O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Notícias
  3. Projeto do Mês: Cafetaria Yellow Submarine

Projeto do Mês: Cafetaria Yellow Submarine

Projeto do Mês: Cafetaria Yellow Submarine
Projeto do Mês
Projeto do Mês: Cafetaria Yellow Submarine, © Ketsiree Wongwan
© Ketsiree Wongwan

Uma das maneiras que a arquitetura tem para se integrar a um entorno natural é levando em conta a experiência sensorial própria do lugar. Isto pode ser ao brindar o valor das qualidades espaciais, as texturas e até mesmo gerando contrastes ao realçar e diferenciar o existente com o construído pelo homem.

Este mês destacamos o Secondfloor Architects, que nos convida a experimentar o entorno natural como algo que está sobre a arquitetura, não apenas assentado num lugar, mas que se relaciona com as árvores existentes e traz contrastes mediante a expressão do material escolhido para o projeto.

Sobre os tons de preto: É muito interessante o que você mencionou sobre o uso de uma cor que absorve a luz, mas ainda gera texturas. Qual atmosfera ou sensações surgiram após após adotar esses materiais especificamente em preto? Como você selecionou as diferentes texturas de acordo com a utilização dos espaços?

Utilizamos o preto para dois propósitos diferentes. (1.) A nossa intenção como designer para a atitude negativa que pessoas têm perante o preto, porque queríamos provar que o preto contém essa riqueza. Um dos exemplos são as escolas de arquitetura, o uso do preto é muitas vezes criticado, enquanto o branco é exaltado. (2.) Preto como uma presença emergente do entorno. O preto tende a absorver, mas a sua superfície permite a presença dos materiais que escolhemos. A superfície preta e desigual da parede agregada cria esse bonito efeito cintilante que é visualmente calmante. A escuridão e qualidade brilhante dos azulejos em torno da árvore expandem visualmente o espaço. E também há a escuridão dos tijolos que vão descolorindo ao longo do tempo.

© Ketsiree Wongwan
© Ketsiree Wongwan
© Ketsiree Wongwan
© Ketsiree Wongwan
© Ketsiree Wongwan
© Ketsiree Wongwan

O projeto tem características e elementos de design muito interessantes para ser apenas uma cafeteria. Quais decisões você fez para a planta, materiais e conceito? Acreditamos que o projeto final tem elementos muito complexos como resposta para um programa "comum".

Nós acreditamos que a arquitetura deve criar um ambiente que encarna este espaço específico em vez de se destacar pela sua presença física. Este projeto não seria tão significativo como é se ele apenas ficasse sobre este pedaço de terra. A proporção do espaço aberto visualmente acessível é de dois terços, mesmo que se sinta como se estivesse dentro de um edifício. A longa planta de 38 metros foi concebida para acentuar a diferença de inclinação do terreno. Enquanto isso, a largura de 6,5 metros cria a estreiteza que permite sentir a presença da paisagem circundante. Os materiais que decidimos usar são compostos por diferentes características da escuridão para o ambiente que íamos criar. A estrutura de aço foi usada para enfatizar a solidariedade dos outros materiais e ofereceu o mais curto período de construção em termos de estrutura.

Cortesia de Secondfloor Architects
Cortesia de Secondfloor Architects
Plan
Plan
© Ketsiree Wongwan
© Ketsiree Wongwan

Além de estar num contexto muito natural, o projeto parece se fechar sobre si mesmo e mantém o usuário concentrado na arquitetura e o que acontece nela, mas ao mesmo tempo cria uma ligação com a paisagem de uma forma vertical (os espaços vazios), ao invés do horizontal. Você pode nos dizer mais sobre isso como uma premissa do projeto?

Esta é uma pergunta muito boa. Obrigado por perceber isso. A resposta a esta pergunta é muito simples e eu gostaria de respondê-la com outra pergunta: "Quanto tempo se passou desde que você olhou para uma árvore que você estava embaixo?”. A beleza da floresta não é tão distante quanto você pensa. Como eu disse anteriormente, às vezes, o projeto te oferece a oportunidade de ver mais do que você jamais iria pensar.

Concept Image. Image Cortesia de Secondfloor Architects
Concept Image. Image Cortesia de Secondfloor Architects
Sketch
Sketch
Section
Section

Cafeteria Yellow Submarine / Secondfloor Architects

Ver a galeria completa

Sobre este autor
Fernanda Castro
Autor
Cita: Castro, Fernanda. "Projeto do Mês: Cafetaria Yellow Submarine" 09 Out 2016. ArchDaily Brasil. (Trad. Delaqua, Victor) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/796866/projeto-do-mes-cafetaria-yellow-submarine> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.