O site de arquitetura mais visitado do mundo
Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
  1. ArchDaily
  2. Projetos
  3. Casa Entre Muros / al bordE

Casa Entre Muros / al bordE

Casa Entre Muros / al bordE
Casa Entre Muros / al bordE, © Raed Gindeya
© Raed Gindeya

© Pascual Gangotena

O desejo de estabelecer-se para sempre em um espaço sente como seu, a busca por viver em harmonia com a natureza, a necessidade de autonomia dos três membros que formam a família, o baixo orçamento entendido como otimização dos espaços e recursos, e a frase “sempre há outra maneira de fazer as coisas e outra maneira de viver”, cunhada pela cliente, se converteram no ponto de partida para nosso trabalho.

© David Barragán

Longe de Quito e da vertigem da cidade, a casa se assenta na encosta do vulcão Ilaló, em um terreno indomável com grande inclinação, limitado por duas quebradas, aberto para a vista do vale. Um corte no terreno inclinado permite gerar uma plataforma para o assentamento do projeto e suficiente matéria prima para fazer grossas paredes de sustentação. A forma ondulada e irregular resultante do corte do terreno define a disposição ordenada e reta de cada muro de taipa.

Planta

A sucessão destas taipas e as distintas alturas da cobertura o provocam que a casa se apresente com espaços, seja pelo usuário ou atividade, que a casa se entende como a sequência de refúgios individuais. Para evitar o efeito dominó, os muros rompem seu paralelismo resolvendo a altura e fortalecendo o caráter de cada “refúgio”. Para tomar consciência da grande espessura das paredes de taipa, escavamos os muros e neles dispomos o mobiliário como estratégia de otimização do espaço. A circulação, concentrada em um extenso corredor, conforma um elemento que isola o projeto dos vizinhos imediatos, reforça a autonomia de cada espaço e promove a abertura destes através da vista atrativa.

© David Barragán

Pedindo Permissão ao ILALÓ

A relação harmônica entre natureza e objeto construído é muito importante para sua dona, e determinante no projeto, processo construtivo e funcionamento da casa.

Pedindo permissão a Ilalo, © David Barragán

1. Seguindo tradições ancestrais, se faz uma cerimônia de pedido de permissão ao vulcão, oferendas e bons votos são enterrados gerando um centro energético no espaço que divide social da área privada. A casa se entrega com uma cerimônia de limpeza de energias ruins, finalmente se deposita uma oferenda no centro energético que funciona como um ponto de contato entre os usuários e o vulcão.

2. As águas cinzas vão para piscinas de tratamento, convertendo-as em água para irrigação, se projeto um banheiro seco e um sistema de aquecimento de água solar. A madeira e a taquara foram cortadas na lua boa para evitar o uso de produtos químicos no seu tratamento.

© Pascual Gangotena

3. A terra como material de construção gera baixo impacto em seu entorno, a matéria prima sai das correções do terreno, não produz entulho, armazena calor e regula o clima interno, pois tem a capacidade de absorver e dessorver a umidade mais rapidamente, e em maior quantidade que outros materiais.

Esta arquitetura busca por em evidência a natureza material dos elementos que a compõem, potencializando suas qualidades estéticas, formais, estruturais e funcionais.

© David Barragán

 

Ficha técnica:

Informação Complementar:

  1. Assessoria Técnica: Arq. Bolívar Romero
  2. Construtor: Sr. Miguel Ramos

 

  1. Cliente: Sra. Carla Flor

Sobre este escritório
Cita: Leonardo Marquez. "Casa Entre Muros / al bordE" 20 Mai 2012. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/48269/casa-entre-muros-al-borde> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.