O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Projetos
  3. Casas
  4. Brasil
  5. Maria Cristina Motta
  6. 2015
  7. Casa Mororó / Studio MK27 - Marcio Kogan + Maria Cristina Motta

Casa Mororó / Studio MK27 - Marcio Kogan + Maria Cristina Motta

Casa Mororó / Studio MK27 - Marcio Kogan + Maria Cristina Motta
Casa Mororó / Studio MK27 - Marcio Kogan + Maria Cristina Motta, © Fernando Guerra | FG+SG
© Fernando Guerra | FG+SG

© Fernando Guerra | FG+SG © Fernando Guerra | FG+SG © Fernando Guerra | FG+SG © Fernando Guerra | FG+SG + 42

  • Arquitetos

  • Localização

    Campos do Jordão, Brasil
  • Autor

    Marcio Kogan
  • Co-Autora

    Maria Cristina Motta
  • Equipe

    Carlos Costa, Carolina Castroviejo, Elisa Friedmann, Laura Guedes, Mariana Simas, Mauro Augusto, Oswaldo Pessano, Pedro Ribeiro, Rafael Costa
  • Interiores

    Diana Radomysler
  • Área

    730.0 m2
  • Ano do projeto

    2015
  • Fotografias

  • Engenharia Estrutural

    Leão Engenharia
  • Construtora

    Alle Engenharia
  • Paisagismo

    Consuelo Grossi Pereira
  • Consultoria de Conforto Térmico

    Leonardo Monteiro
  • Consultoria de Acústica

    Harmonia Acústica
  • Mestre de Obras

    Antonio Ribeiro dos Reis
  • Mais informações Menos informações
© Fernando Guerra | FG+SG
© Fernando Guerra | FG+SG

Descrição enviada pela equipe de projeto. A Casa Mororó fica em uma região montanhosa, a 180 km da cidade de São Paulo, conhecida por suas baixas temperaturas. A arquitetura buscou criar espaços internos generosos para os dias frios, como, por exemplo, a aconchegante sala de estar e um balneário coberto com uma piscina, de onde se aprecia a vista protegido por uma pele de vidro.

© Fernando Guerra | FG+SG
© Fernando Guerra | FG+SG

Externamente, um mesmo volume contínuo cria uma dualidade entre o bloco opaco – onde ficam a sala, quartos e serviços – e o prolongamento transparente da piscina aquecida e sauna. A volumetria da casa foi dada pela extrusão de sessenta e cinco metros de uma casa-ícone, com telhados em água. Além disso, um deck de madeira externo conecta os espaços e cria um solário para uso durante o verão. 

© Fernando Guerra | FG+SG
© Fernando Guerra | FG+SG

Na parte opaca do volume, com cinquenta metros de comprimento, as aberturas foram minimizadas e usadas como portas de correr, para intensificar a integração entre dentro e fora. Essa relação entre cheios e vazios na fachada permitiu obter um excelente desempenho térmico, com alto grau de conservação energética. O trecho transparente tem quatorze metros de comprimento. A ventilação interna desse ambiente foi espacialmente projetada para evitar condensação do vapor da piscina aquecida no vidro, o que prejudicaria a relação com a vista.

© Fernando Guerra | FG+SG
© Fernando Guerra | FG+SG

A casa não foi implantada no topo do acidentado terreno, como queriam inicialmente os clientes, mas em sua parte mais baixa – no meio de um belo bosque de pinheiros. Essa solução permitiu envolver a construção com a natureza do entorno, criando uma relação intimista com o sítio.

© Fernando Guerra | FG+SG
© Fernando Guerra | FG+SG

A premissa inicial do projeto era fazer uma construção rápida e barata. Assim, a arquitetura se valeu de soluções industrializadas como a estrutura metálica e as paredes de steelframe. O sítio, apesar dos altos índices pluviométricos, se manteve sempre limpo. Ao contrário da cultura construtiva brasileira, poucos elementos foram feitos inteiramente in loco, mas montados no canteiro de obra. O tempo total da obra foi inferior ao padrão, mesmo em uma região de difícil acesso.

© Fernando Guerra | FG+SG
© Fernando Guerra | FG+SG

O uso de materiais internos, como madeira, fez da casa um lugar acolhedor, como são   os tradicionais chalés das montanhas. Seguindo o desejo dos futuros moradores, a cozinha pôde ser integrada aos espaços por meio de portas pivotantes de madeira – que se abrem inteiramente. Assim, não só foi possível desenhar espaços amplos e contínuos no interior, como também lugares centrais da vida cotidiana que organizaram a planta da casa.

© Fernando Guerra | FG+SG
© Fernando Guerra | FG+SG

Ver a galeria completa

Sobre este escritório
Maria Cristina Motta
Escritório
Studio MK27 - Marcio Kogan
Escritório
Cita: "Casa Mororó / Studio MK27 - Marcio Kogan + Maria Cristina Motta" [Mororó House / Studio MK27 - Marcio Kogan + Maria Cristina Motta] 11 Mar 2015. ArchDaily Brasil. (Trad. Delaqua, Victor) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/763601/casa-mororo-studio-mk27> ISSN 0719-8906