O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Notícias
  3. Cinema e Arquitetura: “Fonte da Vida”

Cinema e Arquitetura: “Fonte da Vida”

Cinema e Arquitetura: “Fonte da Vida”
Cinema e Arquitetura: “Fonte da Vida”, Cenas do Filme "Fonte da Vida"
Cenas do Filme "Fonte da Vida"

Qualquer pessoa que tenha visto algum filme de Anorofsky reconhece que há algo alem de “especial” no trabalho deste cineasta. E este não é uma exceção, especialmente para nós que tratamos do espaço, o filme caminha do passado para o futuro, e de volta para o presente, utilizando contrastes impressionantes para diferenciar essas três realidades. Estas realidades poderiam significar diferentes visões do mundo – teocêntrica, científica e antropocêntrica. O diretor cria transições impressionantes e efeitos espaciais para representar essas idéias.

Nada mais a acrescentar, apreciem este grande filme e comente suas ideias sobre ele.

Cenas do Filme “Fonte da Vida”

Informações Principais

Título Original: The Fountain
Ano: 2006
Duração: 96 min.
País: United States
Diretor: Darren Aronofsky
Roteiro: Steve Koren, Ari Handel
Trilha sonora: Clint Mansell
Elenco: Hugh Jackman, Rachel Weisz, Ellen Burstyn

Cenas do Filme “Fonte da Vida”

TRAMA

A estória central do filme Fonte da Vida é sobre um homem do século XXI, Tom (Hugh Jackman), que está perdendo sua esposa Izzi (Rachel Weisz) para o câncer em 2005. Neste período em que ela está morrendo, Izzi pede a Tommy para que eles aproveitem o pouco tempo que lhe resta juntos, no entanto ele está ocupado com a tarefa de encontrar a cura para sua esposa. Enquanto ele trabalha em seu laboratório, ela escreve uma estória sobre uma rainha do século XVI, Isabella, que está perdendo seu território para a Inquisição, enquanto seu esposo, o conquistador Tomás, adentra nas florestas da América Central, em território Maia, em busca da Árvore da Vida para sua Rainha.

Já que ela não terá tempo suficiente, Izzi pede a Tommy para que ele termine a estória dela. Enquanto olham as estrelas, ela imagina que suas almas se encontrarão lá quando a estrela se apagar. Então vemos o astronauta Tom, em 2500, viajando em uma nave espacial feita de com uma biosfera fechada que contem a Árvore da Vida. As três estórias são contadas de forma não linear, cada uma separada por cinco séculos. Os três períodos são entrelaçados com cortes combinados e motivos visuais recorrentes; Hugh Jackman e Rachel Weisz interpretam os personagens principais em todas as três narrativas. Mesmo com uma narrativa pronta, os elementos daquela estória em particular não são contados em ordem cronológica.

Se estas estórias são eventos reais ou simbólicos, não está claro no filme; e o diretor Darren Aronofsky enfatiza que as linhas de estórias em seus períodos no tempo e suas respectivas convergências estão abertas a interpretações. O cineasta disse a que a complexidade e a mensagem oculta da Fonte da Vida, “[O filme é] muito parecido com um cubo mágico, que pode ser resolvido de inúmeras maneiras, mas, em última instância, há apenas uma solução final.”

Tomás, o conquistador

Cenas do Filme “Fonte da Vida”

Uma das narrativas do filme acontece durante a Inquisição Espanhola, em que julgamentos públicos podiam por em risco a vida dos acusados. O filme inicia-se com o conquistador Tomás na Nova Espanha, combatendo a horda de maias para poder adentrar na pirâmide, onde ele é atacado por um sacerdote maia com uma espada flamejante. Através de flashbacks, revela-se que o conquistador havia sido comissionado pela Rainha Isabella da Espanha para viajar para o Novo Mundo em busca da bíblica Árvore da Vida. Se Tomás poder encontrá-la, ela está convencida de que poderá por um fim à luta entre ela e um influente clérigo durante a Inquisição Espanhola, que está tentando usurpar seu trono. Isabella promete se casar com Tomás assim que este retornar, citando uma correlação com Adão e Eva. Quando Tomás chega em seu destino, ele percebe que seus companheiros estão exaustos e se recusam a continuar a procura pela Árvore da Vida.

