O site de arquitetura mais visitado do mundo
Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
  1. ArchDaily
  2. Notícias de Arquitetura
  3. Após apagar grafites na 23 de Maio, nova gestão de SP acha a avenida "muito cinza" e propõe refazer murais

Após apagar grafites na 23 de Maio, nova gestão de SP acha a avenida "muito cinza" e propõe refazer murais

Após apagar grafites na 23 de Maio, nova gestão de SP acha a avenida "muito cinza" e propõe refazer murais
Após apagar grafites na 23 de Maio, nova gestão de SP acha a avenida "muito cinza" e propõe refazer murais, Avenida 23 de Maio, cinza demais.. Image © Gabriel Tavares, via Flickr. Licença CC BY-NC-ND 2.0
Avenida 23 de Maio, cinza demais.. Image © Gabriel Tavares, via Flickr. Licença CC BY-NC-ND 2.0

Após mandar apagar diversos murais de grafite, o novo secretário de Cultura de São Paulo, André Sturm, afirmou esta semana que a Avenida 23 de Maio, um dos principais corredores norte-sul da cidade, pode voltar a ficar colorida ainda no primeiro semestre deste ano. A Prefeitura estuda para a via um Festival do Grafite, com artistas selecionados e materiais fornecidos pela gestão.

Sobre o cinza que encobriu a Avenida 23 de Maio, Sturm afirmou que a Prefeitura terminará de remover, nos próximos dias, todos os murais que não estiverem em bom estado de conservação. Somente oito deles serão mantidos, porém, o secretário não indicou quais.

De acordo com o secretário, foram pintados de cinza os grafites que estavam pichados por cima do desenho, com cores esmaecidas e danificados pela poluição (ou seja, qualquer coisa exposta ao ambiente urbano). Segundo ele, “a arte urbana tem como pressuposto ser efêmera, em qualquer lugar do mundo. A pessoa, quando faz grafite, sabe que aquilo pode apagar, pode ser manchado. Aquilo não vai ficar lá para sempre. Grafites não têm essa natureza”, disse.

Segundo Sturm, a via é uma das possibilidades para receber o evento “em função do ruído” causado pela remoção dos grafites e das pichações, intensificada nos últimos dias. “Ficou muito cinza e há uma vontade de fazer”, afirmou Sturm. Desde 2015, era um museu a céu aberto, com mais de 70 murais. 

Até o fim deste mês, a Prefeitura vai escolher uma via da cidade para a realização do festival de grafite. Outras ruas também estão sendo analisadas e, após selecionado o local, serão abertas inscrições para artistas.

A limpeza dos muros, uma ação do programa Cidade Linda, foi duramente (e justamente!) criticada nas redes sociais e meios de comunicação na semana passada. Talvez, após se dar conta que "muito cinza" é como fica uma parede após ser pintada de cinza, a proposta da nova gestão traga de volta um pouco de cor para esta cidade que não precisa ser cinza e que completa hoje 463 anos de fundação.

Fonte: Exame

Sobre este autor
Cita: Romullo Baratto. "Após apagar grafites na 23 de Maio, nova gestão de SP acha a avenida "muito cinza" e propõe refazer murais" 25 Jan 2017. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/804043/apos-apagar-grafites-na-23-de-maio-nova-gestao-de-sp-acha-a-avenida-muito-cinza-e-propoe-refazer-murais> ISSN 0719-8906
Ler comentários

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.