O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Notícias
  3. Green Air, um jardim aéreo escultural

Green Air, um jardim aéreo escultural

Green Air, um jardim aéreo escultural
Green Air, um jardim aéreo escultural, Cortesia de Nomad Studio
Cortesia de Nomad Studio

Projetado pelo escritório novaiorquino de arquitetura da paisagem Nomad Studio (fundado pela espanhola Laura Satín e o norte-americano William E. Roberts), Green Air é a segunda instalação de uma obra em dois atos no Museu de Arte Contemporânea de Saint Louis. Green Air é um jardim aéreo escultural feito em parte com resíduos da instalação anterior, Green Varnish, que cria um diálogo em termos de forma, materiais, tempo e espaço com ela.

Green Varnish. Imagem Cortesia de Nomad Studio Cortesia de Nomad Studio Cortesia de Nomad Studio Cortesia de Nomad Studio + 20

Cortesia de Nomad Studio
Cortesia de Nomad Studio

Concebida como uma escultura viva no pátio do Museu de Arte Contemporânea de Saint Louis, Estados Unidos, (um espaço externo delimitado pela Fundação Pulitzer e o próprio museu) Green Air é um jardim aéreo suspenso sobre um tapete de sombras variáveis.

Green Varnish. Imagem Cortesia de Nomad Studio
Green Varnish. Imagem Cortesia de Nomad Studio

A instalação é o segundo ato de uma exploração que teve início em 2015 com Green Varnish, um tapete verde monumental composto por milhares de plantas que simbolicamente cobria as realidades incômodas de nosso estilo de vida. Green Varnish foi cuidadosamente desconstruído no outono passado e seus componentes foram reutilizados para criar Green Air, gerando uma continuidade e um diálogo entre as duas obras e as pessoas que interagem com elas.

Cortesia de Nomad Studio
Cortesia de Nomad Studio
Cortesia de Nomad Studio
Cortesia de Nomad Studio

Neste segundo ato, o espaço foi modelado como o inverso de Green Varnish, em termos de forma e intenção. O que antes foi um elemento sólido preso ao solo, é agora um volume fluido suspenso a partir de um plano elevado. O que antes ocultava, agora expõe, nos convidando a uma reflexão urgente sobre o conflito entre a natureza dinâmica da paisagem e o caráter estático das infraestruturas de nosso estilo de vida.

Cortesia de Nomad Studio
Cortesia de Nomad Studio
Cortesia de Nomad Studio
Cortesia de Nomad Studio

Green Air é um espaço em si mesmo, uma composição delicada e sistemática de Tilandsias que pendem de milhares de peças de madeira reutilizada, suspensa sobre a marquise de aço do pátio. A escultura ondula como um supra-organismo sobre o público, revelando os padrões do vento e projetando um jogo de sombras lineares em seu entorno, provocando, assim, um poderoso impacto transformador no coração do museu.

Green Air

Ficha técnica.

Localização: Museu de Arte Contemporânea de Saint Louis (CAM).
Arquitetos paisagistas: Nomad Studio
Consultores: LIA Engineering.
Equipe de instalação: Jessi Cerutti & Caleb Hauck.
Equipe: Molly Brennan, David Burnett, Key Chen, Ryan Doyle, Zac Farmer, Joshua Gann, Matthew Hannon, Emily Keefauver, Eric Kobal, Marianne Laury, Chris Lucas, Eric Repice, Adrienne Sandusky, Bret Schneider, Margot Shafran, Laura Schatzman, Jonathan Watt, Jamie Wiechens, Bin Yang, Eileen Zhang.
Equipe de manutenção: St. Louis Master Gardeners.

Créditos: Todas as imagens são cortesia de Nomad Studio creditadas aos seus fotógrafos, incluindo o direito sobre seus nomes.

Cita: Uribe, Begoña. "Green Air, um jardim aéreo escultural" [Green Air, un jardín aéreo escultural] 30 Out 2016. ArchDaily Brasil. (Trad. Brant, Julia) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/797704/green-air-um-jardim-aereo-escultural> ISSN 0719-8906