Um monge franciscano descobre a localização do templo, mas é acidentalmente morto enquanto Tomás reprime o motim entre seus oficiais. Antes de morrer, o monge dá a Tomás um punhal cerimonial e o dirige para a pirâmide. Assim que ele chega lá, Tomás e seus homens são emboscados e Tomás é capturado. Ele é levado à força até o topo da pirâmide e trava uma luta com o sacerdote maia. Tomás é esfaqueado no estômago, mas o sacerdote evita matá-lo quando percebe que ele carrega o punhal cerimonial que completa a profecia maia. O sacerdote acredita que Tomás seja o “Primeiro Pai”, pede perdão e se oferece ao sacrifício, pedindo ao espanhol que este corte sua garganta. Tomás mata o sacerdote e prossegue até um jardim com uma grande árvore; convencido de que esta é a Árvore da Vida, Tomás aplica um pouco de sua seiva em seu ventre e é curado da punhalada que quase o matara. Ele bebe a seiva que escorre da casca. Mas em uma reconstituição do mito da criação maia contado anteriormente no filme, flores e grama irrompem de seu corpo e ele dá, literalmente, lugar a uma nova vida.

Tommy, o neurocientista

Cenas do Filme “Fonte da Vida”

Tommy é um doutor que trabalha em busca da cura usando amostras da “Árvore da Vida”, encontrada nas explorações da América Central, que tem sido testada para usos medicinais em doenças degenerativas do cérebro em seu laboratório desde 2005. A motivação do seu trabalho é a possibilidade de encontrar a cura para o tumor cerebral de Izzi, sua esposa, que causou um rápido declínio da sua saúde. Izzi tem usado seu tempo para avaliar o significado da vida e chegar a um acordo com o fato de que vai morrer, mas Tommy se recusa a aceitar que ela possa morrer e quer cada vez mais encontrar a cura. Ela escreveu um livro que aparentemente conta a história de Tomás, o conquistador, mas, quando ela desmaia no museu, percebe que não terá tempo suficiente de terminar o livro e pede a Tommy que escreva o capítulo final. Ela morre pouco tempo depois e Tommy se dedica a curar não apenas a doença que matou sua esposa, mas a morte em si. Seus colegas temem que este caminho tenha deixa-o imprudente, mas tentam apoiá-lo emocionalmente no funeral de Izzi. Em um ato final de amor e devoção, Tommy planta uma semente de árvore sobre o túmulo de Izzi, como em uma estória que ela havia lhe contado sobre um guia maia que vivia em uma árvore alimentada pelos nutrientes orgânicos de seu corpo.

Tom, o viajante espacial

Cenas do Filme “Fonte da Vida”

A narrativa de Tom se dá inteiramente nas profundezas espaço, em uma pequena bolha com biosfera própria. O personagem de Jackman está sozinho, flutuando espaço afora em direção à nebulosa dourada de Xibalba, com uma enorme árvore e poucos utensílios pessoais dentro da nave. Enquanto viaja, ele medita, faz t’ai chi, faz tatuagens em si mesmo com a tinta deixada por Izzi para Tommy terminar sua estória; e carrega consigo uma conversa de Izzi em 2005. Está implícito que ela está, de alguma forma, viva dentro da árvore; mas esta está morrendo e precisa-se chegar à Xibalba para trazê-la de volta à vida. No clímax do filme, a árvore morre e a estrela se transforma em uma supernova, tragando a espaçonave do viajante. Seu corpo é incinerado, mas a árvore é trazida de volta à vida. Aparece Izzi colhendo uma fruta da nova árvore e dando-a a Tommy, o neurocientista do presente, que a planta sobre o túmulo de Izzi.

TRAILER

Sobre este autor
Romullo Baratto Fontenelle
Autor
Cita: Romullo Baratto Fontenelle. "Cinema e Arquitetura: “Fonte da Vida”" 16 Nov 2012. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/80878/cinema-e-arquitetura-fonte-da-vida> ISSN 0719-8906