Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos

Resort Makenna / Drucker Arquitetura

Resort Makenna / Drucker Arquitetura

© Leonardo Finotti © Leonardo Finotti © Leonardo Finotti © Leonardo Finotti + 24

Spa  · 
Itacaré, Brasil
  • Arquitetos Autores deste projeto de arquitetura Drucker Arquitetos Associados
  • Ano Projeto Marcas com produtos usados neste projeto de arquitetura
    2010
  • Fotógrafo Created with Sketch.
  • Equipe de Projeto

    Juliana Martins / Fausto Chino /Roni Ebina / Ignacio Errandonea / Victor Minghini
  • Estrutura

    Pedro Teleki
  • Arte

    Thilo Scheuermann
  • Gerente de Construção

    Thilo Scheuermann
Mais informações Menos informações
© Leonardo Finotti
© Leonardo Finotti

Descrição enviada pela equipe de projeto. Entre as cidades de Ilhéus e Itacaré, a exuberante e nativa Mata Atlântica e o mar de palmeiras dominam a paisagem. A área é uma reserva florestal protegida por entidades como a Unesco e o Ibama , sendo um alvo de severas restrições construtivas. De forma a tornar a intervenção possível para acomodar o programa de um resort, os edifícios foram distribuídos da seguinte maneira: um clube com um restaurante e salas de lazer, um spa, 16 chalés e um distrito de serviço. Ao invés de escravizar a natureza, as construções dramatizam ainda mais a paisagem, enquadrando e revelando contornos e cenários não usuais.

Implantação
Implantação

Detalhes Portas Spa Detalhe Porta Bungalows + 24

O projeto da sede do clube e dos chalés seguem os princípios do modernismo – e é nesta arquitetura de concreto que o contraponto à natureza surge. A sede do clube do resort é um pavilhão com projeções que criam terraços e espaços de transição entre interior e exterior. Já os chalés possuem área entre 80 e 150 metros quadrados, orientados em direção ao mar.

© Leonardo Finotti
© Leonardo Finotti

Também soltos no terreno, apresentam o mesmo conceito de lajes de concreto aparente, mas com um diferencial de paredes revestidas com arenito do norte, uma pedra típica desta região. Para permitir o fluxo de ar, optou-se por aberturas na frente e no fundo, que podem ser controladas por venezianas de madeira com abas móveis, reduzindo assim a temperatura interna e dispensando a necessidade de ar condicionado. O projeto foi aprovado pela prefeitura de Ilhéus, pela APA (Associação de Preservação Ambiental) e pelo Ibama. Além do tratamento de água (no qual o índice de pureza da água retornada deve ser 98%), a eletricidade é fornecida por sistemas coletores de energia solar.

O desafio deste projeto foi transformar um local natural em um espaço arquitetônico, ou seja, construir um território no qual o marco físico não é mais um pano de fundo, mas algo que se torna uma parte ativa da construção, identificando os elementos chave da paisagem para emergirem através de um sistema de relações que vão além da área visual do edifício.

© Leonardo Finotti
© Leonardo Finotti

O edifício se encaixa na paisagem, aumentando seu potencial, criando um grande mirante. Expande-se dramaticamente a sensação de horizontalidade, elimina-se o campo visual que não é substancial para a essência da paisagem. O piso e o teto adquirem um valor substancial.

© Leonardo Finotti
© Leonardo Finotti

O sistema estrutural adotado responde bem ao programa e à sua execução, sem renúncias ou violência. Um sistema restrito e preciso, mas que também é aberto e flexível.

© Leonardo Finotti
© Leonardo Finotti

Galeria do Projeto

Ver tudo Mostrar menos

Localização do Projeto

Endereço: Itacaré - Bahia, Brasil

Localização aproximada, pode indicar cidade/país e não necessariamente o endereço exato.
Sobre este escritório
Cita: "Resort Makenna / Drucker Arquitetura" [Makenna Resort / Drucker Arquitetura] 29 Abr 2012. ArchDaily Brasil. (Trad. Sambiasi, Soledad) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/45931/resort-makenna-drucker-arquitetura> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.