O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Notícias
  3. Dia Mundial da Fotografia: Javier Callejas por Alberto Campo Baeza

Dia Mundial da Fotografia: Javier Callejas por Alberto Campo Baeza

Dia Mundial da Fotografia: Javier Callejas por Alberto Campo Baeza
Dia Mundial da Fotografia: Javier Callejas por Alberto Campo Baeza, Museu da Memoria de Andaluzia / Alberto Campo Baeza. Image © Javier Callejas
Museu da Memoria de Andaluzia / Alberto Campo Baeza. Image © Javier Callejas

Em comemoração ao Dia Mundial da Fotografia (19 de agosto) o ArchDaily Brasil gostaria de agradecer aos fotógrafos que trazem à vida os projetos que publicamos todos os dias. Como parte da homenagem convidamos alguns arquitetos para comentar sobre a obra de alguns dos mais aclamados fotógrafos de arquitetura. A seguir, o arquiteto espanhol Alberto Campo Baeza escreve a respeito de  Javier Callejas

Casa do Infinito / Alberto Campo Baeza. Image © Javier Callejas Oficinas Zamora / Alberto Campo Baeza. Image © Javier Callejas Casa Rufo / Alberto Campo Baeza. Image © Javier Callejas Casa Olnick Spanu / Alberto Campo Baeza. Image © Javier Callejas + 5

O olho do arquiteto

Um arquiteto sem um fotógrafo não é ninguém. Um bom arquiteto sem um bom fotógrafo não é nada. Os melhores arquitetos são, em parte, aquilo que os fotógrafos os tornaram. Luis Barragán é Armando Salas Portugal e Mies van der Rohe é Richard Nickel. Le Corbusier é Lucien Hervé. Neutra é Julius Shulman e Richard Meier é Ezra Stoller. 

Quando o projeto de Luis Barragán foi fotografado por Armando Salas Portugual e as fotografias expostas no MoMA, em Nova Iorque em 1976, pelas mãos de Emilio Ambasz, foi aí que o reconhecimento de Barragán começou, mesmo no México, seu país natal. Após esta ocasião o arquiteto recebeu o Prêmio Pritzker.

Richard Nickel fotografou a obra de Mies van der Rohe de um modo que fez as imagens permanecerem na memória de muitos arquitetos. O mesmo vale para Ezra Stoller. 

E Le Corbusier tomou fôlego quando Lucien Hervé finalmente chegou para fotografar seus projetos. Segundo Le Corbusier, Hervé foi o único fotógrafo com uma mentalidade de arquiteto. "Ele tem a alma de um arquiteto", disse o mestre.

Quando Ezra Stoller fotografou as casas de Richar Meier, o arquiteto estava muito consciente da tremenda capacidade dessas imagens de comunicar sua arquitetura.

A capacidade de fascinar de Salas Portugal e Nickel e Hervé e Shulman e Stoller é similar ao que nos seduz nas imagens de Javier Callejas, um fotógrafo e arquiteto, como Stoller. Tive o privilégio de ter seus olhos e câmera observando alguns dos meus projetos com resultados impecáveis. Ele transmitiu a essência do mais recente, a Casa del Infinito em Cadiz - um projeto muito belo - incrivelmente bem.

Da mesma forma que Chapman traduziu Homero em 1612, a melhor arquitetura precisa dos melhores fotógrafos, como Javier Callejas, para traduzi-la para linguagem das imagens e tornar sua familiaridade e difusão possíveis. 

Boa arquitetura que não é fotografada, que não é transmitida, é perdida. Bons fotógrafos como Javier Callejas são essenciais para bons arquitetos.

Se um arquiteto faz uma arquitetura "vulgar" e um bom fotógrafo a faz parecer boa, ele é um hipócrita. Mas se um bom arquiteto cria uma arquitetura maravilhosa e o fotógrafo não faz suas fotos (ou faz fotos ruins), ele é um tolo, o que é pior.

Javier Callejas domina a luz. Em suas imagens a luz é o tema. Ele sabe bem que a luz é a protagonista do espaço. E se, para um arquiteto, a luz é fundamental pois passa pelo espaço, para um fotógrafo ela é fundamental pois captura o momento. O arquiteto aprisiona o tempo com a luz e o fotógrafo aproveita isso. Ambos sabem que a luz é o mais exuberante material com o qual trabalhamos.

E se Barragán é Salas Portugal e Mies é Nickel e Le Corbusier é Hervé e Meier é Ezra Stoller, devo dizer que sou Suzuki, Alda, Hable, Malagamba e, especialmente, Javier Callejas.  

Confira aqui alguns dos projetos de Javier Callejas que publicamos em ArchDaily Brasil.

Veja as outras homenagens do Dia Mundial da Fotografia aqui. 

Cita: Joanna Helm. "Dia Mundial da Fotografia: Javier Callejas por Alberto Campo Baeza" 02 Ago 2014. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/625662/dia-mundial-da-fotografia-javier-callejas-por-alberto-campo-baeza> ISSN 0719-8906