O site de arquitetura mais visitado do mundo
Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
  1. ArchDaily
  2. Projetos
  3. MVRDV projeta parque urbano e centro comunitário nos arredores de Xangai

MVRDV projeta parque urbano e centro comunitário nos arredores de Xangai

  • 15:00 - 28 Outubro, 2017
  • por
  • Traduzido por Vinicius Libardoni
MVRDV projeta parque urbano e centro comunitário nos arredores de Xangai
MVRDV projeta parque urbano e centro comunitário nos arredores de Xangai, Cortesia de MVRDV
Cortesia de MVRDV

Concebido pelo MVRDV em colaboração com ISA Architecture, o projeto para Parque do Futuro de Zhangjiang foi oficialmente apresentado, um parque e centro comunitário voltado aos trabalhadores e moradores do Parque Hi-Tech de Zhangjiang em Pudong, Xangai, China. Completamente integrados na paisagem do parque, serão construídos uma biblioteca, um centro de arte, um centro de performance e um centro desportivo - em resposta à atual carência do bairro por este tipo de atividades.

Cortesia de MVRDV Cortesia de MVRDV Cortesia de MVRDV Cortesia de MVRDV + 10

Cortesia de MVRDV
Cortesia de MVRDV

O Parque Hi-Tech de Zhangjiang foi estabelecido em 1992 como um complexo para empresas que operam nos campos de tecnologia e inovação. Vinte anos depois, o bairro tornou-se um centro dinâmico de negócios e moradias, com mais de 4.000 empresas e 100.000 trabalhadores cujas famílias vivem, na grande maioria, muito próximas ao bairro.

Instalações públicas para convívio e recreação da população, no entanto, nunca foram contempladas no projeto original - o que o MVRDV procura solucionar com o Parque do Futuro. Implantado em uma ilha, no encontro de duas vias navegáveis e exuberantes espaços verdes, o masterplan visa criar uma nova centralidade trazendo a natureza, a cultura e o entretenimento para a paisagem do bairro.

O projeto foi concebido para proporcionar uma atmosfera relaxante, semelhante a um parque mas com atividades culturais típicas de um centro urbano. Estas duas características são organizadas em camadas sobrepostas, uma praça urbana repleta de atividades culturais no térreo e grandes coberturas verdes como um parque acima dela. Os edifícios encaixados na paisagem natural fazem a articulação entre estas duas configurações, proporcionando espaço para atividades culturais e recreativas, ao mesmo tempo em que proporciona áreas de estar na cobertura. Os caminhos em ambos os níveis permitem a circulação com facilidade entre os elementos do programa.

Cortesia de MVRDV
Cortesia de MVRDV
Cortesia de MVRDV
Cortesia de MVRDV

"Os volumes dos edifícios suavemente incorporam-se na paisagem e abrigam as atividades do parque", explica MVRDV. "Os múltiplos acessos do parque convergem para uma praça central, proporcionando a cada acesso uma percepção diferente do conjunto. A proposta forma uma silhueta intrigante, uma coleção reconhecível de edifícios que emergem da natureza: uma fenda na paisagem que dá lugar à vida urbana. As pessoas são capazes de caminhar não apenas ao redor dos edifícios, mas também acima deles, portanto, experimentam perspectivas radicalmente diferentes do terreno".

"O programa das áreas verdes das coberturas é tão animado e diversificado quanto o programa do parque e estão completamente integrado às funções dos edifícios".

A biblioteca de 10 mil metros quadrados oferecerá uma variedade de espaços de convívio e de leitura organizados ao redor de um átrio central, concebido como uma extensão da praça central. Do outro lado da praça, o centro de arte conta com 5.000 metros quadrados de espaços expositivos repletos de luz natural.

Ao lado, o centro de performance de 10.000 metros quadrados abrigará dois teatros: um auditório maior de 700 lugares para espetáculos e concertos e um teatro de 300 lugares para eventos menores. Outras áreas do edifício incluem espaços para música, salas de conferências, refeitórios e lounges.

O centro esportivo conta com 10.000 metros quadrados de instalações variadas, incluindo uma piscina olímpica e um grande ginásio com paredes de vidro. Além disso, outras quadras e campos para atividades esportivas serão implantadas ao longo do parque e na cobertura do edifício.

O projeto deve ser concluído no início de 2019.

Via MVRDV.

  • Arquitetos

  • Localização

    Pudong, Shanghai, China
  • Design

    MVRDV - Winy Maas, Jacob van Rijs and Nathalie de Vries
  • Equipe de projeto

    Nathalie de Vries, Wenchian Shi, Marta Pozo Gil with Marco Gazzola, Lorenzo Mattozzi, Enrico Pintabona, Chiara Girolami, Shengjie Zhan, Cai Zheli, Cosimo Scotucci, Wenzhao Jia, Emma Rubeillon, Chi Zhang, Ray Zhu, Chi Li
  • Imagens

    Antonio Luca Coco, Paolo Mossa Idra, Costanza Cuccato, Davide Calabrò, Pavlos Ventouris and Tomaso Maschietti
  • Co-Autoria

    ISA Architecture
  • Arquitetura da paisagem

    Openfabric
  • Projetistas

    Francesco Garofalo, Jacopo Gennari Feslikenian and Maria Teresa Pinna
  • Cliente

    Zhangjiang Group Co. Ltd.
  • Área

    56000.0 m2

Ver a galeria completa

Sobre este escritório
Escritório
Cita: Lynch, Patrick. "MVRDV projeta parque urbano e centro comunitário nos arredores de Xangai" [MVRDV Create Park-Topped Community Center for Shanghai Neighborhood] 28 Out 2017. ArchDaily Brasil. (Trad. Libardoni, Vinicius) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/882228/mvrdv-projeta-parque-urbano-e-centro-comunitario-nos-arredores-de-xangai> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.