O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Notícias
  3. Em Detalhe: Especial / Sistema de painel pré-fabricado "KPD"

Em Detalhe: Especial / Sistema de painel pré-fabricado "KPD"

  • 14:00 - 13 Junho, 2017
  • por
  • Traduzido por Camilla Sbeghen
Em Detalhe: Especial / Sistema de painel pré-fabricado "KPD"
Em Detalhe: Especial / Sistema de painel pré-fabricado "KPD", Axonométrica escalonada. Sistema "KPD", Chile (1972)
Axonométrica escalonada. Sistema "KPD", Chile (1972)

Há algum tempo o Plataforma Arquitectura publicou a entrevista que realizamos com Pedro Alonso e Hugo Palmarola, curadores do pavilhão chileno para a Bienal de Veneza 2014, onde nos falam sobre a proposta que representou o Chile na 14° Mostra Internacional de Arquitetura: "Fundamentals".

Através da instalação de um componente construtivo elemental, um painel original do sistema 'KPD", a intervenção propôs como tema central apresentar um capítulo da história da arquitetura no Chile, através de um sistema que foi parte fundamental do imaginário construtivo na modernização, pré-fabricação e industrialização da arquitetura de meados do século XX, tanto no Chile como no resto do mundo. Tamanha foi a relevância no surgimento deste sistema, que sua utilização não somente despertou discussões no âmbito técnico ou prático, mas se transformou em matéria de especulação política, estética e ideológica. 

Apresentamos, a seguir, uma revisão especial em detalhes do Sistema "KPD", ícone da pré-fabricação e objeto central do premiado pavilhão chileno em Veneza.

Camadas horizontais. Sistema KPD, Chile (1972) Sistema "KPD". Componentes e uniões. Diagrama de montagem. Sistema "KPD", Chile (1972) Diagrama de montagem. Sistema "KPD", Chile (1972) + 18

Do abstrato ao concreto (1)

No ano de 2011 e 2012, Pedro Alonso (*) e Hugo Palmarola (**), docentes da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade Católica do Chile foram responsáveis pelo Workshop de Pesquisa em que estudantes do sétimo semestre desenvolveram a  "reconstrução técnica, tipológica, histórica e conceitual" de sistemas construtivos pré-fabricados a partir de grandes painéis de concreto armado. A metodologia correspondeu a um levantamento através da modelação tridimensional no software Rhinoceros e da fabricação digital de modelos em escala 1:75 por meio de uma impressora Z310 plus. O workshop denominado "Do abstrato ao concreto", teve como objetivo fundamental "ampliar a reflexão crítica sobre a história da pré-fabricação a partir de uma metodologia que utilizou o modelo digital para estudar as relações mutantes entre arquitetura e tecnologia durante o século XX". 

Modelos digitales desarrollados por estudiantes del Taller "De abstracto a concreto" (2011-2012). Image Cortesía de Pedro Alonso y Hugo Palmarola
Modelos digitales desarrollados por estudiantes del Taller "De abstracto a concreto" (2011-2012). Image Cortesía de Pedro Alonso y Hugo Palmarola

“Do abstrato ao concreto” mostrou que esses sistemas estavam longe da monotonia e rigidez tipológica com que usualmente são caracterizados. Pelo contrário, a grande quantidade de sistemas criados, sua evolução e adaptação a contextos sociais, técnicos, geográficos e culturais diferentes é evidencia de um desejo de variação que buscava alternativas cada vez mais eficientes - desde um ponto de vista econômico e estratégico - na solução dos grandes problemas da improvisação da moradia econômica e coletiva. 

Sistema "KPD"

“KPD" ("Edificação com Grandes Painéis" do acrônimo russo "КПД”) foi uma empresa chileno-soviética que surgiu em 1972 após uma doação da URSS ao governo de Salvador Allende no marco de acordos de cooperação e assistência tecnológica depois de um terremoto de 1971. Do período de Nikita Kruschev e seguindo o modelo francês de pré-fabricação "Camus" (1948), o sistema é o resultado de uma genealogia que formou-se em três versões fundamentais; a versão russa conhecida como "I-464" (1956), a versão cubana denominada "Grande Painel Soviético" (1965) e finalmente os painéis "KPD" (1972), a versão chilena. A fábrica KPD, cujo nome mudará posteriormente em 1975 para "VEP" (Moradias Econômicas Pré-fabricadas) após o golpe de Estado, ficou nas mãos do Governo Militar e manteve suas operações até o ano 1979, chegando a construir um total de 153 blocos de apartamentos - entre 64 a 74 m2 - em Viña del Mar, Quilpé e Santiago.

Cortesía de Andrés Brignardello
Cortesía de Andrés Brignardello

Pré-fabricação e montagem

O sistema percorreu o mundo e foi reconhecido por sua grande rapidez de montagem. Os painéis pré-fabricados de concreto de grande tamanho foram capazes de produzir até 2.000 unidades de moradia durante um ano e um total aproximado de 170 milhões de moradias em países como França, Suíça, Alemanha, Reino Unido, Iugoslávia, Canadá, Estados Unidos, Dinamarca, Holanda, Japão, Cuba, Chile, entre outros. 

© Nolberto Salinas Gonzalez
© Nolberto Salinas Gonzalez

Os painéis em concreto integravam dentro dos componentes todas as instalações elétricas, canalizações e ancoragem para sua montagem na obra. "Sob um círculo lógico de fabricação, os painéis formavam parte de um sistema de cadeia de montagem que começava com o encontro da matéria-prima nas grandes infraestruturas no interior do terreno da fábrica, para logo integrar os moldes de todas as peças necessárias para criar, no final da linha, os painéis prontos para serem transportados na obra" (2).

