O site de arquitetura mais visitado do mundo
Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
  1. ArchDaily
  2. Notícias de Arquitetura
  3. Studio PEZ e Zarhy Architects vencem concurso para projetar o novo distrito jurídico de Jerusalém

Studio PEZ e Zarhy Architects vencem concurso para projetar o novo distrito jurídico de Jerusalém

Studio PEZ e Zarhy Architects vencem concurso para projetar o novo distrito jurídico de Jerusalém
Studio PEZ e  Zarhy Architects vencem concurso para projetar o novo distrito jurídico de Jerusalém, Cortesia de Studio PEZ e Zarhy Architects
Cortesia de Studio PEZ e Zarhy Architects

O Studio PEZ, em colaboração com Zarhy Architects, venceu a competição internacional para projetar o Complexo do Distrito Jurídico de Jerusalém, Israel. O novo complexo de 40.000 m² será o novo ícone arquitetônico da cidade, segundo Daniel Zarhy e Pedro Peña Jurado, do Studio PEZ.

A proposta vencedora - "City of Justice" - foi elogiada pelo júri por ser "viva, interessante, e [...] concebida com muita atenção aos detalhes." Ao reinterpretar a tipologia do tribunal de justiça e dividir o programa em diferentes volumes, os arquitetos não apenas evitaram uma aparência monolítica e alcançaram uma escala humana, como também permitiram que o projeto seja executada em etapas, uma característica que agradou o júri. 

O Distrito Judiciário é parte do atual boom na construção civil na capital israelense, que inclui também uma torre de Daniel Libeskind e a Biblioteca Nacional de Herzog & de Meuron. Saiba mais sobre o projeto vencedor a seguir.

Cortesia de Studio PEZ e Zarhy Architects Cortesia de Studio PEZ e Zarhy Architects Cortesia de Studio PEZ e Zarhy Architects Cortesia de Studio PEZ e Zarhy Architects + 18

Cortesia de Studio PEZ e Zarhy Architects
Cortesia de Studio PEZ e Zarhy Architects

Dos arquitetos. Desde os primórdios da civilização, a história dos palácios de justiça e das cidades se entrelaçam. O palácio de justiça sempre foi um importante artefato urbano, tanto nas cidades romanas como na tradição judaica. Este é também o caso do novo Palácio de Justiça de Jerusalém. 

O Tribunal é composto por duas partes principais: a base - que abriga as funções públicas - e os diferentes tribunais que derivam dela.

Cortesia de Studio PEZ e Zarhy Architects
Cortesia de Studio PEZ e Zarhy Architects

A base forma uma fachada contínua voltada para a rua e proporciona a sensação de transparência. Nela estão localizadas a entrada principal e as funções públicas coletivas e é ela que integra o Palácio de Justiça à cidade. A partir dela derivam os tribunais. As diferentes funções são organizadas ao redor de uma "rua" central transpassada por um grande vazio que conecta os três níveis da base com os sistemas de circulação vertical.

Cortesia de Studio PEZ e Zarhy Architects
Cortesia de Studio PEZ e Zarhy Architects

Os tribunais são articulados como edifícios separados que partem da mesma base, atendendo ao edital do concurso que exigia esta divisão. Cada tribunal tem sua própria identidade mas, ao mesmo tempo, faz parte de um mesmo todo - a cidade da justiça. A divisão também permite que o projeto seja executado em etapas.

O Novo Tribunal de Jerusalém se integra ao contexto urbano e ao novo masterplan para o bairro de entrada da cidade. O delicado equilíbrio entre os blocos contesta a imagem monolítica da justiça e cria um edifício que é icônico mas apresenta uma escala humana.

Cortesia de Studio PEZ e Zarhy Architects
Cortesia de Studio PEZ e Zarhy Architects

Os salões dos tribunais se localizam no centro de cada um dos blocos. A divisão em diferentes edifícios cria uma forte relação entre o interior e o exterior - o edifício e a cidade. 

Cortesia de Studio PEZ e Zarhy Architects
Cortesia de Studio PEZ e Zarhy Architects

O Novo Tribunal de Jerusalém é um edifício acolhedor que proporciona um ambiente aberto e acessível aos cidadãos; seu objetivo não é puni-los, mas enfatizar seus direitos. 

Cortesia de Studio PEZ e Zarhy Architects
Cortesia de Studio PEZ e Zarhy Architects

Arquitetura: StudioPEZ + ZARHY Architects: David Zarhy, Pedro Peña, Daniel Zarhy com Noa Rapoport, Carmel Avidani, Omer Bar Orian Estrutura: S. Ben Avraham Sustentabilidade: Barak Pelman Modelo: Jantien Roozenburg                                                                                                                                                                                                               

Ver a galeria completa

Sobre este autor
Cita: Merin, Gili. "Studio PEZ e Zarhy Architects vencem concurso para projetar o novo distrito jurídico de Jerusalém" [Winner Announced for Design of Jerusalem District Courthouse] 15 Jul 2014. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/623999/studio-pez-e-zarhy-architects-vencem-concurso-para-projetar-o-novo-distrito-juridico-de-jerusalem> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.