O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Notícias
  3. Bienal de Veneza 2012: Elbphilharmonie / Herzog & de Meuron

Bienal de Veneza 2012: Elbphilharmonie / Herzog & de Meuron

Bienal de Veneza 2012: Elbphilharmonie / Herzog & de Meuron
Bienal de Veneza 2012: Elbphilharmonie / Herzog & de Meuron, © Nico Saieh
© Nico Saieh

 

A exposição de Herzog & de Meuron na Bienal de Veneza 2012, foca a arquitetura de um projeto simbólico, com uma história complexa: Elbphilarmonie, uma sala de concertos em cima de uma ex-indústria em Hamburgo, que também inclui 250 dormitórios de um hotel cinco estrelas e 47 apartamentos. O projeto está bastante avançado, no entanto, permanece detido deste o ano passado por problemas legais com a empreiteira.

© Nico Saieh

Na exposição, a história do projeto é documentada com modelos tridimensionais do complexo edifício de serviços; fotografias panorâmicas através do lugar da construção e grandes maquetes, cujas presenças física e espacial representam o que os arquitetos desejavam e ainda desenharam em primeiro plano: arquitetura.

© Nico Saieh

A história da Elbphilarmonie é um exemplo incrível de um projeto democrático de início a fim, informado com energia eufórica, impulsionado pela beleza arquitetônica, a visão político-cultural e o orgulho cívico. Esta energia se esgota em si mesma ao enfrente a explosão de custos de construção e a prolongada obra aparentemente interminável, que culminou com uma alta provisória em novembro de 2011.

© Nico Saieh

O canteiro de obras se transforma cada vez mais num campo de batalha entre os três atores principais: o cliente (a cidade de Hamburgo e seu representante Hege), a empresa empreiteira e os arquitetos. Idealmente, o terreno de cada projeto é uma plataforma de interação que acopla estas três forças principais, neste caso, são expostas implacavelmente conflitos de interesses e requisitos. A história da obra oferece, por exemplo, uma visão dos extremos que marcam a realidade do planejamento e construção atuais.

© Nico Saieh

A instalação para a Bienal apresenta o projeto sem tomar partido ou tratar de analisar a complexidade de sua evolução. Os únicos comentários proporcionados são informações sem censura da imprensa, o que demonstra que este projeto tem sido um foto de interesse público e de debate durante anos.

© Nico Saieh

 

Cita: Victor Delaqua. "Bienal de Veneza 2012: Elbphilharmonie / Herzog & de Meuron" 28 Set 2012. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/72845/bienal-de-veneza-2012-elbphilharmonie-herzog-e-de-meuron> ISSN 0719-8906