O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Notícias
  3. Bienal de Veneza 2012: "Revisit – Customizing Tourism" / Pavilhão

Bienal de Veneza 2012: "Revisit – Customizing Tourism" / Pavilhão

Bienal de Veneza 2012: "Revisit – Customizing Tourism" / Pavilhão
Bienal de Veneza 2012: "Revisit – Customizing Tourism"  / Pavilhão, © Nico Saieh
© Nico Saieh

 

Em um tempo de velozes conexões físicas e digitais, o fenômeno global do turismo se torna cada vez mais uma atividade comum. O turismo reúne pessoas de todo o mundo em um território comum, proporcionando a elas a oportunidade de interagir com a localidade, os lugares e os moradores. No entanto, o caráter de entretenimento do turismo convencional e a falta de interação local alienam a noção de território comum na maioria dos destinos turísticos. Resorts, parques temáticos, rede de hotéis internacionais, ícones globais de mercado e guias de cidades transformaram o turismo em um monopólio de viagens com regras mundiais que são aplicadas em todos os lugares. O Common ground foi posto em jogo.

© Nico Saieh

O pavilhão teve a curadoria de Charis Christodoulou e Spyros Th. Spyrou.

Desde a fundação da República de Chipre, o turismo tem sido a ocupação principal da agenda de governos e autoridades como um fator para o crescimento da economia do país. Durante as últimas décadas, ambos os setores público e privado de Chipre estiveram intimamente comprometidos com o desenvolvimento da infraestrutura de lazer para acelerar a maior geradora de economia nacional: a indústria do turismo. Estes processos criaram uma transformação gradual das áreas urbanas e rurais de Chipre de acordo com as demandas do turismo.

© Nico Saieh

No entanto, a falta de território comum entre o turismo e o urbanismo local nestas áreas, bem como a diminuição das taxas relacionadas ao turismo como um resultado da crise global financeira levantam uma série de questões associadas à sustentabilidade e à regeneração do turismo em Chipre. Pode uma cidade reutilizar infraestruturas de turismo vagas que permanecem sem uso por um longo período ou os turistas podem ocupa-las durante todo o ano? Ao invés de segregar o ambiente construído em áreas urbanas e áreas turísticas, o urbanismo local pode se misturar ao urbanismo voltado ao turismo, ou vice-versa, em favor da criação dos espaços comuns que tanto a sociedade como a economia podem se beneficiar? Pode o turismo se tornar um fator para uma regeneração do espaço público? Áreas rurais podem se tornar mais ativamente associadas às áreas urbanas através do desenvolvimento de grandes redes de turismo?

© Nico Saieh

A exposição “Revisite” introduz abordagens arquitetônicas que repensam o turismo e personalizam o espaço. Os estudantes da Univeristy Architecture Schools em Chipre foram chamados para redesenhar, reformar e reutilizar o espaço em projetos que lidam com as questões mencionadas. Os futuros arquitetos do país introduziram suas ideias de como a arquitetura pode reforçar o território comum entre turismo e urbanismo local ao mesmo tempo em que pode melhorar ambos. Os visitantes do pavilhão de Chipre terão a oportunidade de entrar no cenário turístico estereótipo do país para que possam testemunhar experiências turísticas alternativas.

© Nico Saieh

 

 

Cita: Fernanda Britto. "Bienal de Veneza 2012: "Revisit – Customizing Tourism" / Pavilhão" 23 Set 2012. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/71786/bienal-de-veneza-2012-revisit-customizing-tourism-pavilhao> ISSN 0719-8906