O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Projetos
  3. Casas
  4. Reino Unido
  5. Studio 54 Architecture
  6. 2013
  7. Estrebarias da Highbury Terrace 17a / Studio 54 Architecture

Remodelaçao

Apresentado por the MINI Clubman

Estrebarias da Highbury Terrace 17a / Studio 54 Architecture

  • 16:00 - 8 Julho, 2014
  • Traduzido por Arthur Stofella
Estrebarias da Highbury Terrace 17a / Studio 54 Architecture
Estrebarias da Highbury Terrace 17a   / Studio 54 Architecture, © Sarah Blee
© Sarah Blee

© Sarah Blee © Sarah Blee © Sarah Blee © Sarah Blee + 11

© Sarah Blee
© Sarah Blee

Descrição enviada pela equipe de projeto. As estrebarias de Highbury Terrace são um local clássico de Londres onde, com o tempo, arquitetos e proprietários tem ganhado licença para construir uma mistura eclética de casas de todos os tipos e estilos em materiais que incluem o tijolo, a madeira, vidros que vão do chão ao teto e alumínio. Em um dia ensolarado, as estrebarias poderiam estar em Venice Beach.

Elevação Anterior à Renovação
Elevação Anterior à Renovação

A residência de três andares foi construída por um investidor como parte de um grupo de seis casas com terraço em 1988 para substituir uma lavanderia. As casas não possuem características com o restante da estrebaria: uma confusão de estilos pós-modernista, vitoriano e georgiano em uma mistura de tijolo com detalhamento pouco considerado. 17A, que é o fim do terraço, é distinta da forma que é o fim do terraço, é diferente na medida em que foi criado para trás com uma seção de frontão avançando sobre a entrada. O resumo do projeto evoluiu rapidamente de um exercício modesto para adicionar uma sala de banho para o piso superior e atualizar o isolamento do telhado que estava abaixo do padrão e de janelas simples de baixa qualidade em um projeto desafiador para redesenhar, simplificar e racionalizar completamente toda a elevação frontal e encaixar uma série de espaços internos fundamentais.

© Sarah Blee
© Sarah Blee

A missão consistia em afastar-se do vocabulário de projeto desajeitado do terraço dos anos 80, mantendo a estrutura e aberturas existentes, para projetar dentro do espírito do melhor da arquitetura de cavalariças, para criar um edifício arrojado e bem detalhado usando uma paleta limitada de materiais. Após estudar uma série de opções de revestimento, incluindo metal, foi decidido que uma tela com diversas tiras de madeira seria o mais adequado, acomodando uma articulação satisfatória da fachada frontal e incorporando a modesta extensão do telhado.

© Sarah Blee
© Sarah Blee

O processo de planejamento foi desafiador e consumiu bastante tempo por causa da condição da área como um local de preservação, mas através do debate e de consulta, os oficiais de planejamento foram persuadidos e o esquema foi aceito sem problema.

Elevação Após a Renovação
Elevação Após a Renovação

A elevação foi modificada, alterando a seção do frontão, substituindo as janelas e revestindo a frente acima do térreo: o revestimento de madeira de larício é de largura variável e é tingida de preto-carvão. A alvenaria exposta no nível do piso térreo foi pintado de cinza para criar uma transição suave entre o preto. As aberturas de janelas existentes foram reutilizadas. Das duas novas aberturas formadas, uma ilumina o novo banheiro e se cria uma espaçosa e bem iluminada chegada no terceiro andar. Janelas fixas são definidas de forma a ficarem alinhadas com o revestimento; janelas que se abrem são colocadas para trás com um revestimento de cedro oleado profundo que se revela internamente. Isto dá a fachada uma qualidade dinâmica e um ritmo satisfatório.

Estrebarias da Highbury Terrace 17a   / Studio 54 Architecture, © Sarah Blee
© Sarah Blee

A seção escalonada e o frontão foram substituídos por uma simples mudança de plano e uma linha de telhado horizontal consistente. As calhas de drenagem do telhado e os tubos de queda estão escondidos por trás do novo revestimento que ajuda a manter uma fachada limpa e organizada. A porta da frente foi mantida e pintada de laranja; os degraus foram reformados e ampliados com locais para plantio de cada lado. Espaços internos fundamentais: o local de estudos e os dormitórios são revestidos com cedro.

Croqui
Croqui

Para o cliente, a preparação para o futuro da casa foi de suma importância: alojamento mais equilibrado com nova instalação para banho, isolamento do telhado melhorado, calhas eficientes, juntamente com alguma atenuação da água da chuva no solo. O projeto separou o final do terraço visualmente dos vizinhos imediatos, a criação de uma nova residência distinta, audaz, simples, mas elegante sem a necessidade de grandes obras: a casa que se relaciona de uma forma mais interessante e relevante para os outros edifícios individuais nas estrebarias.



Ver a galeria completa

Cita: "Estrebarias da Highbury Terrace 17a / Studio 54 Architecture" [17a Highbury Terrace Mews / Studio 54 Architecture] 08 Jul 2014. ArchDaily Brasil. (Trad. Stofella, Arthur) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/623578/estrebarias-da-highbury-terrace-17a-studio-54-architecture> ISSN 0719-8906