Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos

Casa Wolf / Pezo von Ellrichshausen

Casa Wolf / Pezo von Ellrichshausen

© Cristóbal Palma

As casas com sótão são comuns nesta área e nestes novos subúrbios. Para muitos, é o resquício legal ante a escassez de metros quadrados que admite a DFL2. Subir três níveis parece não ser um inconveniente para nós. O absurdo é quando se pretende ocupar a altura máxima permitida sem deixar de andar agachados para evitar bater a cabeça contra as vigas.

Axonométrica

Aqui, além de ocupar estes deltas residuais  que deixam os telhados inclinados, e tal como nas perspectivas invertidas de Hockney, o corpo vertical acaba facetado com desvios diagonais leves que fazem todo o possível para evitar os seus vizinhos mais imediatos e para abusar do alívio que deixam perto de dois pequenos quadrados.

© Cristóbal Palma

O programa tenta resolver o confinamento voluntário e dominante de quem acaba de renovar seu casamento e sua paternidade (com filhos agora adultos que só visitam eventualmente). Os serviços, a circulação vertical em espiral e os vários lugares guardados, servem para limitar as distancias opressivas laterais do local.

© Cristóbal Palma

Longitudinalmente, os dois quartos de maior volume ocupam as extremidades e níveis diferentes: no fundo é a que recebe os usos sociais e os vincula com o solo natural; para a frente (e sobre as infelizes casas vizinhas) está a que admite reuniões mais familiares e informais (sob uma tutela autoritária, quase indiscreta, do estudio privado que estende-se no terceiro andar).

Plantas

O compartimento central do prisma é composto por uma repetição de quatro marcos rígidos de aço (com as mesmas peças IPE240 para pilares e vigas) sobre as quais duas plataformas são construídas em sobreposição em secção.

Axonométrica Estrutura

O fechamento é uma textura contínua que acompanha a caída da chuva, em um tom de bronze (instável às variações da luz natural) que só é interrompido pelos recortes de vidro liso, nivelados (sem quadros) para conduzir ao lado de fora.

© Cristóbal Palma

Confira o o set completo de fotografias desta obra no site do fotógrafo Cristobal Palma e siga seu trabalho no twitter @EstudioPalma ou no facebook Cristobal Palma Photography. Veja mais obras fotografadas por Cristóbal em ArchDaily Brasil.

Ficha técnica:

  • Arquitetos:Pezo von Ellrichshausen
  • Ano: 2007
  • Área construída: 136 m²
  • Área do terreno: 362 m²
  • Endereço: Calle Bureo nº 2364, Sector Andalue San Pedro Chile
  • Tipo de projeto: Residencial
  • Status:Construído
  • Materialidade: Metal e Concreto
  • Estrutura: Aço
  • Implantação no terreno: Isolado

Equipe:

  1. Arquitecos: Mauricio Pezo, Sofía von Ellrichshausen – www.pezo.cl

Informação Complementar:

  1. Cliente: Juan Carlos Heijboer
  2. Maquete: Jorge Silva
  3. Fotografía: Cristóbal Palma
  4. Engenharia estrutural: Germán Aguilera
  5. Inspeção técnica de obra: Pezo von Ellrichshausen
  6. Construção: Ricardo Ballesta
  7. Instalação sanitária: Juan Carlos Sánchez
  8. Instalação elétrica: Carlos Martínez
  1. Desenho das plantas: Pezo von Ellrichshausen
  2. Desenhos 3D e renders: Pezo von Ellrichshausen
  3. Orçamento: 16UF/m2 (US$ 520 /m2)
  4. Sistema construtivo: Pilares e vigas de aço IPE240, decks de laje, carpintarias Metalcon
  5. Fechamentos: Forro Aluzinc microndulado HD, carpintarias de alumínio, vidro termopanel
  6. Coberturas: Aluzinc liso emballetado
  7. Revestimentos: Volcanita pintada, placas de terciado, pintura autonivelante
  8. Ano do projeto: 2005 – 2006
  9. Ano de construção: 2006 – 2007

Sobre este escritório
Cita: "Casa Wolf / Pezo von Ellrichshausen" 05 Jul 2012. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/57806/casa-wolf-pezo-von-ellrichshausen> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.