Edifício Transoceánica / +arquitectos

Edifício Transoceánica / +arquitectos

© Erieta Attali© Erieta Attali© Erieta Attali© Erieta Attali+ 49

  • Arquitetos: +arquitectos
  • Área Área deste projeto de arquitetura Área:  17000
  • Ano Ano de conclusão deste projeto de arquitetura Ano:  2010
  • Fotógrafo Fotografias:  Erieta Attali, Guy Wenborne
  • Fabricantes Marcas com produtos usados neste projeto de arquitetura
    Fabricantes: AGC, Hunter Douglas, Knauf, Arauco, Brimat, CHC, Chilcorrofin, Clina, Codelpa, Gerdau Corsa, Gretsch Unitas, Gretsch­-Unitas, Indenor, Nuprotec, PERI, Protac, Quattro, Romeral, Sherwin-Williams, Tecpro, +1
  • Cliente:Empresas Transoceánica
  • Cálculo:Gatica & Jiménez ing.
  • Elétrico:Ipel
  • Sanitário:Pridaa – Pedro Coromina
  • Climatização:Bohne Ing. – Enertec (Fco. Avendaño)
  • Iluminação:Douglas Leonard
  • Paisagismo:Juan Grimm
  • Segurança E Comunicação:CLK
  • Empresa Construtora:SIGRO
  • Certificação Leed:Idiem
  • Inspeção Técnica:BAU
  • Superfície Terreno:20.000 m²
  • Arquitetos Responsáveis:Alex Brahm, David Bonomi, Marcelo Leturia, Maite Bartolomé, Felipe de la Jara, Diego Parra, Sebastián Infanta, Manuel Brahm, Mauricio Sanchez, Manuel Pulgar, Javiera Rolando, Ignacio Abé
  • Cidade:Santiago
  • País:Chile
Mais informaçõesMenos informações
Cortesía de +arquitectos
Cortesía de +arquitectos

Descrição enviada pela equipe de projeto. O edifício, projetado como sede matriz de empresas do grupo Transoceánica, responde em seu desenho à implementação de um sistema de eficiência energética orientado a reduzir a demanda, melhorar a qualidade dos espaços de trabalho e adotar uma postura respeitosa com o meio ambiente.

Implantação + Planta Térreo
Implantação + Planta Térreo

Planta CoberturaFachada NorteDetalheCorte Longitudinal+ 49

Comissão e Projeto

O projeto enfrentou três condicionantes próprias da proposta. Em primeiro lugar, o edifício faz parte de um plano diretor realizado na Alemanha pelo escritório de planejamento Krause Bohne Gmbh, que definiu a ocupação do terreno e o uso das formas curvas nas plantas, incorporando um desenvolvimento futuro de outros edifícios de escritórios. Em segundo lugar, o conceito energético com ênfase no projeto climático foi desenvolvido pelo escritório alemão Bohne Ingenieure, com a qual realizamos um trabalho conjunto para definir conceitos de desenho aos quais o projeto deveria responder arquitetonicamente para alcançar as metas de sustentabilidade exigidas. Por último, o terreno está frente ao aeródromo de Lo Castillo, e por isso conta com uma legislação exigente, forçando o desenvolvimento de um projeto em extensão em um terreno de proporções generosas.

© Guy Wenborne
© Guy Wenborne

Com base nestes parâmetros, surge um edifício de três pavimentos com escritórios e dois pavimentos subterrâneos, composto de um corpo principal conformado por um grande hall com amplo pé direito que distribui duas alas de plantas livres para escritórios. Além disto, um volume independente na parte norte é reservado para o Auditório e Cassino, integrando-o ao edifício e ao terreno através de uma marquise externa.

© Guy Wenborne
© Guy Wenborne

Cortesía de +arquitectosCortesía de +arquitectosCortesía de +arquitectosCortesía de Transoceánica+ 49

A forma planejada busca otimizar a orientação solar, privilegiando a luz natural, garantindo vistas ao exterior a todos os ambientes e desenvolvendo um cuidadoso tratamento de fachadas para evitar ganhos ou perdas térmicas indesejadas.

Características Técnicas

Na etapa de projeto realizamos o modelamento do sistema de eficiência energética, segundo o qual se definiram os seguintes capítulos:

  • Sistemas Passivos
  • Sistemas Ativos
  • Energias Renováveis

Sistema de Controle Térmico
Sistema de Controle Térmico

Foram analisados elementos de desenho como implantação, orientação, sistemas de controle solar, uso de luz natural, materiais renováveis, espécies vegetais, isolamento para reduzir demanda de energia antes de elaborar o desenho dos sistemas técnicos. Isso é altamente eficaz e não implica custos adicionais relevantes para o projeto, fortalecendo o baixo consumo elétrico e o bem estar das pessoas. 

© Guy Wenborne
© Guy Wenborne

Como energia renovável, foi incorporada Geotermia através da extração de água de um profundo poço de 75 m com temperatura constante de 12°, do qual se usa para resfriar o ar através de trocas de calor.

Durante o processo, cogitamos o desenvolvimento do projeto com o sistema de avaliação LEED, encontrando grande concordância entre o que já estava desenvolvido e as iniciativas que promove o sistema de qualificação, aspirando a categoria ouro para assim mostrar uma referência conhecida de boas práticas energéticas e ambientais.

© Erieta Attali
© Erieta Attali

Galeria do Projeto

Ver tudoMostrar menos

Localização do Projeto

Endereço:Parque Santa María de Manquehue, Vitacura, Região Metropolitana de Santiago, Chile

Clique para abrir o mapa
Localização aproximada, pode indicar cidade/país e não necessariamente o endereço exato.
Sobre este escritório
Cita: "Edifício Transoceánica / +arquitectos" [Edificio Transoceánica / +arquitectos] 08 Jun 2016. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/789090/edificio-transoceanica-plus-arquitectos> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.