O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Notícias
  3. Pavilhão Vara, de Pezo von Ellrichshausen's na Bienal de Veneza, é um Labirinto de Formas Circulares

Pavilhão Vara, de Pezo von Ellrichshausen's na Bienal de Veneza, é um Labirinto de Formas Circulares

Pavilhão Vara, de Pezo von Ellrichshausen's na Bienal de Veneza, é um Labirinto de Formas Circulares

O Pavilhão Vara, de Pezo von Ellrichshausen para a Bienal de Veneza 2016, é descrito pelos arquitetos como "uma série de exteriores dentro de outros exteriores". Quebrando esse mistério, o que emerge é um complexo labiríntico de círculos - dez deles - formados com aço, cimento e gesso pintados, que coletivamente criam uma série de paredes, mas sem teto, formando assim um pavilhão que é aberto aos elementos de cima. O título do pavilhão, "Vara", que conta com 324 m², refere-se a uma unidade espanhola de medição, imprecisa e obsoleta, utilizada durante a conquista do país na América para rastrear e medir cidades. Cada um dos círculos do Pavilhão Vara é um diâmetro da unidade, variando de 2 a 11.

© Laurian Ghinitoiu © Laurian Ghinitoiu © Laurian Ghinitoiu © Laurian Ghinitoiu + 38

De acordo com os arquitetos, "a sequência resultante de espaços pode ser entendida tanto como um plano aberto tradicional - com vários acessos [mas] sem qualquer forma, hierarquia ou direção predominante - e também como um arranjo limitado de segmentos singulares." Os espaços internos variam de "concavidades estreitas e agudas" a "salas amplas, mas irregulares e convexas" e "de núcleos superexpostos a cantos escuros."

Planta Baixa
Planta Baixa

Pezo von Ellrichshausen, Estudo, óleo em tela, 120 x 120 cm (47.2 x 47.2 in.), 2016 Pezo von Ellrichshausen, Axonométrica, lápis em papel, 27.9 x 35.5 cm (11 x 14 in.), 2016 Pezo von Ellrichshausen, Estudo, tinta em papel, 22.9 x 30.5 cm (9 x 12 in.), 2016 Pezo von Ellrichshausen, Estudo, tinta em papel, 22.9 x 30.5 cm (9 x 12 in.), 2016 + 38

"Uma vez que acreditamos que arquitetura é uma forma de conhecimento, parece inevitável enfrentar um problema triangular (ou circular): que aquilo que conhecemos não é mais que um campo difuso de ideias disciplinares; que essas idéias estão se expandindo ao longo do tempo, e que nossa compreensão é limitada delas, e, portanto, do seu valor,e isso não pode ser totalmente transmitido aos diletantes ", explicam os arquitetos. "Uma resposta possível, supomos, encontra-se no potencial de meios básicos discretos para produzir um edifício bastante normal e familiar, um lugar único com capacidade ininteligível para se tornar algo mais do que aquilo que parece ser."

© Laurian Ghinitoiu
© Laurian Ghinitoiu

O Pavilhão Vara é parte da Bienal de Veneza 2016 e está em exibição no Giardini di Castello até 27 de novembro. O vídeo acima, filmado em 4K, faz parte de uma parceria entre o fotógrafo espanhol Jesús Granada e o ArchDaily. As imagens de Granada da Bienal podem ser obtidas em seu site, aqui.

© Laurian Ghinitoiu
© Laurian Ghinitoiu
© Laurian Ghinitoiu
© Laurian Ghinitoiu

Cliente: XV Bienal de Arquitetura de Veneza (Curador: Alejandro Aravena)
Arquitetos: Pezo von Ellrichshausen (Mauricio Pezo e Sofia von Ellrichshausen)
Colaboradores: Susan Conger-Austin, Diego Perez, Anton Zu Knyphausen, Iven Peh, Daniel Andersson, Teresa Correia, Sarah Biffa, Thomas Patrix
Produção: Solo Galerie, Paris (Christian Bourdais e Eva Albarran)
Apoio: Knauf Build Beyond, Fundação Chile Profundo, Fundação Cosmos e Governo Chileno (Conselho Nacional de Cultura e Artes)
Construção: Impresa Edile Fabris Danilo, Padova

© Laurian Ghinitoiu
© Laurian Ghinitoiu

Ver a galeria completa

Cita: Gintoff, Vladimir. "Pavilhão Vara, de Pezo von Ellrichshausen's na Bienal de Veneza, é um Labirinto de Formas Circulares" [Pezo von Ellrichshausen's Vara Pavilion at the Venice Biennale is a Maze of Circular Forms] 14 Jun 2016. ArchDaily Brasil. (Trad. Souza, Eduardo) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/789457/pezo-von-ellrichshausens-vara-pavilion-at-the-venice-biennale-is-a-maze-of-circular-forms> ISSN 0719-8906