O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Concursos
  3. Vencedor do Prêmio Rogelio Salmona: Edifício Projeto Viver / FGMF

Vencedor do Prêmio Rogelio Salmona: Edifício Projeto Viver / FGMF

Vencedor do Prêmio Rogelio Salmona: Edifício Projeto Viver / FGMF
Vencedor do Prêmio Rogelio Salmona: Edifício Projeto Viver / FGMF, Courtesy of Fundação Rogelio Salmona
Courtesy of Fundação Rogelio Salmona

Publicamos ontem os resultados do Prêmio Rogelio Salmona, que selecionou como vencedor o projeto Edifício Projeto Viver do escritório paulistano FGMF. Entre os projetos que concorriam estavam representantes de todas as regiões da América Latina e Caribe e além do escritório brasileiro ter levado o prêmio, menções honrosas foram concedidas a Mathias Klotz e Ricardo Abuauad; Ndurraga Deves Arquitectos; e Andrés Mignucci Arquitectos.

Veja a seguir o projeto completo do escritório FGMF.

primeiro lugar

Competição : Prêmio Rogelio Salmona
Premio : Primeiro Lugar
Projeto : Edifício Projeto Viver
Autores : FGMF Arquitetos, Fernando Forte, Lourenço Gimenes e Rodrigo Marcondes Ferraz, Cacília Reichstul, Associação Viver em Família pra um Futuro Melhor, Inova TS Engenharia, São Paulo-SP, Brasil, 2005

Maneira como a obra se integra ao contexto urbano da população ou cidade onde está construída

Courtesy of Fundação Rogelio Salmona
Courtesy of Fundação Rogelio Salmona

A premissa fundamental do projeto foi criar espaço livre para a população da comunidade local. Essa diretriz foi originada da análise de dois elementos fundamentais do contexto pré-existente: primeiro, o fato do tecido da favela não contar com espaços coletivos de qualidade. Trata-se de uma malha densamente ocupada, onde os poucos espaços livres são estreitas vielas onde coexistem automóveis, esgoto a céu aberto e muita gente. Segundo, um terreno livre, de 1500m² que era utilizado pelos moradores como um dos principais acessos da favela, utilizado para eventos da comunidade e também como depósito de lixo de estacionamento de automóveis. A ideia principal, portanto, foi tornar esse terreno num grande espaço coletivo. Para tanto, organizamos o projeto em 4 “praças”: uma praça esportiva (a quadra de esportes), uma praça coberta (sob as salas de aula), uma praça plana (no centro, articulando os demais espaços), uma praça em patamares (no acesso, aproveitando a topografia acidentada) e uma praça elevada (na cobertura dos prédios).

Articulação entre a arquitetura da obra e os espaços abertos e coletivos criados

Courtesy of Fundação Rogelio Salmona
Courtesy of Fundação Rogelio Salmona

A articulação entre a obra e os Espaços abertos e coletivos gerados: A “obra”, para nós, é o conjunto de espaços abertos. Para configurá-los, e também dar conta do programa funcional, os blocos dispõem-se em composição ortogonal. O bloco menor, elevado, configura a praça coberta e protege a praça de esportes. Já o bloco maior cria uma relação mais direta entre os espaços externos e internos: é por ele que se dá o acesso principal aos edifícios. Além disso, as oficinas no pavimento térreo têm grandes portas que se abrem, integrando a praça ao interior do edifício nos dias de evento. No pavimento superior deste edifício maior, há uma pequena loja que se abre diretamente à rua, para vender os produtos fabricados na cozinha-didática.

Courtesy of Fundação Rogelio Salmona
Courtesy of Fundação Rogelio Salmona

Adicionalmente, é importante observar que parte do terreno foi reservada para a criação de uma rua, de maneira a consolidar o uso pré-existente do terreno como acesso à comunidade. 

Courtesy of Fundação Rogelio Salmona
Courtesy of Fundação Rogelio Salmona

Maneira como a obra criou, de forma evidente, espaços significativos, abertos e coletivos, contribuindo deste modo à apropriação do espaço e melhoramento da convivência na comunidade

Courtesy of Fundação Rogelio Salmona
Courtesy of Fundação Rogelio Salmona

A maneira como a obra tem gerado de forma evidente, espaços significativos abertos e coletivos, contribuindo desta forma, à apropriação do espaço e às melhorias da convivência na comunidade: É evidente a apropriação do espaço pela comunidade, mesmo que tenha sido realizado posteriormente um fechamento periférico com gradis removíveis. Os portões estão sempre abertos, permitindo que as pessoas entrem e usem o espaço mesmo que não tenham um vínculo específico com alguma atividade em curso. Para que esse uso seja real, contribuem as ações coordenadas pela Associação Viver em Família, como aulas de reforço, treinamentos profissionalizantes, campanhas de atendimentos médico, odontológico, jurídico, psicológico etc. Mas, sobretudo, contribui o espaço generosamente desenhado para ser parte fundamental de uma nova paisagem e de um novo cotidiano desses moradores. A disponibilidade e espaço coletivo qualificado promove a noção de que trata-se um bem de todos os moradores, que vêm se apropriando deste espaço de forma significativa e mantendo-o como um bem precioso da comunidade.

Implantação. Image Courtesy of Fundação Rogelio Salmona
Implantação. Image Courtesy of Fundação Rogelio Salmona

Ver a galeria completa

Cita: Romullo Baratto. "Vencedor do Prêmio Rogelio Salmona: Edifício Projeto Viver / FGMF" 22 Ago 2014. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/625866/vencedor-do-premio-rogelio-salmona-edificio-projeto-viver-fgmf> ISSN 0719-8906