O site de arquitetura mais visitado do mundo
Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
  1. ArchDaily
  2. Notícias de Arquitetura
  3. Fantasias de carnaval para arquitetos

Fantasias de carnaval para arquitetos

Fantasias de carnaval para arquitetos
Fantasias de carnaval para arquitetos, Arquitetos fantasiados de edifícios no Baile Beaux Arts em Nova Iorque, 1931. Fonte da imagem: sprks.com
Arquitetos fantasiados de edifícios no Baile Beaux Arts em Nova Iorque, 1931. Fonte da imagem: sprks.com

Talvez a maior festa brasileira, o carnaval é celebrado com muita intensidade em toda a América Latina através de marchinhas, blocos de rua, carros alegóricos, desfiles e, é claro, fantasias.

Seja simples e discreta ou sofisticada e extravagante, a fantasia é um dispositivo que permite àquele que a veste – e também àquele que a vê – imaginar o que não existe. Ela é, de certo modo, a materialização de nossos sonhos. No carnaval e em outras festividades, o significado da fantasia se expande, através dela as pessoas se divertem tornando-se o que não são, o que gostariam de ser.

Produzir a fantasia perfeita, aquela que exprime nossa imaginação e desejos, pode demandar intenso trabalho. Os famosos desfiles de carnaval do Rio de Janeiro, Salvador e São Paulo comprovam isso. A construção dessas arquiteturas do sonho demandam meses de preparação, à espera do momento catártico em que seu significado se faz.

Arquiteturas imaginárias, as fantasias podem ser feitas por qualquer um. Mas e quando são feitas por arquitetos? Mostramos a seguir algumas fantasias que podem servir de inspiração para o carnaval dos arquitetos, da Bauhaus ao Beaux Arts, veja algumas das opções mais divertidas e absurdas para o carnaval deste ano.

Balé da Bauhaus, 1922. Fonte da imagem: Deconcrete
Balé da Bauhaus, 1922. Fonte da imagem: Deconcrete
Balé da Bauhaus, 1922. Fonte da imagem: Deconcrete
Balé da Bauhaus, 1922. Fonte da imagem: Deconcrete
Balé da Bauhaus, 1922. Fonte da imagem: Deconcrete
Balé da Bauhaus, 1922. Fonte da imagem: Deconcrete
Balé da Bauhaus, 1922. Fonte da imagem: Deconcrete
Balé da Bauhaus, 1922. Fonte da imagem: Deconcrete

E para aqueles com predileções mais discretas ou um orçamento apertado, roupa preta, óculos de armação circular e um cachimbo são uma boa opção.

Le Corbusier em 1938. © Hudson/Topical Press Agency/Getty Images
Le Corbusier em 1938. © Hudson/Topical Press Agency/Getty Images
Philip Johnson. Fonte da imagem: creativemindsandfashion
Philip Johnson. Fonte da imagem: creativemindsandfashion
Sobre este autor
Cita: Romullo Baratto. "Fantasias de carnaval para arquitetos" 12 Fev 2015. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/762092/fantasias-de-carnaval-para-arquitetos> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.