O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Notícias
  3. Cinema e Arquitetura: "Obra"

Cinema e Arquitetura: "Obra"

Cinema e Arquitetura: "Obra"
Cinema e Arquitetura: "Obra", Obra, de Gregório Graziosi - Irandhir Santos e Julio Andrade. Imagem: Divulgação
Obra, de Gregório Graziosi - Irandhir Santos e Julio Andrade. Imagem: Divulgação

“Obra”, longa-metragem de estreia do cineasta paulistano Gregório Graziosi, entra em cartaz no dia 13 de agosto, em 11 cidades brasileiras.  Filmado em preto e branco, em formato scope, o filme conquistou o prêmio de fotografia e foi eleito o melhor filme latino-americano pela FIPRESCI no Festival do Rio.  

Protagonizado por Irandhir Santos e Julio Andrade, “Obra” conta a história do jovem arquiteto João Carlos de Almeida Neto (Irandhir Santos) que, às vésperas do nascimento do primeiro filho, descobre um cemitério clandestino na obra que executa em um terreno que pertenceu a seus ancestrais. Provocado por seu mestre de obras (Júlio Andrade) é obrigado a enfrentar difíceis dilemas a respeito do passado de sua família. Questionando suas origens, ele começa a reavaliar sua profissão, a cidade e sua relação com a esposa (Lola Peploe).

“Obra” tem como cenário o centro da cidade de São Paulo e locações como o Copan, Edifício Eiffel, Conjunto Nacional, Igreja da Consolação, Complexo Desportivo Baby Barioni, Casa Baeta e Estação Pinacoteca. 

Obra, de Gregório Graziosi. Imagem: Divulgação
Obra, de Gregório Graziosi. Imagem: Divulgação

“Eu construí esse filme, sobre um arquiteto que se relaciona com diferentes camadas da memória da cidade, que voltam para a superfície e afetam o presente dele e dos outros personagens. A cidade está presente em quase todos os planos. Esse filme, de alguma maneira, pode ser visto como um passeio arquitetônico pela cidade. Nosso protagonista se sente oprimido pela estrutura urbana, e parece que o concreto e os prédios vão se fechando cada vez mais sobre ele”, diz o diretor.

O ator Irandhir Santos afirma:"Eu acho que o que me motivou foi a história e principalmente o olhar especial que o Gregório tem para os lugares. Ele consegue contar a história de maneira muito humana, quase sem mostrar as pessoas. Ele vai aos lugares para chegar à pessoa, isso me cativou de cara."

O elenco da trama conta ainda com o compositor e ator Marku Ribas, em seu último trabalho (1947-2013), Luciana Inês Domschke, Sabrina Greve, Turíbio Ruiz, Christiana Ubach, Marisol Ribeiro, Helena Albergaria, Vinicius Zinn, Fernando Coimbra, Donizete Mazonas, Ligia Franchini e Ravel Andrade. A direção de fotografia é de André Brandão. Mario Saladini e Vera Oliveira assinam a direção de arte e Cris Candido, os figurinos. 

Obra, de Gregório Graziosi - Irandhir Santos e Lola Peploe. Imagem: Divulgação
Obra, de Gregório Graziosi - Irandhir Santos e Lola Peploe. Imagem: Divulgação

FESTIVAIS E PRÊMIOS 

“Obra” teve sua estreia mundial em setembro de 2014, no Festival Internacional de Filmes de Toronto (TIFF). Único longa brasileiro selecionado para a edição do evento canadense, foi apresentado na Mostra Discovery, dedicada a novos talentos do cinema mundial.  No Brasil, o filme foi exibido no Festival do Rio (2014), dentro da mostra competitiva Première Brasil, onde conquistou o prêmio de “Melhor fotografia” e o Prêmio FIPRESCI (Federação Internacional de Críticos de Cinema) de “Melhor filme latino-americano”. O longa também foi exibido no Festival Internacional de Cinema de Roma (2014) e na Mostra Internacional de Cinema de São Paulo. Recebeu o Prêmio Coral de Contribuição Artística no Festival de Havana (2014). Em julho, o filme será exibido no Festival de Munique (Alemanha) e IndieBo (Colômbia). 

PATROCÍNIOS E DISTRIBUIÇÃO 

“Obra”, produzido pela SuperFilmes, foi contemplado no concurso de copatrocínio para a produção de filme de longa metragem de baixo orçamento da Secretaria Municipal de Cultura de São Paulo.O longa chega aos cinemas no Brasil com a distribuição da Vitrine Filmes e o apoio da SPCine,  nova empresa ligada à cidade de São Paulo com foco na promoção do cinema paulista. 

Sobre o diretor 

Nascido na cidade de São Paulo,Gregório Graziosi, 31 anos, formado em Cinema e Artes Plásticas. Seus curtas-metragens Saba (2007), Saltos (2008), e Monumento (2012), foram exibidos em importantes festivais de cinema como Cannes Cinefondation, Locarno, Mar Del Plata, Clermont Ferrand, IDFA e Cinema Du Reel. Obra é seu primeiro longa metragem. Atualmente desenvolve seu segundo longa TINNITUS, também com produção de Zita Carvalhosa pela Superfilmes. 

FICHA TÉCNICA – OBRA

Brasil/ 2014 / 80min / PB / Scope / Classificação indicativa: 12 anos 

SINOPSE (OFICIAL)

Na populosa cidade de São Paulo, um jovem arquiteto envolvido na construção de seu primeiro grande projeto, testemunha a descoberta de um cemitério clandestino no terreno que pertence a seus ancestrais. Questionando seu passado e origens, ele entra em conflito com sua consciência, herança familiar e com a memória da cidade que retorna à superfície.

O filme terá sua estreia nacional no dia 13 de agosto.

Sobre este autor
Victor Delaqua
Autor
Cita: Victor Delaqua. "Cinema e Arquitetura: "Obra"" 24 Jul 2015. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/770789/cinema-e-arquitetura-obra> ISSN 0719-8906