studio
Cortesia de Drawing Architecture Studio
Cortesia de Drawing Architecture Studio

A Continuidade da Tradição Axonométrica no Desenho Arquitetônico
O mural 798 é uma investigação adicional sobre a projeção axonométrica como uma forma de desenho. O mestre do suprematismo El Lissitzky foi o primeiro a introduzir a projeção axonométrica na pintura. Para ele, a projeção axonométrica é construtiva por sua descrição precisa sobre a relação espacial dos objetos. Ele chamou suas obras "proun", que significa "a estação onde se muda de pintura para arquitetura". Daniel Libeskind continuou com esta tradição axonométrica e levou-a ao limite em seu trabalho Micromegas, em que as projeções axonométricas, com diferentes sistemas de coordenadas, são misturadas para criar um labirinto espacial complexo e contraditório. O mural 798 foi muito influenciado por Micromegas e pode ser considerado sua reconstrução figurativa: os pontos em Micromegas tornam-se móveis e esculturas no 798; as linhas se tornam ruas, canos e chaminés; as superfícies se tornam paredes e praças; e os espaços se tornam cafés, galerias e fábricas. Para a representação final, o DAS também usou pinturas Pop Art como uma referência e adicionou uma estética pop com um estilo plano, linhas simples e cores vivas.

Cortesia de Drawing Architecture Studio
Cortesia de Drawing Architecture Studio

Repensando a Relação entre Desenho e Arquitetura
Se 798, como um desenho em si, exemplifica a inspiração contínua da cultura arquitetônica clássica de vanguarda no desenho arquitetônico contemporâneo, então além do desenho, a realização do 798 mais uma vez investiga a relação entre desenho e arquitetura. O projeto de renovação do Hyundai Motorstudio, onde o mural está localizado, foi realizado pelo escritório de arquitetura 2x4, com sede em Nova York. Em claro contraste com a complexidade e a dinâmica do mural, o projeto do edifício é um modelo de beleza concisa e discreta. Resultado das condições rigorosas de preservação da arquitetura no bairro, a fachada original de tijolos vermelhos teve que permanecer intacta. Portanto, o foco do projeto foi colocado no programa, nos materiais e nos detalhes dos interiores. No entanto, o Motorstudio ainda conseguiu se tornar uma nova referência para a área sem muita dificuldade ao apresentar o grande mural em sua maior superfície, de frente para a rua principal. Tal solução lembra o projeto do National College Football Hall of Fame, por Robert Venturi, que também é conhecido como a proposta do "outdoor". Aqui, o "outdoor" torna-se o mural 798 e o edifício por trás dele torna-se o espaço de exposição da Hyundai Motorstudio.

Cortesia de Drawing Architecture Studio
Cortesia de Drawing Architecture Studio

Assim, a relação entre o mural e o edifício acontece em 3 níveis. Em primeiro lugar, o mural é uma obra de arte pública urbana de escala arquitetônica; em segundo, ele é a elevação principal do edifício e se configura como material de construção - um tijolo colorido. Um material produzido pelas 3M especialmente para superfícies ásperas foi usado para a impressão do 798. Como o mural acabado se encaixa perfeitamente na textura da parede de tijolos e o toque original da superfície arquitetônica permanece, o mural pode ser visto como parte da construção. E, finalmente, o mural torna-se o componente-chave da arquitetura como um "outdoor". Da Capela Sistina a Markthal Rotterdam, os grandes murais sempre se tornaram o elemento mais atraente no espaço, seja comunicando mensagens ou decorando uma superfície para a arquitetura. Da proposta de "Outdoor" de Venturi à Billboard Architecture categorizada por Terunobu Fujimori, a fachada plana e rica em conteúdo é deliberadamente destacada e a experiência espacial tridimensional é simplificada em uma tela mais objetiva. No atual momento, em que "ser digno de postado no Instagram" se tornou um critério para avaliar um espaço devido à popularidade da rede social, essa abordagem plana intencional faz mais sentido. Mais do que nunca, as pessoas estão ansiosas por experiências visuais diretas e impressionantes que valem a pena compartilhar. Sem dúvida, o desenho tem a vantagem natural da criação de experiências visuais únicas com sua flexibilidade em conteúdo, escala e estilo de representação. Portanto, é natural que o desenho e a arquitetura se completem, também como uma resposta ativa da internet a partir da cultura arquitetônica atual. O caso do mural 798 e do Hyundai Motorstudio é apenas um exemplo disso.

Cortesia de Drawing Architecture Studio
Cortesia de Drawing Architecture Studio

  • Equipe de Projeto: Han Li, Yan Hu, Xintong Zhang, Pengyu Chen, Lu Deng, Xiaohan Qiu, Chen Zhang, Mao Zhang, Sen Luo, Yue Hu, Yunqing Li, Liyuan Liu, Chenzhang Zhao, Tangzi Huang, Zichen Ye

Ver a galeria completa

Cita: Luo, Jinglin. "Mural Panorâmico 798, por Drawing Architecture Studio" [798 Panoramic Mural by Drawing Architecture Studio] 16 Dez 2017. ArchDaily Brasil. (Trad. Moreira Cavalcante, Lis) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/885274/mural-panoramico-798-por-drawing-architecture-studio> ISSN 0719-8906