O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Notícias
  3. Público e privado, masculino e feminino / Gabriela Cascelli

Público e privado, masculino e feminino / Gabriela Cascelli

Público e privado, masculino e feminino / Gabriela Cascelli
 Público e privado, masculino e feminino / Gabriela Cascelli, Wood & Paint. Image © www.strook.eu
Wood & Paint. Image © www.strook.eu

Arquiteta e urbanista formada pela UnB, Gabriela Cascelli é uma das fundadoras do coletivo Arquitetas Invisíveis. Num esforço de iniciar uma discussão sobre arquitetura, urbanismo e gênero, ela escreveu este texto no qual pretende debater questões de contrastes entre o "público e privado" e o "masculino e feminino", presentes na construção social e urbana.

Leia o texto, a seguir.

" (...) Com a modernidade, houve uma construção social dos gêneros que excluiu a mulher da vida pública e do trabalho produtivo e representativo, delegando a ela tarefas relacionadas ao espaço privado e alheia ao mundo público. A mulher não desfruta plenamente de sua reclusão e privacidade, pois para isso é necessário fazer parte da vida pública.

Foi-se construindo o privado como direito à propriedade, à privacidade e à intimidade, enquanto o público deveria servir como garantia de igualdade de oportunidades, de oferta de serviços e de bem-estar. De acordo com Hannah Arendt, há uma esfera que permeia tanto o público quanto o privado, que é a esfera social. Se a esfera pública se refere ao comum, àquilo que se expressa e que se propagandeia em um amplo mundo compartilhado, é na esfera social que se “comunica” o privado. Por outro lado, a esfera privada está relacionada à intimidade e à propriedade, e sua concepção parte da consciência de “estar privado de coisas essenciais de uma verdadeira vida humana. Estar privado da realidade que provém de ser visto e ouvido pelos outros”. Por isso, carecer de um lugar próprio, privado, significa deixar de ser humano.

A habitação, um dos direitos universais, é definida por Zaida Muxí como “poder desenvolver as diversas esferas da vida em igualdade de oportunidades, com intensidade e integridade.”. Assim, as mulheres vêm sendo privadas de seu direito à habitação, bem como do seu direito à cidade. Essa exclusão, ironicamente, tem aparatos legais para ser superada, como a Constituição de 1988 e o Estatuto da Cidade.

Estando a mulher, portanto, privada da vida pública, os movimentos feministas foram responsáveis pela constante busca de seus direitos. É recente a conquista de direitos básicos, como a participação da vida política, acesso aos estudos e ao mercado de trabalho. E mesmo assim, ainda há um lento avanço que busca eliminar o papel socialmente construído para a mulher, que lhe impõe salários mais baixos para realizar as mesmas funções, jornadas duplas e triplas, recorrentes abusos morais e sexuais, pouca representação política nas instâncias de poder (tanto na arquitetura quanto nos cargos de Governo) e dificuldade de acesso à cidade. (...)"

Leia o texto completo aqui.

Sobre este autor
Gabriela Cascelli
Autor
Cita: Gabriela Cascelli. " Público e privado, masculino e feminino / Gabriela Cascelli" 08 Mar 2016. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/783342/publico-e-privado-masculino-e-feminino-gabriela-cascelli> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.