O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Notícias
  3. "Visibility (Imposed Modernity)" - Pavilhão de Kosovo na Bienal de Veneza 2014

"Visibility (Imposed Modernity)" - Pavilhão de Kosovo na Bienal de Veneza 2014

"Visibility (Imposed Modernity)" - Pavilhão de Kosovo na Bienal de Veneza 2014
"Visibility (Imposed Modernity)" - Pavilhão de Kosovo na Bienal de Veneza 2014, © Nico Saieh
© Nico Saieh

"E então choveu no reino da fantasia." Dante Alighieri (Purgatório XVII.25)

Dos curadores. Kosovo nunca absorveu a modernidade. A modernidade foi sempre um sinônimo de destruição e estética estrangeira.

© Nico Saieh © Nico Saieh © Nico Saieh © Nico Saieh + 12

Até o final da década de 1950, as cidades de Kosovo guardavam sua estrutura medieval, mas com o surgimento do estado comunista as coisas começaram a mudar drasticamente. 

© Nico Saieh
© Nico Saieh

Sob programas desconhecidos ao povo nativo, o governo socialista destruiu regiões inteiras das cidades para dar lugar aos novos edifícios. Ruas foram alargadas; rios canalizados. Equipamentos modernos, concreto e aço foram amplamente utilizados. 

Cidades orgânicas, próximas à natureza, construídas numa escala humana e com materiais naturais foram transformadas. Foram forçadas a se tornarem "funcionais" para responder à nova sociedade socialista. Esse processo perdurou até a chegada do movimento pós-moderno na década de 1980, que buscava restaurar a relação da arquitetura com a tradição. Alguns poucos edifícios serviram de ponto de partida e cumpriram a promessa; a maioria não o fez. O falso renascimento do popular resultou em ainda mais danos. 

© Nico Saieh
© Nico Saieh

Os anos 90 trouxeram mais guerra, sofrimento e destruição; em 1999 teve início a reconstrução. Centenas de milhares de casas precisavam ser construídas; instituições também foram relocadas para novos edifícios; e a especulação imobiliária começou. A suposta tendência de "projetar e construir" era de fato "construir sem projetar", e construir o tanto quanto possível. Os resultados foram, e continuam a ser, desastrosos. 

A exposição lida com a ideia de visibilidade e supressão. 720  "shkëmbi" - antigas cadeiras tradicionais - foram usadas para construir uma torre circular Shëmbi. "Shkëmbi" em albanês é uma palavra muito antiga que significa ao mesmo tempo cadeira e rocha. Tal cadeira é o mobiliário tradicional mais antigo que permaneceu quase inalterado no decorrer dos séculos.

© Nico Saieh
© Nico Saieh

Numa parede revestida de cartões postais, 360 imagens mostram Kosovo e particularmente Prizren - a mais típica cidade do país - dois estados, antes e depois da modernidade, expondo uma lenta, porém absoluta, supressão da identidade regional. Os cartões postais estão em uma aparente desordem e são constantemente rearranjados, já que os visitantes podem leva-los embora. Cada nova camada de cartões revela novas imagens, antigas e recentes, que apresentam a confusão e mistura que são hoje em dia as cidades de Kosovo. Nossa exposição trata do processo de tornar visível o que perdemos e o que nos restou em nossa jornada. Acreditamos que a arquitetura é mais forte que o caos.

© Nico Saieh
© Nico Saieh
Cita: Saieh, Nico. ""Visibility (Imposed Modernity)" - Pavilhão de Kosovo na Bienal de Veneza 2014" ["Visibility (Imposed Modernity)" - Kosovo's Pavilion at the Venice Biennale 2014] 18 Jun 2014. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/621485/visibility-imposed-modernity-pavilhao-de-kosovo-na-bienal-de-veneza-2014> ISSN 0719-8906