© Nolberto Salinas Gonzalez
© Nolberto Salinas Gonzalez

Servando Mora, um dos 125 trabalhadores que esteve no primeiro período da fábrica, afirma que "a técnica era como armar um trilho de trem onde se instalava a grua e esta recolhia os painéis de concreto que eram feitos na fábrica. Em seis horas estavam firmes... Trinta e duas pessoas e eu fizemos um edifício de quatro pavimentos com 24 apartamentos em 16 dias"Até a data nenhum outro sistema superou essa produção anual, nem a superfície designada para cada apartamento (3).

Diagrama de montagem. Sistema "KPD", Chile (1972)
Diagrama de montagem. Sistema "KPD", Chile (1972)

Digitalização e novos descobrimentos do Sistema

O uso de ferramentas digitais neste tipo de pesquisa supôs, em efeito, que não se tratava de redesenhar edifícios e suas tipologias mas de montar componente por componente no interior do modelo. Assim, a maquete adquiriu um status específico afastado da mera representação de um edifício, transformando-se em ferramenta para a corroboração da exatidão e pertinência de teses projetuais baseadas em "suposições informadas”.(1)

Camadas horizontais. Sistema KPD, Chile (1972)
Camadas horizontais. Sistema KPD, Chile (1972)

A relevância de estudar estes sistemas em térmicos comparativos permitiu observar as diferentes lógicas operando em cada um dos detalhes. Precisamente o descobrimento de problemas específicos por sistema foi o objetivo final do exercício de reconstrução. O sistema KPD permitiu a Carolina Rocco identificar uma grade estrutural "invisível", definida pela continuidade vertical e horizontal de uma filigrana de concreto armado conceitualmente auto-portante. Com relação a isso, os painéis estruturais emergiram na dimensão de fôrma para uma estrutura colaborativa, revelando assim a importância da definição variável de perímetro dos mesmos painéis. (1)

Sistema "KPD". Componentes e uniões.
Sistema "KPD". Componentes e uniões.

(1) Texto de Pedro Alonso e Hugo Palmarola.
(2) Do texto "Conjuntos habitacionales KPD, V Región" da Escola de Arquitetura e Desenho da Universidade Católica de Valparaíso.
(
3) Da pesquisa do Documentarista Andrés Brignardello que, em 2012 realizou um documentário onde relata a história da fábrica em "KPD, uma cena da guerra fria no Chile". Confira mais sobre o documentário de Brignardello, aqui.

(*) Pedro Alonso (1975). Doutor Arquiteto (Ph.D) Architectural Association School of Architecture. Dirige o Programa de Magistério MARQ da Faculdade de Arquitetura, Desenho e Estudos Urbanos da Universidade Católica de Chile. Desde 2005 leciona na Architectural Association (AA) de Londres, atualmente como professor visitante no programa de Magistério em História e Pensamento Crítico (MA HCT). Trabalhou como arquiteto na Arup Urban Design, colaborando no desenho de projetos de orientação sustentável na China, Rússia, Arabia Saudita e Azerbaidjão (2006-2009). Entre suas publicações recentes destacam-se: What is wrong with Charles Eisen?, na revista San Rocco (Milão, 2014); Deserta, by Design, em Manifest: Journal of American Architecture and Urbanism (2013); e Mountaineering, em AA Files 66 (Londres, 2013). Junto a Hugo Palmarola recebeu o Royal Institute of British Architects (RIBA) Research Trust Award (2008). Obteve um Research Grant outorgado pelo Getty Research Institute de Los Angeles CA. (2010) e foi convidado como Visiting Scholar no Canadian Centre for Architecture (CCA) em Montreal (2011). Também foi premiado pelo Prince Claus Fund de Amsterdã (2012).

(**) Hugo Palmarola (1977). Designer da Pontifícia Universidade Católica de Chile, instituição onde é professor e pesquisador. Possui magistério em História e Teoria do Desenho Industrial pela Universidade Nacional Autônoma do México (UNAM) (2010), instituição onde é candidato a Doutor em Estudos Latino americanos, com uma pequisa sobre os imaginários tecnológicos durante a época de ouro do cinema mexicano. Palmarola recebeu o International Scholar Award da Society for the History of Technology (SHOT) (2007-09). Forma parte da revista Diseña e do comité científico de história do desenho Latino-americano de Los Angeles County Museum of Art (LACMA). Junto a Pedro Alonso, obteve o Royal Institute of British Architects (RIBA) Research Trust Award (2008), é autor de exposições no Pratt Institute de Nueva York (2013) e em Architectural Association (AA) de Londres (2014), publicou no livro Beyond Imported Magic: Essays on Science Technology and Society in Latin America (MIT Press, 2014), e é autor do livro Panel (Architectural Association, 2014).

Ver a galeria completa

Sobre este autor
Enzo Vergara
Autor

Veja mais:

Notícias Diversos
Cita: Vergara, Enzo. "Em Detalhe: Especial / Sistema de painel pré-fabricado "KPD"" [En Detalle: Especial / Sistema de panel prefabricado "KPD"] 13 Jun 2017. ArchDaily Brasil. (Trad. Sbeghen Ghisleni, Camila) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/873143/em-detalhe-especial-sistema-de-painel-pre-fabricado-kpd> ISSN 0719-8906