O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Notícias
  3. Uma joia da Renascença precisando de restauro

Uma joia da Renascença precisando de restauro

Uma joia da Renascença precisando de restauro

A Capela Pazzi é um marco da arquitetura na cidade que foi um dia o berço da Renascença Italiana: Florença. Localizada próximo à Santa Croce, a maior igreja franciscana do mundo, a capela foi projetada por Filippo Brunelleschi - o ourives que se tornou arquiteto e construiu o domo da famosa Santa Maria del FioreEssa capela é um "excelente exemplo da decoração arquitetônica do século XV, feita de pietra serena, maiolica e terracota."

Seus 550 anos de existência estão cobrando a fatura. As preocupações com o estado do alpendre da capela são tamanhas que a instituição sem fins lucrativos a cargo da administração da igreja - Opera di Santa Croce - angariou 50% dos fundos necessários para o restauro da capela - com início previsto para 2015. A instituição está também buscando a outra metade do dinheiro necessário através de uma campanha de financiamento coletivo (US$ 95 mil) e, ao iniciar essa campanha, convida pessoas de todo o mundo a fazerem parte dos 720 longos anos de história da Santa Croce.

A Capela Pazzi, Santa Croce (Florença)
A Capela Pazzi, Santa Croce (Florença)

Pietra serena, o arenito cinzento com o qual a capela foi construída é, por sua natureza, vulnerável ao tempo e à erosão. Isso acarretou em "danos extensivos" no alpendre aberto. Segundo o Opera, "todos os esforços foram realizados no passado para preservar o alpendre." Recentemente, houve duas intervenções para garantir a segurança na área: os restauradores removeram os elementos decorativos que corriam o risco de se desprender, numerando-os e diagramando-os cuidadosamente antes de armazená-los. Antes disso, a capela e o alpendre foram alvos de um grande restauro realizado no final do século XIX.

A instituição acredita que chegou o momento de um restauro completo que envolverá uma limpeza minuciosa (os restauradores usam cotonetes e água purificada para isso, limpando centímetro por centímetro), a reintegração das partes removidas e a proteção final. Segundo os responsáveis, "essa intervenção será completa mas conservadora - o edifício não parecerá novo nem fora de lugar. Mas o alpendre será preservado para as gerações futuras numa condição que nos permitirá não apenas admirar sua beleza, mas continuar a estudar e compreender a arquitetura e sociedade da Renascença."

Domo interno de Brunelleschi. Imagem © James Taylor-Foster
Domo interno de Brunelleschi. Imagem © James Taylor-Foster

Sobre a Capela Pazzi

"O pátio, localizado à direita da fachada da Santa Croce, oferece acesso aos espaços comunais outrora usados por frades que fazem hoje parte do Museu da Santa Croce. Essa área data de depois de 1423, quando um incêndio destruiu a estrutura anterior. Em 1429, Andrea de’ Pazzi comissionou Filippo Brunelleschi para construir essa capela que seria usada como sala capitular, um espaço de encontro dos frades. Brunelleschi faleceu em 1446 e não se sabe exatamente como a capela foi concluída naquela ápoca. Diversos artistas são citados como tendo contribuído com a conclusão da obra, incluindo Michelozzo, Rossellino, Giuliano da Maiano e Antonio Manetti Ciaccheri."

"O alpendre é a estrutura de arcos aberta em três lados localizada em frente à capela. A estrutura apresenta seis colunas que criam uma grande abertura central e duas aberturas laterais, refletindo a planta interna. As colunas apresentam afrescos de querubins. Acima, a fachada é dividida em formas geométricas interpretadas como cruzes, uma referência à Igreja de Santa Croce. Sob o alpendre há abóbadas ricamente decoradas. Duas abóbadas de berço são cobertas por rosetas de pietra serena esculpidas em alto relevo e a superfície interna do domo central apresenta uma explosão floral esculpida em maiolica atribuída a Luca della Robbia, com o brasão de Pazzi ao centro."

Uma joia da Renascença precisando de restauro, O domo do alpendre (a ser restaurado). Imagem © Ricardo André Frantz
O domo do alpendre (a ser restaurado). Imagem © Ricardo André Frantz

"Essas decorações são os elementos mais notáveis do restauro; sua idade e material requerem a intervenção de especialistas que possam cuidadosamente limpá-las e conservá-las. Além de ser um excelente exemplo de ornamento arquitetônico do século XV, a autoria do alpendre é ainda tema de debates entre os historiadores da arte, e a decoração é o principal ponto desse mistério, o que torna sua preservação ainda mais importante."

Contribua com a campanha da Capela Pazzi no Kickstarter.

How Did Filippo Brunelleschi Construct the World's Largest Masonry Dome?

Sobre este autor
James Taylor-Foster
Autor
Cita: Taylor-Foster, James. "Uma joia da Renascença precisando de restauro" [A Renaissance Gem In Need Of Restoration] 05 Dez 2014. ArchDaily Brasil. (Trad. Baratto, Romullo) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/758430/uma-joia-da-renascenca-precisando-de-restauro> ISSN 0719-8906