O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Notícias
  3. Bienal de Veneza: Sentir o Chão. Casa Parede: Um pra um / Anupama Kundoo

Bienal de Veneza: Sentir o Chão. Casa Parede: Um pra um / Anupama Kundoo

Bienal de Veneza: Sentir o Chão. Casa Parede: Um pra um / Anupama Kundoo
Bienal de Veneza: Sentir o Chão. Casa Parede: Um pra um / Anupama Kundoo , © Nico Saieh
© Nico Saieh

Archdaily está orgulhoso por apresentar imagens da Bienal de Veneza, com a reconstrução da Casa Parede, de Anupama Kundoo. A instalação é uma oportunidade para o arquiteto em reavaliar estratégias iniciais e continuar a explorar as experiências da construção original em Auroville, na Índia.

© Nico Saieh

A réplica foi construída por artesãos indianos e construtores italianos. O projeto original para a casa pretendia responder ao entorno e à cultura em que está situado, levando em consideração técnicas construtivas, aplicação de técnicas e estratégias de implantação. A reconstrução, embora ausente de uma paisagem, exibe a inovação espacial e um uso colaborativo de materiais que evoca uma emoção sobre a integração da cultura e técnicas estruturais.

© Nico Saieh

Os tons terrosos e as texturas da réplica são imediatamente reconhecíveis: tijolos, terracota, madeira e pedras evocam associações com práticas construtivas antigas, uma vez que se encaixa dentro do contexto arquitetônico do edifício. A parede da casa oferece um ambiente íntimo, quebrando as alturas dos espaços para vários programas e criando um senso de divisórias incompletas de tijolo para entrada de luz e ventilação.

© Nico Saieh

A interação do tijolo e madeira, mesmo construídos simultaneamente neste caso, também evoca um senso de tempo. Os elementos em madeira e o teto em terracota parecem se encaixar dentro do contexto do exterior de tijolo, enquanto que toda a estrutura temporal se encaixa no interior do espaço do Arsenale, a fábrica de corda naval anterior.
Uma das maiores instalações da Bienal, foi construída como uma instalação no local e cria novas condições no interior do Arsenale, que mudam a experiência do espaço. É construída em torno das colunas existentes que se integram na réplica.

© Nico Saieh

Saiba mais sobre nosso post anterior aqui:

http://www.archdaily.com.br/66539/bienal-de-veneza-2012-wall-house-anupama-kundoo/

 

Cita: Eduardo Souza. "Bienal de Veneza: Sentir o Chão. Casa Parede: Um pra um / Anupama Kundoo " 23 Out 2012. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/77155/bienal-de-veneza-sentir-o-chao-casa-parede-um-pra-um-anupama-kundoo> ISSN 0719-8906