O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Projetos
  3. Museu
  4. Estados Unidos
  5. Steven Holl Architects
  6. 2007
  7. Museu de Arte Nelson-Atkins / Steven Holl Architects

Museu de Arte Nelson-Atkins / Steven Holl Architects

  • 13:00 - 18 Julho, 2014
Museu de Arte Nelson-Atkins / Steven Holl Architects
Museu de Arte Nelson-Atkins / Steven Holl Architects, © Andy Ryan
© Andy Ryan

© Andy Ryan © Andy Ryan © Andy Ryan © Andy Ryan + 62

  • Arquitetos

  • Localização

    Kansas City, MO, EUA
  • Equipe de Projeto

    Steven Holl, Chris McVoy, Chris McVoy, Martin Cox, Richard Tobias, Masao Akiyoshi, Gabriela Barman-Kraemer, Matthias Blass, Molly Blieden, Elissavet Chryssochoides, Robert, Edmonds, Simone Giostra, Annette Goderbauer, Mimi Hoang, Makram El-Kadi, Edward Lalonde, Li Hu, Justin Korhammer, Linda Lee, Fabian Llonch, Stephen O’Dell, Irene Vogt, Urs Vogt, Christian Wassmann
  • Arquitetos Locais

    BNIM Architects
  • Área

    15329.0 m2
  • Ano do projeto

    2007
  • Fotografias

  • Engenharia Estrutural

    Guy Nordenson and Associates
  • Engenharia Mecânica

    Ove Arup & Partners / W.L. Cassell & Associates
  • Consultoria de Vidro

    R.A. Heintges & Associates
  • Consultoria em Iluminação

    Renfro Design Group
  • Paisagismo

    Gould Evans Goodman Associates
  • Artista

    Walter De Maria
  • Custo

    US $200.000.000
  • Mais informações Menos informações
© Andy Ryan
© Andy Ryan

Descrição enviada pela equipe de projeto. A expansão do Museu de Arte Nelson Atkins combina arquitetura com a paisagem para criar uma arquitetura experimental que se desdobra para os visitantes, uma vez que é percebida pelo movimento de cada indivíduo através do espaço e do tempo. O novo anexo, chamado de Edifício Bloch, envolve o Jardim de Esculturas existente, transformando todo o terreno do museu em um recinto para a experiência do visitante. O novo anexo se estende ao longo da borda oriental do campus e distingue-se por cinco lentes de vidro, atravessando a partir do edifício existente através do Jardim de Esculturas para formar novos espaços e ângulos de visão. A fusão inovadora de paisagem, arquitetura e arte foi executada através de uma estreita colaboração com curadores de museus e artistas, para conseguir uma relação dinâmica e solidária entre arte e arquitetura. Enquanto os visitantes se movem através do novo anexo, eles experimentam um fluxo entre a luz, arte, arquitetura e paisagem, com vistas a partir de um nível para outro, de dentro para fora.

© Andy Ryan
© Andy Ryan

O movimento de rosca entre as lentes de captação de luz do novo anexo tece o novo edifício com a paisagem em um dinamismo fluido com base em uma relação sensível ao seu contexto. Ao invés do anexo de uma massa, os novos elementos existem em contraste complementar com o original e clássico "Templo de Arte" de 1933:

- Original Edifício Novo (em Contraste Complementar)
- Opaco Transparente
- Luz Pesada
- Mistura Hermética
- Vistas da Paisagem
- Delimitada Inlimitado
- Circulação Dirigida Circulação Aberta
- Peça Única Lentes Transparentes

© Andy Ryan
© Andy Ryan

A primeira das cinco "lentes" forma uma entrada brilhante e transparente, com café, biblioteca de arte e livraria, convidando o público para o museu e incentivando o movimento através de rampas em direção às galerias à medida que progridem para baixo no jardim. Do lobby, um eixo cruzado novo se conecta através de grandes espaços do edifício original. À noite, o volume de vidro brilhante do lobby oferece uma transparência convidativa, atraindo visitantes para eventos e atividades. Várias camadas de vidro translúcido das lentes reunem, difundem e refratam a luz, às vezes, materializando a luz como blocos de gelo. Durante o dia, as lentes injetam diferentes qualidades de luz para as galerias, enquanto à noite o Jardim de Esculturas brilha com sua luz interna. O "caminho sinuoso" entre as lentes no Jardim de Esculturas tem seu complemento no fluxo aberto através do nível contínuo de galerias abaixo. As galerias, organizadas em sequência para apoiar a progressão das coleções, gradualmente desce para o jardim e são pontuadas por vistas na paisagem.

© Andy Ryan
© Andy Ryan

O projeto para o novo anexo utiliza conceitos de construção sustentável; o Jardim de Esculturas continua para cima e sobre para as galerias-telhado, criando espaços para as esculturas entre as lentes, além de fornecer os telhados verdes para atingir altos níveis de isolamento e controle de águas pluviais. No coração de lentes do anexo está um conceito estrutural que fundiu-se com o conceito de luz e distribuidor de ar: "A Respiração em T" transporta luz para dentro das galerias ao longo de suas curvas inferiores através do vidro em suspensão. As cavidades de duplo vidro das lentes armazenam ar aquecido pelo sol no inverno ou esgota-os no verão. Níveis de luz ideal para todos os tipos de arte ou de instalações de mídia e requisitos de flexibilidade sazonais são asseguradas através do uso de telas controlados por computador e de material translúcido isolante especial incorporado nas cavidades de vidro. Um porão de serviço abaixo das galerias de arte oferece entrega, armazenamento e manipulação de espaços, bem como um acesso flexível à "Respiração em T".

© Andy Ryan
© Andy Ryan

A integraçãoengenhosa dearte e arquiteturaincluiu umesforço de colaboraçãocom o artistaWalterDe Maria, um dos grandes artistasminimalistasdo nosso tempo.A escultura deDe Maria, Um Sol/34Luas, éa peça central da entradadegranito comum espelho d'águaque formaum novo espaço deentradaformado pelo edifício antigo e o novo. As"luas"da obra de artesão clarabóiascirculares nofundo da piscina, que projetamluzrefratadada águana garagemabaixo.

Diagrama
Diagrama

A forte relação entre o conceito de arquitetura e importantes participações de arte oriental do Museu é ilustrada pelas obras da coleção permanente, como Verdant Mountains (século 12) por Chiang Shen ou o The North Sea (século 16) por Chou Ch'en, que demonstram a fusão intemporal da arte, arquitetura e paisagem. O novo anexo celebra essa fusão com o novo espaço de esculturas de Isamu Noguchi, estabelecendo uma conexão de ligação aos Jardim de Esculturas existente.

© Andy Ryan
© Andy Ryan

Tradução do artigo original feita por Maria Julia Martins. Equipe ArchDaily Brasil.

Localização aproximada, pode indicar cidade/país e não necessariamente o endereço exato. Cita: "Museu de Arte Nelson-Atkins / Steven Holl Architects" 18 Jul 2014. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/624107/museu-de-arte-nelson-atkins-steven-holl-architects> ISSN 0719-8906