O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Projetos
  3. Governamental
  4. Brasil
  5. Severiano Porto
  6. 1971
  7. Clássicos da Arquitetura: Sede da SUFRAMA / Severiano Porto

Clássicos da Arquitetura: Sede da SUFRAMA / Severiano Porto

Clássicos da Arquitetura: Sede da SUFRAMA / Severiano Porto
Clássicos da Arquitetura: Sede da SUFRAMA / Severiano Porto, Cortesia de Arquivo Severiano Porto
Cortesia de Arquivo Severiano Porto

Cortesia de Banco de Imagens da SUFRAMA. Image © Fernando Folhadela © Juliana Rosa © Ivo Brasil Cortesia de Banco de Imagens da SUFRAMA. Image © Juliana Dantas Pazuello + 20

Por Letícia de Oliveira Neves
O edifício é composto por dois blocos, um principal e um anexo, que possuem cota única de implantação. A ligação entre os diversos ambientes fechados se dá por pátio e corredores cobertos, tudo organizado embaixo de uma cobertura única, em concreto, que é dividida em módulos e dá suporte estrutural ao conjunto. Dentro do edifício principal há um jardim interno, que ocupa o espaço de dois módulos.

Implantação
Implantação

O sistema construtivo escolhido para o conjunto foram módulos estruturais de quinze por quinze metros, independentes entre si, em concreto aparente. Assim, pôde-se projetar grandes vazios, que poderiam ser ocupados de acordo com o layout necessário, quando o programa fosse sendo definido com maiores detalhes.

Via Facebook / Fan page Severiano Mário Porto. Image
Via Facebook / Fan page Severiano Mário Porto. Image

A cobertura é um domo, feito de concreto e coberto com fiber glass na abertura, apoiado nos pilares. Com isso, o aumento da área construída poderia ser feito pelo acréscimo de novos módulos conforme a necessidade.
As salas administrativas e demais ambientes fechados são independentes da cobertura do edifício. Para sua construção, foi utilizada uma estrutura em concreto, com laje também em concreto e vedações em alvenaria e estrutura metálica leve.

Corte
Corte

Para proteção da insolação direta, a solução foi fazer uma área coberta contínua de grandes proporções. Com uma cobertura plana, não haveria uma boa exaustão do ar aquecido devido à reduzida distância vertical. A coifa pôde ampliar essa distância vertical e proporcionar a eliminação do ar mais quente pela cobertura. O sistema de cobertura em forma de coifa possui a parte superior translúcida –um domo em fiber glass de um metro e trinta centímetros por um metro e quarenta centímetros–, que além de proporcionar uma leve iluminação interna funciona como abertura de saída do ar para ventilação.

Via brasilartesenciclopedias.com.br. Image
Via brasilartesenciclopedias.com.br. Image

O pé-direito varia de três metros e oitenta e cinco centímetros a oito metros e setenta centímetros, entre o edifício e o final da coifa. A entrada principal possui um módulo de cobertura sem vedações laterais, o que funciona como área de embarque e desembarque, seguindo por um desnível e uma vedação composta por uma estrutura metálica de dois metros e meio de altura e três portas de vidro, que separam o ambiente interno do externo.

Cortesia de Banco de Imagens da SUFRAMA. Image © Juliana Dantas Pazuello
Cortesia de Banco de Imagens da SUFRAMA. Image © Juliana Dantas Pazuello

Referência
Letícia de Oliveira Neves, Arquitetura bioclimática e a obra de Severiano Porto: estratégias de ventilação natural. Dissertação (Mestrado), Escola de Engenharia de São Carlos, Universidade de São Paulo, São Carlos, 2006.

Convidamos nossos leitores para um passeio virtual pela Sede da SUFRAMA.

Ver a galeria completa

Localização aproximada, pode indicar cidade/país e não necessariamente o endereço exato.
Sobre este escritório
Severiano Porto
Escritório
Cita: Audrey Migliani. "Clássicos da Arquitetura: Sede da SUFRAMA / Severiano Porto" 18 Fev 2015. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/762300/classicos-da-arquitetura-sede-da-suframa-severiano-porto> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.