Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos

Anunciados os vencedores do concurso C.A.S.A pós-catástrofe

Anunciados os vencedores do concurso C.A.S.A pós-catástrofe

Dois jovens arquitectos portugueses de Coimbra, Frederico Martinho e Cláudia Franco, foram os primeiros classificados do Concurso C.A.S.A. pós-catástrofe, lançado no passado mês de Junho e a que concorreram 15 propostas.

O Concurso foi promovido pela AML (Área Metropolitana de Lisboa) em co-organização com a Secção Regional Sul da Ordem dos Arquitectos (OASRS) e teve como objectivo a implementação de uma unidade polivalente com funções administrativas e sociais num cenário pós-catástrofe. O concurso convidou os arquitectos a darem uma resposta, num cenário de pós-catástrofe, às condições de crescente vulnerabilidade social e física que conduzem, numa perspectiva global, à necessidade de pensar a emergência e soluções arquitectónicas de apoio às comunidades afectadas.

2º colocado. Image Cortesia de C.A.S.A. pós-catástrofe
2º colocado. Image Cortesia de C.A.S.A. pós-catástrofe

A proposta da autoria dos arquitectos Frederico Martinho e Cláudia Franco foi a primeira classificada no Concurso. De acordo com o relatório final do Júri, a proposta apresenta uma “ideia original, com grande versatilidade para as colinas e os possíveis condicionamentos topográficos. Processo de montagem pouco complexo e acessível à mão-de-obra não especializada, facilidade de montagem e desmontagem, transporte, reutilização e baixo custo. Objecto iconográfico, referencial no cenário urbano”. O 2.º prémio foi obtido pelo arquitecto César Augusto Costa Marques, consistindo numa resposta positiva ao programa que garante o conforto de utilização, segurança, durabilidade e reutilização. Segundo o júri tem uma “expressão formal interessante, praça octogonal em torno de uma antena de comunicação, que funciona como referencial de maior alcance em termos da sua percepção na paisagem.” O trabalho do arquitecto Simão Silveira Botelho obteve o 3.º prémio. Pela identificação de lugares para a região de Lisboa onde pode ser construída, mostra grande flexibilidade e visão territorial. Explora com algum arrojo um sistema de paredes em fole e consegue, como resultado conjunto, um espaço visualmente marcante.

3º colocado. Image Cortesia de C.A.S.A. pós-catástrofe
3º colocado. Image Cortesia de C.A.S.A. pós-catástrofe

A cerimónia de entrega de prémios e apresentação da proposta vencedora vai decorrer no dia 13 de Dezembro, pelas 18h, na Sede da AML em Lisboa, onde estará patente ao público até 20 de Dezembro, uma exposição dos trabalhos a concurso.

Mais informações aqui

  • Concurso

    C.A.S.A. pós-catástrofe
  • 1º Lugar

    Frederico Martinho e Cláudia Franco
  • 2º Lugar

    César Augusto Costa Marques
  • 3º Lugar

    Simão Silveira Botelho
  • Fotografias

Sobre este escritório
Cita: Eduardo Souza. "Anunciados os vencedores do concurso C.A.S.A pós-catástrofe" 07 Dez 2016. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/801037/anunciados-os-vencedores-do-concurso-casa-pos-catastrofe> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.